close

Como Gerar Tráfego: Do ZERO à 8 milhões de visitas no Viver de Blog (Palestra RD Summit 2016)

Junte-se a mais de 250.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Não deixe de fazer sua inscrição no nosso canal no YouTube para ver mais vídeos

Todos nós nascemos com a ferramenta mais poderosa da humanidade: a nossa mente.

Capaz de gerar grandes ideias e transformar o mundo ao nosso redor.

Mas o que diferencia uma ideia que morre de uma ideia que sobrevive?

O que torna uma ideia tão viral?

Contagiante?

Resiliente?

Quase como um vírus incapaz de deixar nossa mente?

Eu acredito que as grandes ideias que movem nosso mundo são entregues através de conteúdos memoráveis.

Conteúdos que tornam nossa vida mais fácil.

Conteúdos que podem mudar o destino de um mercado.

Conteúdos que podem transformar para sempre o seu negócio.

E foi assim que eu fundei o Viver de Blog em maio de 2013.

Criando conteúdos para expressar minha habilidade de escrever e compartilhar com as pessoas à minha volta meu conhecimento sobre marketing digital.

Após mais de 3 anos, o Viver de Blog atingiu a marca de 8.5 milhões de visitas, sendo 450 mil somente no último mês de outubro.

Dessas 8.5 milhões, 3.2 milhões foram visitas de tráfego orgânico, originadas da busca de um termo pela solução de algum problema.

E somente no último mês foram 215 mil visitas orgânicas.

61% de todo o tráfego no mês.

Eu acho isso incrível!

Saber que alcançamos mais de 200 mil pessoas sem investir um único real. E melhor que isso é saber que decisão de encontrar nossos conteúdos partiu 100% do usuário.

Esses números podem ser muitos para alguns.

Ou pouco para outros. E tá tudo bem.

O que mais me fascina é esse número aqui:

588.

588 visitas orgânicas no primeiro mês de vida do Viver de Blog.

É uma diferença incrível para o mês mais recente, de 215 mil.

Não importa onde você está hoje, é muito importante saber que todo mundo, todo mundo começa do absoluto zero.

Porém, o conhecimento pode ser uma vantagem competitiva enorme.

Que te impulsiona mais pra frente, mesmo quanto você está no início da sua jornada.

Veja o Bolt nessa imagem, por exemplo.

No exato momento da largada, ele já está uma cabeça à frente dos seus concorrentes.

Esse é o tipo de vantagem, de conhecimento que eu vou ensinar pra você aqui hoje nessa palestra.

O exato método que eu usei no Viver de Blog pra levar ele do ZERO à 8.5 milhões de visitas em pouco mais de 3 anos.

Mas antes…

Eu preciso falar sobre alguns problemas atuais que diversos produtores de conteúdo estão sofrendo:

A falta de tempo.

Afinal, todos temos as mesmas 24h, mas elas parecem se esgotar cada vez mais rápido.

O excesso de informação.

Muito ruído para pouca informação.

A prisão ao calendário.

A obrigação de criar conteúdos diários, por exemplo. Apenas porque alguém decidiu que seria melhor assim.

A falta de posicionamento, que leva todo mundo fazer a mesma coisa. Produzir os mesmos tipos de conteúdos.

thumb-ideias-criativas

E pra piorar, o mundo está mudando muito rápido.

Quando se fala de marketing digital então…

O que funcionava alguns meses atrás já pode ter mudado completamente hoje.

E qual é o problema se a maioria dos produtores de conteúdo continuarem agindo dessa forma?

Todos se tornarão uma cópia de uma cópia de uma cópia.

Atrapalhando o desenvolvimento da sua autoridade.

Gerando menos credibilidade com sua audiência.

Menos poder de conexão.

Menos vendas.

E o pior de tudo.

Distanciando você do seu real propósito.

Isso me deixa inquieto.

Pois eu sei que é possível mudar esse caminho.

Então como podemos juntos alterar o rumo dessa história?

Imagine uma produção de conteúdo que gere mais comentários.

Mais compartilhamentos.

Mais reconhecimento pelo seu trabalho.

Leads mais qualificadas interessadas no que você tem a oferecer.

E, consequentemente, mais vendas.

Em apenas alguns minutos eu vou encurtar toda a sua curva de aprendizado compartilhando 20% de todas as estratégias de conteúdo que geram 80% dos resultados.

Esse é o método que chamo de Produção de Conteúdos Memoráveis!

Preparado pra anotar bastante? Vamo lá!

1. Público-Alvoproposito-005

 

Aqui já encontramos nosso primeiro grande obstáculo.

Produtores de conteúdo, agências digitais e pequenas empresas acreditam que seu público-alvo tem uma certa idade, um gênero definido e estão em uma faixa de renda.

Esses dados só definem “O quê”.

Porém, isso não diz nada sobre as preferências desses grupos.

Nós precisamos pensar no “por quê”.

Entender porque essas pessoas fazem o que fazem.

E uma forma incrível de entrar na mente da sua audiência é entender quais são os livros mais lidos por eles?

Quais são os filmes que eles mais assistem?

Quais são as músicas que eles mais escutam?

Dessa forma você consegue se conectar em um nível muito mais pessoal com sua audiência.

Por exemplo, sabendo que o livro favorito da sua audiência é o “Trabalhe 4 Horas por Semana” do Tim Ferris, você pode entrar no site da Amazon e verificar exatamente o poder de transformação que você precisa entregar para eles.

Como fazer isso?

Simples: lendo as classificações de 5 estrelas.

Os leitores deixam reviews sinceras, expressando exatamente qual foi a mudança de pensamento ou comportamento gerada pelo livro.

E, claro. O mesmo pode ser feito para classificações de 1 estrela.

Ali você vai encontrar todas as objeções que o livro não foi capaz de matar e que você vai precisar endereçar com seus conteúdos.

Essa é uma dica memorável que aprendi com minha amiga Paula Abreu, já que nós participamos do mesmo grupo de mastermind.

Uma dica ninja:

Essa pesquisa de público-alvo fica ainda melhor quando você compra o livro na versão digital do Kindle.

Pois ali você consegue ver quais foram as marcações mais feitas dentro do livro.

Como essa aqui do livro “Contagious”, já revisado aqui no canal.

A melhor maneira de atrair a atenção das pessoas é quebrando um padrão.

2. Posicionamento

Original_Apple_iPod.1

“Diga olá para o iPod. 1.000 músicas no seu bolso”.

A Apple não inventou o tocador de mp3, mas o tornou parte diária de nossas vidas quando inovou no design do iPod.

O iPod era totalmente branco, inclusive seus fones.

E não foi mero acaso. Essa era uma forma da Apple diferenciar seu produto dos concorrentes da época que usavam a cor preta.

Se você já teve um iPod, vai se lembrar do click wheel.

Que é essa área circular abaixo da tela em que você passava o dedo para um lado ou para o outro, podendo aumentar/diminuir o volume da música, assim como navegar entre as opções mostradas na tela. Tudo com muita rapidez e fluidez.

Até hoje, essa é uma das maiores inovações em experiência do usuário da história da tecnologia.

Esses conceitos de diferenciação para posicionamento ficam claros no livro “Purple Cow” do Seth Godin.

É preciso ser diferente para se destacar em um mar de opções.

No Viver de Blog não foi diferente.

Quando eu lancei o blog em 2013, a maioria dos blogs de marketing digital usavam as cores vermelha e amarela.

Eles tinham promessas de ganhar dinheiro rápido, conteúdos rasos e banners espalhados por todo lado.

O Viver de Blog usou a cor azul como predominante, sinalizando confiança, uma relação de longo prazo com o usuário.

Conteúdos com mais de 4.000 palavras. Verdadeiros guias práticos pra se estudar e usar.

E nenhum banner, mas sim um foco no convite a lista de email que cresceu rapidamente pra mais de 50 mil pessoas em 1 ano, mais de 100 mil em 2 anos e mais de 150 mil em 3 anos.

3. Frequência e Consistência

ideias-criativas-10

Frequência é a quantidade de vezes que você irá entregar seu conteúdo pra sua audiência.

Consistência é a disciplina de sucesso ao entregá-lo.

A mídia faz isso com a gente há muito tempo.

Ela explora nossos hábitos para entregar um conteúdo mais adequado.

Já estamos acostumados a saber que segunda é dia de filme à noite na TV.

Terça é dia de alguma minisérie.

Quarta é dia de futebol.

E olha que eu não tenho TV na minha casa há mais de 2 anos.

No Viver de Blog, nós temos esses hábitos explorados também.

Eles facilitam nossa audiência saber quando teremos um conteúdo novo.

Essa frequência e consistência também é importante para o time se organizar durante a semana e entregar conteúdos todos os dias de segunda a sexta.

No blog, postamos terça e quinta às 06:00.

No Youtube, segunda, quarta e sexta às 14:00.

E não existe isso de frequência perfeita.

A melhor frequência é aquela que funciona para você.

Eu acredito que qualidade é mais importante do que quantidade.

Portanto, recomendo entregar menos conteúdos bem produzidos do que mais conteúdos aleatórios criados apenas para preencher uma agenda de publicação.

4. Títulos Matadores

motivacao.010

Títulos são a primeira interação que seu conteúdo tem com o usuário.

Por isso eles são matadores. Se o usuário falhar em clicar, tudo estará perdido.

Se você está escrevendo o título do seu conteúdo em menos de 5 minutos, você está fazendo isso errado.

Aqui na Viver de Blog nós dedicamos mais de 30 minutos para nossos títulos, tão importantes que eles são.

 

Até encontrarmos o grande vencedor que seria usado no dia de publicação.

E uma vez perguntaram pra ele:

“Quantos abdominais você faz?”

Ele dizia:

“Eu não conto meus abdominais.

Eu só começo a contar quando começa a doer.

Quando eu sinto dor, é aí quando eu começo a contar,

porque é isso que realmente conta.

É isso que faz você um campeão.”

O mesmo vale pros seus títulos.

A primeira ideia nunca é a melhor. Trabalhe nela como se estivesse fazendo abdominais.

Quando começa a doer, quando sua mente já quase não consegue mais criar um novo título é nesse ponto que você pára e analisa tudo o que você conseguiu criar.

5. Emoções para viralizar

Posicionamento-02

Seres humanos são considerados racionais na evolução da sua espécie.

Porém, são nossas emoções, nossos sentimentos que guiam a maioria de nossas decisões, mesmo que você não esteja ciente delas.

Existem várias emoções e cada tipo de conteúdo pode evocar uma emoção diferente.

Um estudo apresentado no livro “Contagious” de Jonah Berger pegou vários artigos publicados no NY Times.

Então, foi feita uma correlação entre a emoção dos artigos e o números de compartilhamentos deles.

O resultado foi surpreendente.

A emoção da raiva resultou em 34% mais compartilhamentos do que a média.

Já a emoção da tristeza resultou em 16% menos compartilhamentos.

Veja o título dessa matéria, por exemplo:

“Casal gay conta história de adoção do filho, rejeitado por três casais heterossexuais. Acharam ele muito feio e negro demais”.

Ela desperta o sentimento da raiva, da indignação, da polêmica.

E foi exatamente por isso que o artigo teve mais de 250 mil compartilhamentos sociais no Estadão.

O mesmo aconteceu com nosso infográfico sobre Erros Gramaticais.

Vamos combinar aqui que falar sobre erros gramaticais não é exatamente um assunto que as pessoas amam discutir, certo?

Porém, nosso infográfico foi visualizado mais de 500 mil vezes.

Compartilhado mais de 32 mil vezes.

E gerou mais de 33 mil contatos para nossa lista de email.

Tudo por conta de uma única palavra no título: idiota.

O título do infográfico: 80 erros gramaticais que fazem você parecer um idiota.

6. Design & Imagens

RD Summit - Design para Conversão1.001

Olhe rapidamente para esse imagem.

Quantos números “7” você consegue contar?

E aí quantos você conseguiu contar?

3? 4? 5? 6? 7?

E agora?

Ficou muito mais fácil, não é mesmo?

Isso aconteceu por uma simples adição de cor.

Esse é o poder do design que eu respeito e sou um admirador, mesmo não sendo um designer.

Ele consegue transformar complexidade em simplicidade.

É o que fazemos na Viver de Blog.

Colocamos todo o carinho nos nossos materiais visuais para trazer simplicidade nas informações para nossos leitores e alunos.

Como no infográfico do Elon Musk e da JK Rolling.

Como nas thumbnails de cada vídeo no Youtube.

Elas são pensadas estrategicamente usando cores contrastantes, como:

Vermelho e Azul.

Laranja e Azul.

Roxo e Amarelo.

Isso é explicado em design através da roda de cores, que pode ser dividida entre cores quentes, que transmitem paixão, felicidade e energia.

Ao contrário das cores firas, que dão a sensação de calma e profissionalismo.

As grandes marcas sabem bem disso.

É por esse motivo que o MC Donald’s usa o vermelho para criar apetite e um senso de urgência, assim como o amarelo no mascote e no “M” para criar uma atmosfera positiva através do slogan: “amo muito tudo isso”.

Já a Starbucks usa uma combinação entre verde e marrom.

O verde está associado a saúde, tranquilidade e natureza.

Já o marrom promove um senso de relaxamento, chamando os consumidores para uma parada no Starbucks.

7. Escrever Bem

Os-maiores-segredos-da-produção-de-conteúdo(37)

No livro “Made to Stick” de Chip Heath e Dan Heath, eles abordam o termo “maldição do conhecimento”.

Sabemos que um dos segredos para escrever bem é ler mais.

Porém, quanto mais aprendemos, maiores são as chances de caírmos na maldição do conhecimento.

Pense numa música e faça sons batucando para outra pessoa.

Você não vai acreditar como ela não consegue acertar a sua música. Tão fácil, você pensa!

Isso é porque a música está toda na sua cabeça, não na dela.

Imagine por um instante não saber o que você já sabe… Não conhecer a música como você conhece.

Impossível né?

É exatamente isso que produtores de conteúdo fazem diversas vezes. Eles esquecem como foi ser iniciante um dia.

Falam sobre assuntos avançados para pessoas que estão começando do zero.

É como explicar física quântica para uma turma de física no primeiro grau.

Lembre-se: “Você não é sua audiência”.

É por isso que eu tenho essa frase do Steve Jobs escrita em um mural branco do lado da minha mesa de trabalho:

“Stay hungry. Stay foolish”.

Você deve estar sempre faminto por novos conhecimentos e manter uma mente de um iniciante.

Como a famosa frase de Sócrates: “Só sei que nada sei”.

Palavras Mágicas

Existem algumas formas de você melhorar sua escrita através de expressões que grudam como chiclete na mente da sua audiência.

Por exemplo, a rima:

“O que está sempre na mente tem compartilhamento frequente.”

Ou o contraste:

“O silêncio é gritante.”

Escrever bem muitas vezes é um jogo mental.

Como vencer o bloqueio criativo.

No livro “Scrum”, uma passagem diz que a multitarefa nos torna menos inteligente.

Segundo estudos, nosso QI pode cair até 10 pontos quando estamos no modo multitarefa.

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, multitarefa não é fazer mais em mais quantidade.

Quando você fica pulando entre 5 atividades diferentes na multitarefa a sua produtividade pode cair em até 75%.

Pular de galho em galho, de atividade em atividade, até pode parecer produtivo, mas a ciência comprova essa perda cognitiva pela nossa incapacidade de focar em uma única tarefa.

Portanto, vencer o bloqueio mental é uma questão de disciplina.

É você dizer para sua mente quem está no comando.

É deixar aplicativos em tela cheia.

É tirar notificações do celular quando está produzindo seu conteúdo.

Ou como eu gosto de fazer, criar o hábito de escrever todos os dias, colocando uma meta diária de palavras para me motivar.

8. Storytelling

Como escrever uma introdução (9)

A arte de contar histórias que são lembradas e compartilhadas.

Batman é o meu super-herói favorito.

A trilogia recente do cavaleiro das trevas traz uma nova perspectiva desse herói através de uma história que conecta com a audiência.

O segundo filme da trilogia é considerado o 4º melhor filme de todos os tempos segundo votação popular no site IMDB.

Além de ter arrecadado mais de 1 bilhão de dólares e 2 Oscars, o que esse filme na categoria de super-herói tem de tão especial em relação aos seus semelhantes?

Pense aqui comigo:

O que seria do Batman sem a sua história de origem?

Ele seria um cara estranho que sai à noite, mascarado e desce a porrada em um monte de gente sem razão alguma.

Totalmente fora-da-lei. Um ser sombrio. Doido pela violência.

Mas tudo muda quando você conhece a história por trás da ação.

Bruce cai num buraco. Lá uma quantidade enorme de morcegos o assustam, fazendo ele ter pesadelos sobre essas criaturas.

Algum tempo depois, no teatro com os pais, uma cena dessa peça relembra o episódio com os morcegos e ele pede aos pais para saírem.

Saindo pelos fundos, um sujeito aparece na rua atira nos pais de Bruce.

Após ver seus pais morrerem na sua frente ele sente a culpa, a responsabilidade da morte dos pais.

Ele decide após uma longa jornada entendendo o mundo do crime que o seu objetivo agora como Batman é tornar o medo das pessoas ruins sobre as pessoas boas contra elas.

E a melhor maneira dele fazer isso é conquistando seu maior medo, se vestindo como um morcego.

Batman é um super-herói sem super poderes.

Sua história conecta profundamente com a audiência pelo amadurecimento, disciplina e propósito do personagem.

Agora, como algumas pessoas usam storytelling em seus conteúdos?

Aqui exploramos uma vaidade explicada no livro “Winning the Story Wars” de Jonah Sachs.

Quem é o verdadeiro herói da sua história?

Narciso era tão vaidoso que um dia, ele olhou fixamente para a sua imagem no espelho d’água, que refletia sua própria imagem.

Ele estava tão vidrado que caiu nesse lago e se afogou lá dentro.

Sim, a vaidade também pode matar.

Pequenas empresas, agências digitais e diversos produtores de conteúdo matam sua mensagem todos os dias se afogando em sua prória vaidade.

Lembre-se: O herói da sua historia não é você.

É a sua audiência.

Você é o mentor da sua audiência.

Ninguém quer saber se sua empresa está comemorando 1 ano se não houver um benefício nessa mensagem para seus clientes ou prospectos.

Pare de falar e pensar apenas em você.

Comece a pensar sobre como você pode ajudar sua audiência com conteúdos de qualidade. Conteúdos memoráveis.

9. Arte

thumb-bloqueio-criativo

Uma obra de arte não se cria da noite para o dia.

Um conteúdo memorável também não.

É preciso lapidar ele diversas vezes até chegar ao seu estágio final de publicação.

Uma dia, meu pai enviou a imagem dessa estátua e eu fiquei fascinado por ela.

“Self Made Man” de Bobbie Carlyle.

Construindo a si mesmo a partir das pedras.

Construindo seu próprio caráter.

Construindo seu próprio futuro.

Lapide seu conteúdo para que ele construa o futuro da sua autoridade, da sua empresa, do seu negócio.

Pra isso, é importante ficar atento a revisão da Hortografia.

Olhe bem para essa imagem.

O que você vê de estranho?

Sim! O homem está com uma sujeira no dente.

Mas você reparou que a mulher na foto possui 6 dedos?

Essa é uma propaganda da Colgate. Ela mostra que uma sujeira no dente atrai mais atenção do que algo bizarro como uma pessoa de 6 dedos.

Isso pode ter acontecido com você da mesma forma quando eu escrevi ortográfica com “H” nesse slide.

Para algumas pessoas, qualquer coisa que eu falar após um erro grotesco desse tipo será como a sujeira no dente.

Ela chamará muita atenção e várias pessoas irão se desligar do conteúdo.

Portanto, revise e lapide seu conteúdo.

Ele merece o mesmo tratamento que uma brilhante obra de arte.

Afinal, ele é uma obra de arte.

10. MMC (Multiplicação Mágica de Conteúdo)

bloqueio-criativo-03

Hoje em dia, fala-se muito sobre multicanal.

Que você precisa estar presente em vários canais de comunicação para atingir seu futuro cliente.

Youtube. Twitter. Instagram. LinkedIn. Snapchat. Facebook.

Mencionando aqui apenas alguns.

Mas a realidade é que, se você está começando, deve pensar como um equilibrista de pratos.

Ele não começa equilibrando 10 pratos de uma só vez.

Começa equilibrando um, e somente depois do equilíbrio, ele parte pro segundo. Com os 2 equilibrados, ele parte pro 3º e assim por diante.

Portanto, no início vale muito mais a pena focar em poucos canais de comunicação e colocar um foco raio laser neles.

Como o Blog, Lista de email, Youtube e Facebook.

E felizmente existe uma forma inteligente de estar em vários canais adaptando seu conteúdo nos 3 formatos existentes:

  • Vídeo
  • Audio
  • Texto

No Viver de Blog, nós praticamos a MMC (Multiplicação Mágica de Conteúdo).

Isto é, derivar um novo conteúdo quase que instantaneamente a partir de um conteúdo já existente.

Pode ser um artigo para um vídeo no Youtube.

Um vídeo para um audio de podcast.

Um audio para um novo artigo no blog.

É possível seguir um caminho fácil de mão dupla na multiplicação de conteúdo.

A grande lição é: “esteja onde seu público está”.

Fique à vontade para ignorar canais que só irão trazer trabalho para você inicialmente.

Não esqueça a CTA

como-escrever-emails-cta

Lembre-se de colocar uma call to action para todos seus conteúdos.

E a minha CTA aqui hoje é para você baixar o nosso eBook com 87 ferramentas de marketing digital.

Basta visitar o link dessa imagem ou a descrição desse vídeo para baixar esse super guia com as melhores ferramentas do mercado.

Agora, quem aqui já jogou Mario Bros?

É difícil achar que não hein. =)

Você que já jogou Mario, vai se lembrar disso.

Imagine o seu potencial cliente como o Mario.

Que sai numa jornada de desafios para alcançar um objetivo.

Quando ele encontra essa flor de fogo, que é seu produto ou serviço, ele fica grande, forte e solta bolas de fogo, tendo naquele momento super poderes.

Esse é o poder que seu produto ou serviço tem para dar ao seu potencial cliente.

Transformar o ordinário em extraordinário.

Como fazemos no nosso curso Produção de Conteúdos Memoráveis, que leva essa perspectiva dessa palestra para um nível de detalhe muito, muito maior.

Para unir sua audiência ao seu produto ou serviço é preciso de uma ligação, uma ponte de conteúdo como eu gosto de falar.

O conteúdo que irá gerar autoridade, credibilidade e vendas para você.

É uma ponte que precisa ser construída e conectada à sua audiência.

Minha missão aqui hoje é fazer com que você seja capaz de criar ideias, conteúdos e obras de arte virais.

Contagiantes.

Resilientes.

Quase como um vírus incapaz de deixar a mente da sua audiência.

E agora existem 2 cenários para você.

Acreditar que tudo isso é um sonho, uma reflexão leviana.

Ou percorrer sua jornada para o que estamos vivendo hoje mais do que nunca:

Uma verdadeira Revolução do Conteúdo.

Vamos juntos nesse caminho, pois o futuro dele é brilhante, memorável!

Muito obrigado!

Junte-se a mais de 250.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

>