close

Mais Blog

[Infográfico] Os Melhores Cantores da Atualidade que Conquistaram o Sucesso Através da Internet

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 3 de agosto de 2017
Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você costuma parar para pensar como as pessoas que você considera os melhores cantores chegaram onde elas estão hoje?

Existiu uma época em que as carreiras de sucesso no meio artístico, incluindo a música, dependiam demais de contatos e indicações.

É claro que isso ainda existe, mas a internet e plataformas como YouTube e Vine tornaram possível para qualquer um entrar para esse ranking de “melhores cantores”, mesmo não tendo contatos, e sim compartilhando com o mundo sua habilidade única de cantar através do meio digital.

Existem muitos exemplos de carreiras em que as pessoas conquistaram seu espaço entre os melhores cantores através do meio digital, incluindo nomes muito populares como Justin Bieber e Adele.

E viemos compartilhar uma lista com 31 artistas que passaram por isso!

Parece interessante? Então baixe o infográfico completo em alta resolução aqui ou veja a imagem abaixo para conhecer quem entrou para as listas dos melhores cantores através da internet.

» Clique Aqui para baixar uma versão em Alta Resolução desse infográfico «

Criar um infográfico memorável nunca foi tão fácil. Descubra como pessoas comuns estão gerando até 10x mais tráfego e vendas usando o mesmo processo criativo que atraiu mais de 4 milhões de visitas na Viver de Blog. Clique aqui embaixo e saiba mais!

Curtiu esse conteúdo? Compartilhe esse infográfico no seu site:

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

  • Mestrechronos Daiô

    Só tem algo que é totalmente desconsiderado, inclusive aconteceu o mesmo nesse artigo, que é a questão da interferência das produtoras e gravadoras nessas visualizações.

    O próprio youtube possui um canal comercial oficial aonde em valores negociados eles garantem X quantidade de visualizações ao vídeo – Um valor que para quem está com um contrato grande é troco de pinga e sai mais barato que uma inserção na televisão.
    E isso que nem vou entrar no demérito do mercado “cinza” de likes e compartilhamentos, só citei o oficial !

    Assim o artista consegue inflar artificialmente a “fama”, mas como isso é algo que fica fora do range das pessoas, elas interpretam que o cara realmente é ou está sendo famoso e assim ele acaba criando nome…e o cria !

    Pois a partir de um certo ponto depois que há essa inflação comprada nas visualizações ela começa a se alimentar organicamente pelo Comportamento de manada.

    Há quem consiga tal projeção de forma totalmente orgânica, mas praticamente toda essa lista está fora dessa situação.

    • Fabiana Alves

      Disse tudo. É a indústria dos likes. Embora alguns desses artistas tenham qualidade, mas tem esse engajamento artificial, afinal é a indústria pop.
      Tô até estranhando ver isso aqui no VdB, afinal esse não é o nicho do site, talvez por isso não se atentaram a esse fato.

      • Mestrechronos Daiô

        Esse assunto envolvendo a indústria fonográfica, marketing e estratégias no meio é um assunto a parte que também concordo contigo, foge bastante do tema abordado aqui nesse blog.

        E como faço parte desse meio tive que dar o meu ponto depois de ler esse post, principalmente por essa visão precipitada e bem superficial que ele está dando.

      • Olá Fabiana! Nosso objetivo com este infográfico foi evidenciar a importância da internet na carreira dos principais nomes da música atualmente. Ela mudou totalmente a forma de mensurar o sucesso de artistas e bandas e o que quisemos mostrar aqui foi que, também na música, entregar resultado de qualidade é fundamental para alcançar os resultados desejados. Muitas vezes algumas práticas discutíveis podem até ser adotadas por alguns, mas a entrega de conteúdo com excelência sempre será um caminho certo para o sucesso!

        Vamos que vamos! 😉

        Forte abraço e sucesso!

      • Junior Godoy

        Apenas para ressaltar um outro lado, eu trabalho na área fonográfica e acompanho as dicas do Vdb implementando-as para o meu nicho. De fato para uma grande maioria pode não fazer sentido conteúdos desta postagem, compreensível, mas o conhecimento pode-se aplicar a muitas áreas.

    • Opa Mestrechronos Daiô! Obrigado por contribuir compartilhando estas informações! De fato, elas são bastante significativas para que se saiba mais sobre quais estratégias a indústria fonográfica usa para dar o pontapé inicial para alguns artistas ou bandas. 🙂

      Neste infográfico, quisemos ressaltar que mesmo que estas práticas existam, isso não tira o peso que a internet tem na carreira de quem está em alta. Se compararmos os meios tradicionais de reprodução musical com os atuais meios digitais, é possível perceber o quanto a internet mudou os hábitos e resultados que envolvem a música atualmente. Entregar bons conteúdos, seja qual for o nicho, é fundamental para iniciar e para se manter no mercado e na música isso não é diferente, principalmente em um momento em que a internet é a principal ferramenta para isso.

      É isso! Obrigadão mais uma vez pelo compartilhamento!

      Abração!

      • Mestrechronos Daiô

        Ola Henrique !
        Com certeza não tira o peso da internet, até comentei que em certo momento mesmo a visualização paga acaba por se tornar orgânica.

        E se for comparar os hábitos mudaram demais, mas o tão famoso jabá também evoluiu. E o “bom conteúdo” aqui é traduzido com o “o que está na moda” e o nicho para cada gênero possui suas particularidades. Mas todo boom tem como base o altíssimo investimento publicitário. É um oportunismo o qual não tiro razão das grandes gravadoras.

        Mas enfim, só acho que não é tão simplista assim a situação. Como estou envolvido no meio e vejo ótimos artistas que fazem nome lá fora sem qualquer conhecimento da mídia, os quais ganham muito bem a vida com a música deles, que eu levantei a questão aqui. Sem desmerecer o infográfico ou a pesquisa feita, mas o buraco é mais bem mais embaixo quando posto em prática.

        Mas abraço e obrigado pela atenção!

Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

42 Compart.
Compartilhar
Compartilhar
Twittar
WhatsApp