close

Mais Presença

[Infográfico] Naming: O Processo Para Criar O Nome Perfeito Da Sua Marca (E Garantir Seu Futuro Bem Sucedido)

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 27 de outubro de 2016
Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

A tradução para Naming seria nomear, dar um nome.

Se você precisasse escolher um nome para o seu filho como seria o procedimento?

Escolheria o primeiro nome que parecesse interessante ou pesquisaria e pensaria sobre isso? A maior parte das pessoas opta pela segunda opção, pois o nome é algo que acompanhará um filho pela vida toda.

O mesmo é válido no momento de escolher o nome da sua marca.

Se você fizer esse processo da forma correta poderá encontrar um nome brilhante que fornecerá uma base sólida para a construção da sua empresa.

Se não, pode ser que você tenha um excelente produto, mas que nunca decole porque sua marca não transmite o conceito que define seu negócio, serviço ou produto.

O processo de Naming é uma estrutura para escolher o nome ideal para a sua marca.

Ele inclui fazer pesquisas de mercado, criar várias ideias, testá-las, e muitos outros detalhes.

Existem empresas especializadas em fazer esse procedimento.

Algumas delas, como a “Lexicon”, criadora do nome do celular “Blackberry”, são muito boas no que fazem mas cobram valores muito altos para empresas pequenas investirem.

Por isso trouxemos para você um infográfico com o procedimento completo de Naming, que você poderá usar para desenvolver o nomes perfeitos para sua marca ou produtos.

Por ser um processo criativo você pode encontrar, ou mesmo desenvolver, outras etapas nesse procedimento. O importante é não ignorar os passos essenciais que mostramos nesse infográfico.

Parece interessante? Então baixe o infográfico completo em alta resolução aqui ou veja a imagem abaixo para aprender como desenvolver o nome perfeito da sua marca.

infografico-naming

» Clique Aqui para baixar uma versão em Alta Resolução desse infográfico «

Desvende o Poder do Neuromarketing na Prática

Ebook Neuromarketing na Prática

Quero Meu Ebook →
Ebook Neuromarketing na Prática

Fatos e Estatísticas para Tweetar:

  1. (Tweet) Na sua marca você pode optar diversos tipos de nome, como: descritivo, inventado, próprio…
  2. (Tweet) A Pepsi investiu em lançar no Brasil o refrigerante Josta, mas o nome impediu comercialização.
  3. (Tweet) Há casos de nomes de marcas conflitantes, como a clínica veterinária Só Cão, que também atende gatos.
  4. (Tweet) A Ford tentou trazer para o Brasil o  carro “Pinto”, rejeitado pelo mercado pela má associação do nome.
  5. (Tweet) Misturar nomes próprios pode criar uma marca. Por exemplo, “Mattel” = “Matt” + “El” (de Elliot).
  6. (Tweet) A combinação de palavras relevantes no seu nicho para criar sua marca, por exemplo: Tectoy.
  7. (Tweet) Prefixos e segmentos de palavras podem criar marcas, como o produto “bis” (prefixo de “repetição”).
  8. (Tweet) Os nomes têm que transmitir visão, âmbito, posicionamento, caráter e a ideia central da marca.
  9. (Tweet) Para a seleção do nome para sua marca crie um grupo de teste para avaliar o desempenho das opções.
  10. (Tweet) Uma empresa especializada pode ser contratada para escolher o nome ideal da sua marca, fazer o Naming.

Curtiu esse conteúdo? Compartilhe esse infográfico no seu site:

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

314 Compart.
Compartilhar269
Compartilhar25
Twittar20
WhatsApp