close

Mais Blog

Palavras Poderosas para escrever textos que convertem

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 7 de abril de 2021
Junte-se a mais de 250.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Uma simples palavra tem o poder de elevar ou derrubar seu texto.

Não é à toa que escrever é uma arte e que dominá-la exige muito treino e estudo, além da escolha entre palavras poderosas e palavras fracas.

Leia esse trecho aqui embaixo e veja o que você acha:

“No entanto, aqui estamos nós, décadas mais tarde, e nossa escrita, e conteúdo ainda estão repletos de palavras revolucionárias, de valor agregado, impactantes, de ponta e concebidas para alavancar, incentivar e sinergizar o atual paradigma.”

Não sei você, mas para mim nada mais é do que um apanhando de palavras rebuscadas, que formam frases que querem dizer pouca coisa. A mensagem se perde no meio de tantas palavras fracas e mal colocadas.

Além da escolha das palavras poderosas, você precisa cuidar também da ordem em que vai escrevê-las.

A ordem das palavras poderosas altera o resultado da sua sentença

Qual é a palavra mais importante de uma sentença?

  • A primeira?
  • A do meio?
  • A última?

Veja a diferença na construção dessas frases:

1) No dia 1 de setembro, faça uma transferência para mim de R$ 750,00.

2) Faça uma transferência para mim de R$ 750,00 no dia 1 de setembro.

O que fica marcado na primeira frase?

O valor de R$ 750,00 que uma pessoa deve a outra.

Agora, o que fica marcado na segunda frase?

O dia em que ela precisará fazer o pagamento, dia 1 de setembro.

Com uma simples mudança na ordem do texto é possível firmar o pensamento do leitor onde você desejar.

A última palavra de uma sentença fica marcada como a última batida do martelo no prego que fixa um quadro na parede.

Veja um exemplo famoso do presidente americano John F. Kennedy:

“Não pergunte o que seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por seu país.”

Perceba que ele enfatiza a palavra “país” no final da sentença.

Ou seja, ele tira o foco da pessoa (“você”) e coloca o foco nos Estados Unidos (“país”).

Essa frase histórica perderia toda sua força se fosse construída da seguinte forma:

“Pergunte o que você pode fazer por seu país, não o que seu país pode fazer por você.”

Pequenas mudanças. Grandes resultados.

Coloque a palavra poderosa da frase sempre no final.

Ainda mais se você for escrever um título

Palavras poderosas para títulos irresistíveis

O 80/20 do seu texto está no título, logo, ele merece 80% do tempo que você dedica para escrever.

Mas para ajudar a acelerar esse processo, você pode contar com as palavras poderosas presentes nos títulos que não falham em cumprir sua missão com sucesso.

São elas:

1. Como

Ensinar alguém a fazer ou conquistar algo é quase a razão da existência da internet.

Um bom tutorial nunca falha na hora de agradar à audiência com muito valor.

2. Por que

Matar a curiosidade do leitor é sempre uma boa ideia, desde que o assunto seja do seu interesse e a informação nada óbvia.

3. Rápido

As pessoas não têm tempo a perder e estão sempre procurando formas de fazer algo que precisam de forma mais fácil.

4. Fácil

Além da rapidez, elas esperam cada vez mais conforto e facilidade. Quanto mais mastigado, melhor.

5. Resultados

Esperamos resultados de conteúdos gratuitos, de produtos e serviços. Tudo precisa gerar uma transformação. E se essa promessa já estiver no título, o clique é certo.

6. Garantido

Resultado garantido? Melhor ainda.

7. Comprovado

Comprovado? Nesse caso é título atinge o status de infalível.

8. Passo a passo

Quem não adora uma lista com o exato passo a passo para realizar uma tarefa específica?

9. Segredo

Nada gera mais curiosidade para clicar ou continuar lendo do que um bom segredo.

10. Seguro

Depois de toda essa lista, garantir a segurança é conversão na certa.

Mais exemplos de palavras poderosas:

  • Grátis
  • Novo
  • Vício
  • Fim
  • Idiota
  • Você
  • Nunca
  • Sempre
  • Sim
  • Agora
  • Imediato
  • Imagine

Outra categoria de impacto dentro de um texto são os verbos: quanto maior sua força, menos palavras de “adorno” seu texto precisará.

Verbos fortes

Já reparou nos verbos que você usa em seus textos?

  • Eles se repetem?
  • São acompanhados de advérbios como bastante, claramente ou fatalmente?

Por que isso importa?

Ao escolher verbos fortes de maneira inteligente eles farão o trabalho duro de construir uma sentença poderosa para você.

Esses verbos reduzem a quantidade de palavras, eliminam advérbios desnecessários e, mais importante, adicionam energia ao seu texto que seus leitores tanto desejam na leitura.

Logo, adicione força ao significado de um verbo sendo preciso.

Por exemplo, perceba como trocar o verbo “olhar” por verbos mais fortes é possível comunicar um novo nível de emoções.

Ao invés de:

“Ele olhou para ela de longe”.

Você pode usar:

“Ele enxergou ela de longe”.

“Ele a admirou de longe”.

“Ele encarou ela de longe”.

“Ele examinou ela de longe”.

“Ele refletiu sobre ela de longe”.

“Ele virou-se para ela de longe”.

“Ele se interessou por ela de longe”.

Logo,

  • “Olhar atentamente” vira “examinar”, removendo o advérbio.
  • “Olhar ferozmente” se torna “encarar”.
  • “Olhar de maneira duvidosa” vira “olhar de lado”.

Advérbios sugam a energia do seu texto, mas você não precisa descartá-los assim que encontra um.

Porém, estar ciente deles e substituí-los por um verbo forte, denso e carregado de energia irá tornar a leitura do seu texto mais fluída, assim como as palavras poderosas de transição.

Palavras de Transição

São aquelas palavras que juntam duas ideias, sentenças ou fragmentos de sentenças.

Ajudam a escrever sentenças curtas, que são mais fáceis de ler, dando a impressão que o leitor está lendo mais rápido, além de serem inesperadas, despertando a curiosidade do leitor para saber o que está por vir na próxima linha.

Como nesse exemplo:

Sim, as palavras são poderosas quando bem escritas.

Então, nós pensamos que essa sentença está completa.

Mas a verdade é que há mais informação para vir.

E você não consegue parar até ler o resto desta sentença.

Logo, você só tem a opção de continuar lendo.

3 tipos de palavras de transição

1. Conjunções

  • E
  • Mas
  • Ou
  • Para
  • Se
  • Senão

2. Exclamações

  • Claro
  • Bem
  • Sim
  • Não

3. Conclusões

  • Logo
  • Assim
  • Enfim
  • Afinal
  • Então

Outra questão frequente: será que repetir palavras sempre faz seu texto perder a sua força?

Repetição de palavras: certo x errado

Nossa mente está acostumada a detectar padrões, até mesmo onde não existem.

Tenho certeza que você já viu algum animal ou um rosto em nuvens e montanhas…

Logo, como nós podemos usar esse poder da super detecção de padrões para prender a atenção de nossos leitores?

Através da repetição de palavras (ou um conjunto de palavras) ao longo de uma sentença.

Veja esse exemplo:

“Você tem medo de largar o seu emprego e viver sem uma fonte constante de renda.

Você tem medo dos olhares críticos e desconfiados dos seus pais, quando eles ouvirem que a internet é agora o seu lugar de trabalho.

Você tem medo de passar fome, de não ter como pagar suas contas e saber que seus familiares não podem contar com você.”

Percebe como elas dão um ritmo a leitura e mantém uma certa magia conectada entre cada sentença?

Para você conseguir aproveitar ao máximo o poder da repetição, use-a apenas 3 vezes.

Menos do que isso, nosso cérebro não detecta um padrão.

Mais do que isso, nosso cérebro pensa como um exagero.

Deu para notar que estou falando da “repetição intencional de palavras”, para reforçar conceitos e criar ritmo no texto.

No entanto, existe a clássica repetição de palavras por pura falta de um vocabulário mais extenso.

Perceber a diferença entre as duas formas de repetição é fácil: basta revisar seu texto com cuidado, como nesse exemplo:

“Imagine se você tivesse em mãos um mapa.

Um verdadeiro mapa que mostrasse em detalhes o passo-a-passo para te levar do ponto A ao ponto B.

Um mapa recheado com conhecimento, com atalhos para andar mais rápido e com os maiores perigos a serem evitados.”

Poderíamos trocar a palavra “mapa” por “guia” e até eliminá-la em uma das 3 vezes que ela aparece sem prejuízo algum de sentido.

Se a repetição de 3, 4 palavras no mesmo parágrafo não tiver propósito de reforço, busque sinônimos no site www.sinonimos.com.br e faça a troca sem dó.

Exercício para enriquecer o vocabulário com palavras poderosas

Toda palavra carrega tanto o significado quanto um som específico, assim como relações com outras palavras de diferente significado. Além de serem símbolos de ideias abstratas, como, por exemplo, o amor, a honestidade ou até a saudade, palavra exclusiva da língua portuguesa.

O escritor e  jornalista e  Gianni Rodari ensina em seu livro “Gramática da Fantasia, uma série de exercícios para estimular a lógica, a criação de histórias e o vocabulário. Um deles é o exercício da “Pedra no Pântano”.

Quando você joga uma pedra no pântano, acontecem oscilações na água, tanto visíveis quanto invisíveis.

Quando se lança a palavra em um texto, você causa um efeito semelhante a essa pedra na água. Vamos ao exercício:

Pense em uma palavra.

Agora pense em palavras que se relacionam a essa palavra:

  • Palavras que rimam
  • Começam com as mesmas sílabas
  • Tenham o mesmo significado
  • Possam ser usadas em conjunto com essa palavras
  • Seus antônimos
  • E palavras próximas, ainda que não tenham o mesmo significado.

Essas serão as associações mais preguiçosas e simples.

Agora busque na sua memória, o que essa palavra faz você lembrar. Algo prazeroso ou desconfortável, mas que seja uma memória afetiva de alguma forma e  ative os seus 5 sentidos.

Depois, decomponha a palavra principal, como nesse exemplo com a palavra “PEDRA”:

P equenos

E elefantes

D dormem

R ruidosamente

A ao vento

Desta sentença, é possível expandir a ideia e criar um texto, para explorar mais a fundo o significado dessa palavra e mergulhar nele.

Fazer um exercício como esse pelo menos uma vez na semana será a garantia que não vão faltar palavras poderosas para os seus próximos textos.

Fature de R$ 7.000 a R$ 22.000 por mês enviando emails.

Workshop de Campanhas Semanais

Quero Saber Como →
Workshop de Campanhas Semanais

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Junte-se a mais de 250.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

>