Mais Presença

O que é podcast, uma mídia que voltou com força total, e como usá-lo para engajar a audiência do seu negócio

banner-ebook-podcast

O que é podcast e como ele pode ser utilizado para enriquecer sua estratégia de Marketing de Conteúdo. É exatamente sobre isso que vou falar nesse artigo!

Se em meados de 2007 o blog, e consequentemente os artigos em formato de texto, que dominavam a internet, 10 anos depois podemos dizer que o cenário já não é mais o mesmo.

Estamos vivendo a era da Revolução do Conteúdo.

Não significa que o blog como plataforma e nem o conteúdo escrito tenham perdido parte de seu valor.

Na realidade, o que estamos experienciando é uma diversificação do conteúdo.

Novos formatos estão surgindo e até mesmo velhos tipos de conteúdo estão voltando a ganhar notoriedade entre o público.

Exatamente o caso dos podcasts!

Os podcasts entraram no radar de produtores de conteúdo, inclusive no Brasil, entre os anos de 2004 e 2005, experimentando uma desaceleração de crescimento em 2006.

Se os primeiros podcasters desistiram e desapareceram, novos surgiram, resultando o crescimento deste tipo de mídia novamente.

Um estudo de 2016, promovido pela Edison Research sobre o consumo de podcasts, mostrou dados bastante interessantes.

Das pessoas entrevistadas, cerca de 55% informaram saber o que é podcast, sendo que 36% delas já haviam ouvido um podcast pelo menos uma vez.

Podemos dizer que a ascensão desse tipo de conteúdo é incontestável.

Portanto, se você está interessado(a) em descobrir o que é podcast, continue lendo este artigo. Nele você também vai encontrar informações sobre:

Gostou do que vem por aí? Quem sabe seus amigos também estejam interessados em descobrir o que é podcast e inserir mais esse elemento na sua estratégia de Marketing de Conteúdo. Então, não deixe de compartilhar este artigo nas suas redes sociais para espalhar mais uma informação valiosa.

O que é podcast?

podcast-001

Imagine ter seu próprio programa de rádio…

Só que muito melhor!

Essa é possibilidade que a popularização dos podcasts está trazendo.

Você já sabe muito bem que a internet está modificando a relação entre as pessoas e os meios tradicionais de mídia.

A TV está perdendo audiência para o YouTube e serviços de streaming, como o Netflix.

Os jornais e revistas impressos estão digitalizando suas plataformas e, com o rádio, não poderia deixar de ser diferente: boa parte do acesso às rádios mais conhecidas acontece através da internet.

Quem tem essa vontade de divulgar informações valiosas, fazer entrevistas e programas, certamente precisa entender melhor o que é podcast.

E se você sempre sonhou com algo desse tipo, que chance melhor de transformar seu desejo em realidade?

E o que é o podcast exatamente?

Podcasts são programas de áudio (podem ser de vídeo também), distribuídos através de um feed RSS, que permite que o usuário ouça o conteúdo online.

Ou seja, o download vai sendo feito conforme você escuta, mas também pode ser baixado no formato MP3 ou algo do gênero para o aparelho de sua escolha, como um computador, celular ou tocador de MP3.

O termo podcast surgiu por causa do iPod, após a descoberta de como transferir esses arquivos de áudio disponíveis apenas em RSS para o iTunes. Assim eles poderiam ser tocados no produto da Apple.

A nova forma de transmitir esses dados foi chamada de podcasting.

Ao combinar elementos como a voz, que traz mais intimidade e conexão, com a mesma interatividade possibilitada pelo blog e pelas redes sociais, cria-se um conteúdo perfeito para gerar engajamento.

Junte a tudo a portabilidade, que possibilita que você ouça em seu celular, seu carro sem ter que consumir sua internet móvel, já que você pode fazer o download antes, o podcast junta o melhor dos mundos, em termos de conteúdo.

Não há regras para a periodicidade de publicação. No entanto, assim como qualquer outro tipo de conteúdo, como artigos, vídeos e infográficos, a frequência tem papel fundamental no sucesso ou fracasso dessa sua nova empreitada.

Portanto, manter um Calendário Editorial atualizado e seguir seu planejamento à risca pode colocar você entre os podcasters mais ouvidos do momento.

Assim como acontece nos Guest Posts, você “pega emprestada” a autoridade de outras pessoas do seu mercado ao chamá-las para fazer um podcast em formato de entrevista ou conversa informal.

Sem mencionar a quantidade maior de tráfego gerado.

Depois de descobrir o que é podcast você vai querer ter o seu!

podcast-002

Só de 2015 para 2016, o número de ouvintes de podcasts aumentou em 23% nos Estados Unidos.

O Itunes, a maior plataforma de hospedagem para podcasts, já bateu a casa de 1 bilhão de usuários. Um número bastante expressivo, certo?

Ainda de acordo com o estudo da Edison Research, 21% dos entrevistados ouviram pelo menos um podcast no mês, enquanto 13% deles fazem o mesmo por semana.

E mais: 40% daqueles que consomem este tipo de conteúdo semanalmente, gastam de uma a três horas por semana ouvindo podcasts.

Equivalente a 5 podcasts por semana!

O dado que mais me chamou atenção, no entanto, foi a média de tempo que as pessoas ficam conectadas ouvindo um único podcast: cerca de 22 minutos.

Principalmente quem já trabalha na internet, sabe o quanto é difícil não só chamar a atenção das pessoas, mas também de mantê-las conectadas e prestando atenção a um mesmo assunto.

Uma média acima até de uma das mídias que mais engaja o conecta: o vídeo.

Imagine o quanto você pode usar esse tempo para passar um conteúdo memorável, se conectar com sua audiência e assim prepará-los até mesmo para uma possível call to action.
banner-ebook-podcast

Qual a razão para tamanha popularidade dos podcasts?

podcast-003

Com cada vez menos tempo livre e muito mais informação disponível a alcance de um clique, precisamos mais do que nunca priorizar nossas atividades e usar serviços personalizados, de acordo com nossas necessidades.

A internet nos deu a possibilidade de consumir um conteúdo “taylor made”, ou seja, quase que feito com foco em nossos interesses. Mas principalmente que possibilita o consumo no momento mais adequado do dia.

Ao contrário da programação regular de uma TV aberta, onde a emissora que estipula a hora e o dia que exibirá seus programas, assistir a vídeos no YouTube, séries e filmes na Netflix ou ouvir seu podcast preferido, são atividades onde é você quem escolhe a hora e o local mais convenientes.

O poder fica na mão do espectador, do ouvinte e do leitor, e não de grandes empresas.

Mas o grande trunfo do podcast está no fato dele ser um tipo de conteúdo que não exige esforço algum por parte da audiência.

Ao contrário de livros e artigos, quem faz a leitura e usa seu foco e concentração para reter a informação que está naquele material é o leitor.

Já vídeos e podcasts não exigem nada por parte do público. Ou melhor, tudo que ele(a) precisa fazer é apertar o play.

Pensa que acabou aqui? Pois o podcast pode ser até melhor do que fazer vídeos nesse quesito.

O vídeo, salvo raras exceções, ainda exige que você ao menos olhe para a tela, já que é um conteúdo audiovisual.

Podcasts são mais fáceis de produzir, principalmente se comparados a um vídeo. E ainda assim, criam uma conexão mais profunda pelo contato com a voz: o entusiasmo, a forma como você fala, tudo isso é transmitido pelo som.

O podcast e também os audiobooks, possibilitam que você faça outras atividades em paralelo enquanto absorve o conteúdo, seja ir para a academia, dirigir e até mesmo durante o trabalho. Excelente técnica para gerenciar melhor seu tempo.

Para audiobooks, eu recomendo o Audible, da Amazon. Saiba mais sobre essa ferramenta assistindo ao vídeo que gravei sobre ele:

Não deixe de fazer sua inscrição no nosso canal no YouTube para ver mais vídeos

Depois de descobrir o que podcast e quais seus benefícios, você já deve estar pensando em como começar a produzir o seu, certo?

Portanto, vamos conhecer os passos importantes para você ter o seu próprio programa de rádio na internet.

O que é podcast na prática: como começar a produzir o seu próprio programa de rádio

podcast-004

Não importa se você não conhecimento sobre o que é podcast, se já pensou em produzir o seu próprio programa, mas não colocou nada em prática ou se já está adiantado neste tipo de processo de produção, essas dicas podem ser extremamente valiosas para você.

A vantagem de investir em podcasts para a sua estratégia de marketing de conteúdo, está na sua simplicidade de produção, especialmente se comparado a vídeos.

Só não caia de ilusão de achar que para fazer um podcast tudo que você precisa fazer é ligar um microfone e sair falando o que vem na cabeça.

Planeje, pesquise assuntos que sua audiência gosta de consumir, saiba o que seu público tem a sugerir, seja em relação à pauta, seja no formato do programa ou na duração.

Feedbacks de quem já conhece seu trabalho são ainda mais valiosos, portanto use-os à vontade.

E sem mais, vamos a alguns elementos que vão fazer do seu podcast um sucesso.

Equipamentos necessários

podcast-005

Nem preciso dizer que a qualidade do som é primordial para este tipo de conteúdo.

O que não quer dizer que você precisa dos equipamentos mais sofisticados do mercado para conseguir alcançar o nível de qualidade memorável.

Se você puder escolher um bom microfone e um bom fone de ouvido, ótimo! Você já começará muito bem.

Para quem deseja a recomendação de equipamentos um pouco mais profissionais, essas são minhas indicações:

Mesmo com os equipamentos básicos à disposição, ainda não é hora de sair gravando, mas sim de criar o conteúdo do seu podcast.

Como criar conteúdos memoráveis para podcasts

podcast-006

A qualidade do som do seu podcast já está garantida.

Agora você precisa partir para a parte mais importante: a produção de conteúdo.

Mesmo que você tenha escolhido fazer podcasts porque acha que sua escrita não é seu ponto forte, entender e aplicar os princípios para a produção de conteúdos memoráveis não pode ficar de fora do seu projeto.

Se você quiser aprender um pouco mais sobre produção de conteúdo, assista a uma aula gratuita sobre o assunto. Basta clicar aqui embaixo:

banner-pcm

Outra maneira de gerar conteúdo de qualidade para seu podcast é usar seus materiais já publicados em outras plataformas como inspiração.

Se você já possui conteúdos de sua autoria em um blog, livros publicados ou um canal no YouTube, por que não fazer uma multiplicação mágica de conteúdo e transformar aqueles mais populares em podcasts?

Você pode até transformar alguns artigos em um roteiro para seu podcast. Basta fazer uma adaptação mais adequada para a fala, pois apenas ler o artigo certamente fará com que a audiência caia em sono profundo.

Aliás, recomendo fortemente que você escreva um roteiro, pois isso irá agilizar sua produtividade, evitando que você desvie muito do assunto proposto e esqueça conceitos importantes.

Não é necessário escrever absolutamente tudo que você irá falar. Se preferir, faça um roteiro apenas com os principais tópicos a serem abordados.

E defina também o formato de podcast que deseja gravar.

Qual formato de podcast ideal para seu conteúdo?

podcast-007

Uma dica valiosa do Tim Ferriss, autor do livro “Four Hour Week e dono de um podcast bastante conceituado, que vale tanto para quem está começando quanto para quem já produz seus próprios programas é: mantenha todo o seu processo o mais simples possível.

Ele afirma que muitas pessoas acabam desistindo de gravar com regularidade porque não conseguem dar conta de tantos equipamentos e de atividades de pós-produção, tamanha a complexidade da sua proposta.

Inclusive, no início, para economizar esforços e criar um método mais eficaz de produtividade, ele optou por postar seus programas sem cortes e usar equipamentos mais práticos.

Com isso em mente, existem alguns formatos de podcast mais simples que você pode usar na sua estratégia:

  • Dicas práticas
  • Entrevistas
  • Notícias,
  • Série educacionais
  • Séries de ficção e paródias
  • Análise de outros conteúdos (como livros, filmes e séries)
  • Formato de programa de rádio, com vários convidados e quadros.

Mais importante do que o formato (ou formatos) escolhido, é a frequência de publicações, seja uma vez na semana ou uma vez por mês. Escolha um número que caiba em sua rotina e mantenha-se firme nele.

Recomendo começar com um número menor de vezes e ir aumentando conforme entende melhor o processo e aumenta a sua agilidade.

E caso você esteja preparando o lançamento da sua série de podcasts, grave de 5 a 10 programas e suba todos de uma vez só no Itunes, pois, ao que tudo indica, isso ajuda seus podcasts a ranquearem melhor.

Sem falar que você já fornece uma boa dose de material para o público conhecer seu trabalho.

Não basta saber o que é podcast e gravar conteúdo: você precisa de algo a mais

podcast-008

Independente do formato de conteúdo que você escolheu para seu podcast, acredito que pelo menos esses 3 elementos essenciais precisam estar presentes:

  • Introdução poderosa
  • Call to action
  • Trilha sonora

Procure introduzir o assunto, e se houver, o entrevistado/participante do seu podcast.

Não existe o modelo perfeito de introdução, mas ela precisa gerar curiosidade e fazer com que seu ouvinte queira continuar prestando atenção.

Use elementos de storytelling, faça perguntas e deixe claro o que está por vir no seu podcast.

Assim como todo conteúdo estratégico, seu podcast pode e deve finalizar com uma call to action.

Seja uma chamada para outro podcast relacionado, um vídeo, um artigo ou até mesmo uma página de vendas.

Leve seu ouvinte a tomar alguma ação. Você pode até mesmo pedir por feedbacks nos comentários ou aproveitar para disponibilizar um material gratuito para download em troca do email do usuário.

No entanto, escolha apenas uma CTA. Se o podcast dentro da sua estratégia de marketing de conteúdo, tem como objetivo levar tráfego para seu blog, indique um artigo.

Se for gerar renda, indique um produto próprio ou afiliado.

Tenha clara qual a função do podcast e faça uma CTA de acordo. Não produza conteúdo apenas por produzir.

Só tenha em mente que 71% das pessoas ouvem podcasts em seus smartphones e tablets. Portanto, peça para que o usuário execute algo possível dentro das plataformas mobile.

Por fim, use trilhas e efeitos sonoros para adicionar um pouco mais de emoção e preste atenção na sua entonação de voz. Uma voz monótona irá causar tédio em quem ouve.

Dessa forma você torna o conteúdo mais dinâmico e prende a atenção do ouvinte.

Assim como nos vídeos do YouTube, tenha cuidado com trilhas sonoras e direitos autorais.

Para evitar esse tipo de dor de cabeça, recomendo que você compre trilhas em alguns desses sites:

Edição simples mas eficiente para seu podcast

podcast-009

Concordo com o Tim Ferriss nesse ponto de vista: não perca grande parte do seu tempo editando o seu podcast. O foco deve ficar com o conteúdo.

O Adobe Audition é um software pago, mas bastante robusto. Resolve todas as suas necessidades de edição.

Para quem procura por ferramentas gratuitas, boas opções são o Audacity para PC e o Garage Band, para MAC.

Um cuidado que você precisa ter na hora da edição: cuidado com o volume da sua trilha.Tenha certeza que ela não está impedindo que o ouvinte entenda o que está sendo dito.

Podcast pronto: e agora, onde hospedar?

podcast-016

O formato mais comum para o podcast é o MP3, pois é o que oferece a melhor qualidade em relação ao tamanho do arquivo.

Quando exportado, seu podcast precisa ser inserido em uma plataforma. Além do seu blog, é claro.

Para colocá-los em seu site, crie uma página especial somente para os podcasts. Se achar válido, linke-os dentro de algum artigo relacionado também.

Com relação à plataformas externas, o Itunes não pode ficar de fora, simplesmente por ser onde a maioria dos consumidores deste tipo de conteúdo se encontra.

Assim como seus vídeos precisam estar no YouTube, seu podcast precisa estar no Itunes.

Como o Itunes lê os arquivos MP3 do seu blog que estão no feed RSS, toda vez que você publicar algo novo em seu site, irá automaticamente para o diretório de podcasts, no caso, o Itunes.

Você não precisa subir seus arquivos MP3 um a um para o diretório. Basta cadastrar seu endereço de feed do Itunes e pronto!

Não hospede seus arquivos de áudio no host do seu site. Certamente sua banda irá esgotar rapidamente.

A lybsyn oferece planos a partir de 5 dólares por mês para hospedar e publicar podcasts.

Já o Soundcloud pode ser uma opção de player para seu podcast, sendo inclusive um dos mais utilizados.

A vantagem de usar o serviço da Soundcloud é que eles possuem uma plataforma bastante similar ao Spotify, onde as pessoas podem criar playlists e seguir seus artistas e produtores favoritos.

Maiores chances de ser encontrado pela sua audiência!

A possibilidade do usuário fazer sua inscrição em seu perfil e acompanhar suas novidades é outra vantagem dessa mídia.

Isso faz com que fiquei mais fácil para a sua audiência acompanhar você, não precisando sequer estar cadastrado em sua lista de emails para ser avisado das novas publicações.
banner-ebook-podcast

Dicas para seu podcast ranquear nas buscas

podcast-010

Assim como qualquer outro tipo de conteúdo, você precisa que sua audiência encontre seu material.

Por mais que você já tenha um público fiel em outros canais, iniciar um podcast não irá resultar em uma grande audiência logo de cara.

Esse é um trabalho de longo prazo e você precisa ter paciência.

No entanto, você pode investir em algumas otimizações para garantir um número maior de acessos.

Título

podcast-014

Assim como o Google e o YouTube, o Itunes é um mecanismo de busca, com um algoritmo próprio.

Sendo assim, não deixe de usar ao menos uma palavra-chave no título do seu podcast.

Não esqueça: o nome da sua marca e do seu blog também precisam constar em um bom título.

Descrição

podcast-010

Se você já escolheu uma, ou várias palavras-chave para seu podcast, a descrição não pode ficar sem elas.

Você tem cerca de 4 mil caracteres para descrever o conteúdo do seu programa, e usar esse espaço para potencializar sua chance de ranquear no Itunes.

Ajude seu ouvinte a descobrir se aquele assunto é interessante ou não através de uma boa descrição.

Thumbnail ou capa

podcast-015

Somos atraídos pelo visual, especialmente porque temos cerca de 8 segundos para causar uma primeira boa impressão.

Assim como o título pode ser fator determinante para o clique, a capa também é, e arrisco dizer, talvez até mais.

A capa é a sua chance de usar os 8 segundos com sabedoria para encantar os visitantes.

Deixá-lo envolvido com seu conteúdo muito antes de ouvir o que você tem a dizer, ou até mesmo antes de ler a sua descrição.

E não se engane, a competição só aumenta no mercado de podcasts.

Portanto, toda chance de ganhar destaque não deve ser desperdiçada, já que pode fazer a diferença na hora do Itunes ranquear seu podcast entre os programas de destaque.

Vale prestar muita atenção se as fontes e a imagem estão adequadas para mobile, pois como já falamos a maior parte do público usa este tipo de dispositivo.

Transcreva o conteúdo do podcast para seu blog

podcast-011

Pratique a multiplicação mágica de conteúdo: se o seu conteúdo for inédito, ou seja, ainda não tiver sido publicado em seu blog, a transcrição do conteúdo pode ser uma excelente forma de otimizar o SEO.

Caso o ouvinte deseje, ele pode acompanhar as informações que estão sendo transmitidas via áudio através do texto, para maior fixação do conteúdo.

Vale não só transcrever o texto, mas acrescentar informações importantes mas que não soariam interessantes em um arquivo em áudio, como links para complementar o assunto e fontes de consulta que você utilizou.

Não esqueça a CTA aqui também. Caso você tenha mencionado um produto ou serviço seu, ou até de um afiliado, não esqueça de deixar o link em destaque na transcrição do podcast.

Qualquer outra call to action mais adequada a seu conteúdo pode ser usada aqui também.

Novidade do Viver de Blog para você!

podcast-013

Talvez você esteja pensando que apesar de todas essas dicas sobre o que é podcast e como extrair o melhor desse tipo de conteúdo não faça muito sentido, afinal o Viver de Blog não tem um podcast, certo?

Pois eu tenho uma novidade para você: o lançamento do VDB Cast!

Isso mesmo, nosso próprio programa de rádio na internet com dicas de marketing digital, produção de conteúdo, alta performance e muito mais!

Não deixe de conferir o VDB Cast no Itunes e no SoundCloud.

Conteúdo VIP

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Sobre o autor

vive exclusivamente de blog desde seus 23 anos e quer ajudar você a Viver de Blog também. Saiba mais aqui →

  • Opa, to curioso pra saber:
    O que você achou desse artigo e da novidade com o VDB Cast?
    Conta aqui nos comentários! =)

    • Rafael Pimenta

      Adicionando o VdB Cast no feed em 3, 2, 1…

      Quem sabe meu podcast (RIT Podcast, sobre o jogo de poker) não bomba. 😛

      • Opa Rafael! Espero que goste do VDB Cast!

        Sucesso para o seu também! 😉

        Grande abraço!

  • Inna Lopes

    Aeee achei incrível essa iniciativa! Comecei a ouvir Podcasts depois que conheci o Resumocast https://soundcloud.com/resumocast que é um podcast sobre resumo de livros para empreendedores (muito bom por sinal) e agora fico feliz que o VDB também estará lá!! 😀

    • Olá Inna! O ResumoCast é mesmo muito bacana!

      Espero que goste dos nossos conteúdos também! 🙂

      Vamo que vamo! Tem muito mais vindo por aí!

      Grande abraço!

  • UAL… Que artigo fenomenal. Me deu uma imensa vontade de voltar a fazer podcasts. Fiz uns 3 deu um bom resultado. Mas ai parei. Valeu HC. Ler seu artigo foi uma experiência memorável.

    • Opa Estevão! Fico muito feliz por saber que gostou do artigo e teve uma memorável experiência!

      Espero que goste também do VDB Cast! 😉

      Forte abraço!

  • Aeeee! Agora é MEMORÁVEL tbm no PODCAST 🙂 Ouço Podcasts todos os dias quase, e já tinha pensado várias vezes que o VDB deveria ter um também… mas eu sabia que uma hora ou outra viria hehehe.
    Já to ouvindo e curtindo! Ah, só uma dica, eu gosto de usar o aplicativo Overcast, assim como existem vários outros tbm… mas ainda não tá aparecendo o do VDB, acho legal disponibilizar em todo tipo de aplicativo de podcast pra aumentar ainda mais o alcance.. agora to ouvindo iTunes mesmo e já já to zerando esses 10 x). Como sempre, HC e toda equipe VDB de parabéns!!!! Grande abraço.

    • Opa Josué! Obrigado pelo feedback! 😀

      Fico feliz por saber que está acompanhando também nossos podcasts!

      Obrigado pela sugestão! Vamos analisar por aqui!

      Espero que goste dos próximos conteúdos! Vem muito mais por aí! 😉

      Forte abraço!

  • Décio Miranda

    Henrique,
    seus conteúdos são sempre memoráveis. Parabéns pela qualidade, pelo didatismo e pela disposição de repartir o que sabe com os mortais comuns. Sucesso sempre pra você e equipe.

    • Olá Décio! Obrigado pelo feedback! Fico feliz por saber que gosta dos nossos conteúdos!

      Grande abraço!

  • Gabriel Tuller

    Achei o texto ótimo pra quem não tem conhecimento da mídia e da força que o podcast tem pra oferecer.

    Eu comecei nisso há 2 anos e agora to partindo pra um novo projeto dentro da mídia, que inclusive foi minha tese de TCC na faculdade. Amo demais a mídia e acho que ela tem um baita potencial!

    Pra quem quiser saber um pouco mais sobre produção de podcast, tem um que é o “Alô Ténica” do Leo Lopes, editor do maior podcast do Brasil, sobre produção de podcast. Vale a pena ouvir!

    http://radiofobia.com.br/podcast/tag/alo-tenica/

    abraço!

    • Opa Gabriel! Obrigado por comentar e pela sugestão de podcast! 🙂

      Sucesso em seu projeto!

      Forte abraço!

  • De todos os Textos que li aqui este foi o que mais me agradou porque meu blog o http://nerdopole.com.br tem seu conteúdo basicamente em Podcast, abriu meus olhos para algumas coisas que eu não fazia, e reforçou outras que eu já seguia e não sabia da importância, entre tudo que foi comentado a frequência é de longe o mais importante porque é como um compromisso firmado com seu ouvinte, na sexta-feira, quarta-feira, no dia 15 ou no dia 30, seja lá o dia que você estipulou para este encontro o Ouvinte estará lá e é muito chato quando você que marcou o encontrou não aparece.

    • Olá Marcos! Fico feliz por saber que nos acompanha e que gostou bastante deste artigo!

      Sobre as suas percepções, é isso mesmo! Firmamos um compromisso com os ouvintes e é extremamente importante seguir este compromisso! Se não atendermos às expectativas que nós mesmos criamos em quem nos acompanha, prejudicamos nossa autoridade e os resultados serão bem diferentes do esperado!

      Grande abraço! 🙂

  • Negócios Que Rendem

    Excelente post.

    Concordo com o texto, o podcast voltou com tudo e é um ótimo meio para disseminar conhecimento.

    Dicas valiosas.

    Abraços

    • Olá Negócios Que Rendem! Obrigado pelo comentário! Fico feliz por saber que enxerga no artigo informações valiosas!

      Forte abraço! 🙂

  • Wanessa Iano

    Falando em mídias… help help help

    estou iniciando no mercado vendendo serviços online e estou com grande duvida na parte estratégica para abordar o cliente… poderia me ajudar? já li vários artigos /blog mas nenhum realmente fala a SEQÜÊNCIA correta de ir, sendo assim posso acabar espantando os clientes com tantos meios de comunicação digital hoje em dia certo? ex. whatts app, email marketing, facebook, e outras redes sociais. Qual seria então a abordagem correta? por onde começo para que não assuste o cliente de uma vez o invadindo em todas essas possibilidades? Agradeço muito se puder me ajudar nessa questão.

  • Bruno Costa

    Meu nobre, tudo bem? Um podcast necessariamente precisa ser feito com outras pessoas ouvindo online? Ou posso gravar e disponibilizar? Obrigado!

    • Olá Bruno! Tudo ótimo, e com você?! Desejo que sim! 🙂

      Sobre a sua pergunta, sim, é possível gravar e disponibilizar no melhor momento para você, de acordo com seu planejamento editorial!

      Grande abraço e sucesso!