close

Mais Blog

Como criar uma página na internet em uma hora ou menos

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 26 de fevereiro de 2020
Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Como criar uma página na internet sem conhecimento de programação, sem precisar de ferramentas caras e complexas e que realmente geram conversões.

Essa é a informação que você está buscando?

Então pode parar de procurar porque você acabou de encontrar.

As landing pages, ou páginas de aterrizagem, são extremamente importantes dentro de uma estratégia de marketing digital.

Somos distraídos facilmente e ter a atenção do usuário focada somente na ação que você quer que ele tome, irá melhorar sua taxa de conversão.

Você já parou para pensar porque as páginas de vendas de produtos não estão dentro de um blog, no formato de um artigo?

O motivo é, que o objetivo dessa página é o clique no botão de vendas, somente isso.

Sem o menu de navegação tradicional e sem barra lateral.

Landing Pages são páginas com um único objetivo.

E existem 5 tipos que páginas que você terá que construir para criar um funil eficiente.

As 5 páginas essenciais para todo negócio digital

As páginas de vendas e de captura são as mais utilizadas no meio digital.

No entanto, não são as únicas:

1. Captura

O visitante chega até a sua página e cadastra o email no formulário, entrando para sua lista.

Uma página para geração de leads (captura de email o telefone) irá conter um formulário, com uma descrição do que o visitante vai receber em troca para a apresentação de seus dados pessoais.

Existem muitos incentivos para que um usuário entregue sua informação pessoal.

Alguns exemplos:

  • eBooks
  • Infográficos
  • Registro para webinários
  • Consulta para serviços profissionais
  • Notificações futuras
  • Descontos e cupons

Solicite ao usuário o mínimo de informações possíveis e necessárias.

Não é preciso pedir o telefone desse prospecto se você só irá se comunicar com ele através do e-mail, por exemplo.

2. Clique

Esse tipo de página possui o objetivo de aquecer o usuário com um conteúdo, geralmente um vídeo, para incentivá-lo a clicar em um link para um produto.

Utilize landing pages desse tipo quando você tiver um produto e não quiser linkar diretamente para ele ou quiser usar a interação do usuário para futuras campanhas de remarketing.

Lembre-se que quanto mais “aquecida” a pessoa estiver e mais presente ela tiver sobre a necessidade do produto/serviço que você oferece, maior tende a ser sua conversão.

3. Verificação de email

Você utiliza a confirmação dupla de email para validar o cadastro da pessoa em sua lista?

Se sua resposta for “sim”, você precisa de uma página de verificação de email.

Quando o usuário coloca o email dele no formulário e clica no botão, ele ainda deve abrir o seu email e confirmar o cadastro.

Essa é uma prática para evitar cadastramentos de emails inexistentes, emails de outras pessoas (falsos) ou até mesmo emails típicos que só recebem spam, podendo afetar a credibilidade da sua lista.

É nesse ponto que entra a página de verificação de email, incentivando o usuário a verificar o mais rápido possível a confirmação da inscrição na sua lista.

4. Assinatura confirmada

A página de assinatura confirmada aparece quando o usuário clica no link ou botão confirmando participar da sua lista de email, recebendo novos emails quando você os enviar.

Você pode colocar algum presente nessa página, mas como já oferecemos diversos materiais educativos, preferimos usar como call to action a divulgação do blog nas redes sociais ou até mesmo por email.

5. Página de Vendas

Como o próprio nome já diz, o objetivo aqui é apenas um: fazer o cliente comprar seus produtos e serviços.

Apesar de cada uma das etapas anteriores ter sua importância dentro da estratégia digital, é aqui que sua oferta é realmente colocada à prova.

Portanto, todo detalhe importa, desde a posição do botão de compra às cores utilizadas.

Assim como a capacidade de persuasão do seu texto ou vídeo de vendas.

Para garantir que a sua missão seja cumprida, tenha certeza que esses 5 elementos fazem parte da sua página.

Como criar uma página que não falha na conversão

Conheça os 5 elementos essenciais para você ter uma landing page que converte.

1. Título

O único propósito do título de sua landing page é comunicar qual é a sua principal proposta de valor.

Esse título deve descrever exatamente como sua oferta é forte. Ele é, geralmente, a primeira coisa que as pessoas vão ver em sua página.

Caso sua proposta de valor fique muito grande para um título, considere dividi-lo em duas partes.

Um título (proposta de valor central) e um sub-título (proposta de valor adicional).

2.Benefícios

Você precisa saber que existe uma diferença muito importante na hora de vender bem seu produto ou serviço.

Os consumidores imaginam como o seu produto irá trazer benefícios reais para eles. Recursos são secundários.

Um bom número para trabalhar com benefícios fica entre 3 e 7.

Faça com que o usuário consiga escanear rapidamente esses benefícios.

Bullet points e checklists são ótimos para facilitar o destaque visual.

3. Chamada para Ação

A chamada para ação é o principal objetivo que você deseja que o usuário cumpra em sua página.

Todos os outros elementos devem reforçar a sua chamada para ação, sendo ela o principal elemento de sua landing page.

Portanto, é muito importante escolher uma cor que se diferencie dos demais elementos.

Outro ponto importante de sua chamada para ação é o texto. Utilize textos que chamem o leitor para clicar no botão de sua página.

Não utilize textos vagos como “prosseguir” ou “submeter”, mas sim “Sim, quero investir melhor agora” ou “Eu quero baixar o eBook agora”.

4. Prova Social

Esse item é fundamental em uma página de vendas.

Quanto mais você convence as pessoas de que o seu produto ou serviço tem valor, melhor. Portanto, depoimentos de clientes ou pessoas influentes de sua área são muito bem-vindos.

5. Design atraente e clean

O contraste de cores é muito poderoso para atrair nossa atenção.

Utilize uma cor para a sua call to action que seja um contraste muito forte com a cor do fundo ou da principal imagem de sua página.

Uma ótima ferramenta é a roda de cores. E você pode entender a psicologia por trás da escolha de cada cor nesse infográfico que preparamos para você.

Para saber quais cores se contrastam, basta ver qual é a cor que está na posição oposta à cor que você tem como predominante.

Utilize setas, caminhos ou olhares para guiar o leitor para uma ação.

Deixe sua página respirar com mais espaço livre. O espaço em branco é uma área vazia em torno de uma área de importância.

Como criar uma página do zero em menos de uma hora

Ninguém precisa ser um desenvolvedor web ou aprender sobre programação para colocar uma página de captura, ou de vendas no ar.

Se essa não é a sua habilidade, mas ainda assim você precisa fazer seu negócio digital funcionar, minha recomendação é que você escolha um ótimo template premium para WordPress e um page builder.

Usando page builders tudo que você precisa fazer é:

  • Selecionar os itens que farão parte da sua página.
  • Arrastar os escolhidos.
  • Soltar no local desejado.

A ideia de usar um page builder é justamente fazer com que seu trabalho seja criar um excelente texto, escolher as cores que mais combinam com sua marca e pensar em formas de atrair visitantes.

E qual page builder escolher?

Como criar uma landing page com WordPress: a melhor opção para seu gosto e bolso

Algumas boas opções de page builders disponíveis no mercado são:

O mais conhecido e utilizado em sites WordPress é o Elementor.

Ao criar seu site, você verá exatamente o que seus visitantes, o que significa que nunca há incompatibilidade entre como você deseja que algo pareça e como ele realmente se parece.

Também possui mais de 200 modelos criados por designers profissionais e possibilidade de integração com as ferramentas de email mais utilizadas.

Landing Page do seu próprio tema

Elas são muito diferentes das landing pages criadas a partir de softwares específicos para isso.

Porém, se você não puder investir nesse momento em uma ferramenta desse tipo, você pode usar uma página específica do seu tema no WordPress para criar landing pages.

Bons temas premium já possuem essa opção facilmente configurada, tirando o menu de navegação e a barra lateral do seu blog.

Porém, você não terá um editor arrasta e solta para criar designs funcionais em minutos.

Você precisará colocar textos, imagens e o código de captura de email dentro do WordPress, praticamente se aventurando como designer.

Esse é um dos motivos pelo qual o Athena já vem pronto com um plugin específico para colocar uma área de captura integrada com seu software de email preferido onde você desejar.

O tema faz o trabalho pesado sem você precisar configurar qualquer código de HMTL, CSS ou Javascript.

Reduzindo assim o tempo que você gastaria para criar páginas e focando assim em outras atividades bastante importantes para o sucesso do seu negócio digital.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade