close

Mais Blog

4 Elementos Obrigatórios de Uma Escrita Poderosa

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 9 de outubro de 2018
Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você consegue diferenciar um texto fácil de um texto difícil de ler?

Claro, né?

Mas quando você escreve…

Como ter a garantia que seus leitores irão entender o que você escreve?

Hoje eu vou te apresentar os 4 elementos essenciais da escrita.

Ao trabalhar na simplicidade dentro desses elementos, você garante o entendimento da sua audiência.

E antes de te mostrar a base de um texto fácil e rápido de ler…

… pense aqui comigo:

Por que artigos acadêmicos são tão chatos e difíceis de ler?

Para mim, é muito claro:

  1. Eles possuem parágrafos gigantes
  2. Sentenças grandes e complexas
  3. São escritos na terceira pessoa
  4. Usam vocabulário específico, jargões e palavras cultas.

Esses são os quatro exatos elementos que podem acelerar ou dificultar uma leitura.

Vamos ver cada um deles em detalhes:

Os 4 elementos da escrita

Se o seu objetivo é:

  • Passar clareza na hora de escrever…
  • Comunicar com objetividade…
  • Tornar seu texto interessante…

Então você precisa ficar atento a esses 4 elementos:

  1. Tamanho do parágrafo
  2. Estrutura da sentença
  3. Ponto de vista
  4. Vocabulário (escolha de palavras).

Simples, não é mesmo?

Porém, se você já encarou a tela em branco do seu computador sem saber o que escrever…

… ou até mesmo travou em uma parte do seu texto por falta de clareza sobre qual palavras usar…

Você sabe que escrever um texto que as pessoas amam ler não é tão fácil assim.

Felizmente, existem técnicas e fórmulas que nos ajudam a usar de maneira correta todos os 4 elementos.

Elemento #1: Tamanho do parágrafo

Um estudo do autor Rudolf Franz Flesch e do cientista J. Peter Kincaid tinha o objetivo de identificar o quanto um texto era difícil (e chato) de se ler.

Eles chegaram a conclusão que:

Quanto maior for o tamanho dos seus parágrafos, maior for o tamanho das suas sentenças e maior for o tamanho das palavras que você usar, mais difícil o texto se torna.

Nasceu então a Fórmula FK (Flesch Kincaid) que dá um resultado de 0–100 para classificar o quanto um texto é fácil ou difícil de ler.

Como quebrar blocos de concreto ajuda você a escrever melhor

Chamo os parágrafos gigantes de “blocos de concreto”.

Eles são grandes, duros e difíceis de se quebrar.

Geralmente, possuem mais de 5 linhas. (em artigos acadêmicos você encontra uma página inteira com um único parágrafo — argh!)

Logo, ao quebrar grandes blocos de texto em pedaços menores, você já melhorar a legibilidade da sua escrita.

A sensação é como ter 7 graus de miopia e colocar um óculos com a lente perfeita.

Ah! que alívio!

Praticamente você voltou a enxergar, assim como garantiu um descanso visual.

Portanto, procure usar parágrafos de 3–4 linhas e seu texto se tornará mais fácil e rápido de ler.

De quebra, ele será mais compreendido pela sua audiência.

Dica extra: Use cabeçalhos (tópicos) para separar os assuntos do seu texto. Isso ajuda aos leitores impacientes de hoje em dia escanear seus textos. Falando em tópicos…

Elemento #2: Estrutura da sentença

Se quebrar blocos de concreto te ajuda a escrever melhor, o mesmo se aplica às sentenças.

Uma coisa é escrever um parágrafo enorme como este sem colocar uma única vírgula ou ponto até mesmo sem fazer o uso de bullet points que ajudam a quebrar o ritmo do texto, facilitar o escaneamento dele e tornar essa área mais fácil de ler.

Escrever uma sentença inteira como essa acima é como comer um hambúrguer em uma única mordida. Não há pausas, falta ar e a consequência é desagradável.

↪︎ Reescrevendo a sentença gigante:

Uma coisa é escrever um parágrafo enorme.

Em que não há nenhuma vírgula ou ponto…

Ou até mesmo se ignora os bullet points.

Afinal, eles ajudam a:

  • Quebrar o ritmo do texto
  • Facilitar o escaneamento
  • Tornar essa área mais fácil de ler.

Não é uma obra de arte, mas já foi lapidada para uma melhor apreciação.

Formatação de Texto para suas sentenças ganharem vida

Eu não sei você…

Mas toda vez que leio um conteúdo sem formatação alguma de texto eu penso:

“Esse texto tá vivo?” (valeu pela referência Ray e Mabel)

A resposta é um grande NÃO.

O texto sem formatação é monótono, assim como os artigos acadêmicos.

Para dar vida ao seu texto e torná-lo mais interessante, você só precisa escanear sua escrita para encontrar áreas que merecem uma nova vida.

Use uma (ou algumas) dessas formatações:

  1. Itálico
  2. “Citações”
  3. Sublinhado
  4. Negrito
  5. CAIXA ALTA
  6. Marcador
  7. Contraste de Cor
  8. Tamanho da Fonte

Agora… por favor, não exagere na formatação.

Evite que seu texto se torne uma salada mista recheada de confusão.

Elemento #3: Ponto de vista

Artigos acadêmicos e textos jornalísticos são escritos em 3ª pessoa.

Alguns até mesmo em 2ª pessoa.

Já textos informais são escritos em 1ª pessoa.

O ponto de vista em 1ª pessoa transmite a nossa opinião sobre um fato.

Logo, a torna mais interessante.

Afinal, a evolução humana sempre se apoiou em histórias para sobreviver aos perigos do mundo antigo.

Dragões não existem, mas se você combinar os animais:

Cobra + Leão + Águia…

Você terá um terrível dragão.

Essa era a imagem contada por várias histórias para mostrar o perigo ao encontrar qualquer um desses animais na antiguidade.

Forma ativa x passiva

O ponto de vista também pode ser trabalhado com um texto mais direto ou indireto.

O direto (forma ativa) favorece o leitor.

O indireto (forma passiva) enfraquece o texto e mostra que você é um escritor tímido ao compartilhar suas ideias.

↪︎ Leia os exemplos:

Escritor Tímido: O corpo foi levado da cozinha e colocado no sofá da sala.

Escritor Veterano: Freddy e Myra levaram o corpo para fora da cozinha e o colocaram no sofá da sala.

Escritor Tímido: Meu primeiro beijo será sempre lembrado por mim como o início do meu romance com Shayna.

Escritor Veterano: Meu romance com Shayna começou com nosso primeiro beijo. Eu nunca vou esquecer isso.

Escritor Tímido: As palavras fracas são usadas por escritores tímidos.

Escritor Veterano: Escritores tímidos usam palavras fracas.

Prefira textos mais diretos (forma ativa) para cativar a atenção do seu leitor.

Forma negativa x positiva

Também podemos mudar o ponto de vista usando o contraste da forma negativa e da forma positiva.

A forma negativa ocupa mais espaço.

Além disso, nossa mente tem dificuldade em processar a palavra “não”.

Por favor, não pense em um elefante rosa!

O que você acabou de pensar?

Pois é… a mente mente.

Já a forma positiva é mais curta e direta.

↪︎ Leia os exemplos:

Forma negativa: Não era honesto

Forma positiva: Desonesto (Mentiroso)

Forma negativa: Não era importante

Forma positiva: Superficial

Forma negativa: Não me lembro

Forma positiva: Esqueci

Forma negativa: Não prestei atenção a…

Forma positiva: Ignorei…

Forma negativa: Não tinha muita confiança em…

Forma positiva: Desconfiei…

A economia de espaço no texto é sempre bem-vinda.

Elemento #4: Vocabulário

Estruturas do texto (parágrafos, sentenças) são mais fáceis de corrigir.

Pontos de vistas diferentes levam um pouco mais de tempo e habilidade para se explorar.

Agora… o trabalho mais cirúrgico que você pode fazer em seu texto é trocar palavra por palavra.

Nesse tópico, eu vou te apresentar 3 técnicas para você melhorar o vocabulário do seu texto.

Técnica #1: Metáforas e analogias

“O caminho para o inferno está pavimentado de advérbios.” — Stephen King

Hell Yeah!

Advérbios enfraquecem o texto (como você verá abaixo).

Você (definitivamente) não precisa abolir cada advérbio do seu texto, como fiz agora.

Porém, existem formas similares de escrever um trecho (ou palavra) que grudam mais na mente da sua audiência.

  • Filmes usam e abusam
  • Livros de sucesso são recheados com elas
  • E comunicadores as caçam como uma presa indefesa.

Eu estou falando de Metáforas e analogias.

↪︎ Leia os exemplos:

Descrição: Ele estava perdido. O caminho estava escuro. O próximo passo não era claro. Seu destino era incerto.

Metáfora/Analogia: Ele parecia uma folha livre ao vento.

Descrição: Após perder todo o seu dinheiro, ele também perdeu seus melhores amigos, os que julgava serem os mais fiéis.

Metáfora/Analogia: Quando as fichas caem, as pessoas mostram suas verdadeiras cores.

Descrição: O mundo mudou de uma forma que você nunca poderia imaginar.

Metáfora/Analogia: Hoje em dia, pessoas mais velhas enviam emojis de cocô pela internet.

Técnica #2: Falar x Mostrar

Outra forma de você trazer clareza para seus textos é tornando o ambiente, as ações e até os pensamentos mais vívidos (mais fáceis de experienciar).

É como uma imagem que fica em nossa cabeça, impossível de ignorar ou apagar facilmente.

↪︎ Leia os exemplos:

Falar: Ela estava com frio.

Mostrar: Seus dentes batiam enquanto ela soprava seus dedos.

Falar: Ele parecia cansado.

Mostrar: Ele se jogou em sua cadeira. Suas pálpebras caíram e seu queixo afundou em seu peito.

Falar: Ela estava com medo.

Mostrar: Ela colocou os braços ao redor de si e enxugou as palmas das mãos, molhadas de suor, na parte de trás de sua camisa.

Técnica #3: Troque palavras com 4 sílabas ou mais

O tamanho das palavras também importa na legibilidade de um texto.

Quanto mais palavras grandes você usar, mais difícil seu texto fica para o leitor.

Logo, nós precisamos trocar as grandes palavras por menores.

Brevidade aqui é o ponto chave.

Uma forma simples de você fazer essa troca é procurar palavras com 4 sílabas ou mais

… e mudá-las por palavras com 2–3 sílabas.

É simples como parece.

↪︎ Leia os exemplos:

Grande: “Procedimento” (5 sílabas)

Tamanho Certo: “Processo” (3 sílabas)

Grande: “Comportamento” (5)

Tamanho Certo: “Conduta” (3) ou “Modo” (2)

Grande: “Compreender” (4)

Tamanho Certo: “Entender” (3) ou “Pescar” (2)

Grande: “Apresentar” (4)

Tamanho Certo: “Mostrar” (2)

Grande: “Substitua” (4)

Tamanho Certo: “Troque” (2)

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Compartilhar
Compartilhar
Twittar
WhatsApp