Mais Blog

O desafio de investir na gestão de pessoas: As vantagens, obstáculos e resultados de construir sua própria equipe memorável

Fazer uma boa gestão de pessoas foi uma habilidade que precisei desenvolver nos últimos 2 anos.

Quando o Viver de Blog começou a exigir mais tempo e dedicação do que eu poderia dispor para continuar crescendo e entregando conteúdos memoráveis, vi que não teria mais como continuar sozinho nessa jornada.

Mas não foi só a carga excessiva de trabalho que me motivou a montar uma equipe.

Sempre há aquelas tarefas que fazemos melhor e outras nem tanto.

Ao contratar pessoas excelentes naquilo que não estava relacionado com a minha habilidade única, o potencial da empresa poderia ser multiplicado.

E foi!

Durante um bom tempo o time da Viver de Blog contava com uma equipe pequena, que variava entre 4 e 6 pessoas, contando comigo.

Em times menores a gestão de pessoas é muito mais simplificada, não necessitando de tanta organização, seja porque a comunicação é mais direta ou porque o número de tarefas acaba sendo bem menor.

No entanto, quando falamos da gestão de 17 pessoas tudo muda completamente.

Organização e métodos de trabalho já não são opcionais ou apenas burocracias chatas, mas viram detalhes cruciais que irão levar sua empresa ao sucesso ou ao fracasso.

E essa é a escolha que todo empreendedor(a) precisa fazer se quiser realmente crescer.

Seja como proprietário(a) do seu próprio negócio ou gerenciando times na empresa em que trabalha.

Contei neste artigo aqui, quais os desafios que enfrentei para montar uma equipe 100% remota e como a Metologia Scrum foi fundamental para que nossos processos se tornassem mais ágeis.

Mas como processos e tarefas não significam nada sem pessoas talentosas para transformá-los em algo de valor, quero dividir com você um pouco mais dos bastidores da Viver de Blog.

Em especial, como fazemos a gestão de pessoas aqui na empresa.

Portanto, se esse assunto parece interessante, continue lendo para saber mais sobre:

E muito mais!

Se você, assim como eu, acredita que quanto mais líderes desenvolverem suas capacidades na área de gestão de pessoas, mais resultados serão alcançados, compartilhe esse artigo nas redes sociais com seus amigos, colegas de trabalho ou até mesmo com o seu chefe.

Qual o momento ideal para começar a contratar?

gestao-de-pessoas-01

Antes de dizer quando contratar, você precisa se perguntar se gostaria de ter outras pessoas trabalhando com você ou não.

Nem todo negócio precisa passar pelo processo de contratação de colaboradores em algum momento.

Sua empresa pode continuar existindo e obtendo bons resultados sem mão de obra adicional.

Você pode não estar disposto(a) a administrar um grande negócio por não querer lidar com as implicações envolvidas na gestão de pessoas.

E isso não quer dizer que seu negócio não irá prosperar.

Apenas significa que você, possivelmente, ficará restrito a seu tempo e energia disponíveis.

E certamente não conseguirá colocar planos mais ambiciosos em prática, mesmo que procure aumentar a sua produtividade.

Eu optei por aumentar consideravelmente o número de colaboradores da Viver de Blog em 2016 porque vi a oportunidade de crescer. Além de perceber que era um caminho que eu estava disposto a seguir.

O que estamos criando hoje, tanto em termos de conteúdo, operações e produtos não seria possível com a estrutura inicial da Viver de Blog.

Contratar também acaba dependendo da sua predisposição a correr riscos.

Funcionários implicam em custos, novas habilidades que você precisa aprender e principalmente mudanças significativas na maneira como você lida com seu negócio.

Especialmente no primeiro semestre deste ano, precisei me afastar um pouco das atividades que envolviam a produção de conteúdos, o que considero meu ponto forte, para me dedicar exclusivamente à gestão de pessoas e da empresa como um todo.

Depois de “arrumar a casa”, consegui voltar minha atenção para a criação e fazer aquilo que mais gosto.

No entanto, muito antes de pensar em crescer a empresa eu tinha consciência que essa seria a consequência da minha escolha.

Portanto, o momento ideal não existe, assim como não existe a necessidade de crescer sua empresa ao ponto de precisar de outras pessoas para fazer aquilo que você já não consegue.

Tudo depende de onde você planeja chegar. Tenha clareza em relação ao futuro do seu negócio.

Se você ainda não tem 100% de clareza, leia esse artigo sobre o poder do coaching e como se conhecer melhor pode ser a grande vantagem escondida que faltava para você alcançar os seus resultados desejados.

Decidi contratar. E agora?

gestao-de-pessoas-02

Acredito que se você entendeu que chegou o momento de contratar colaboradores pela primeira vez ou se decidiu aumentar sua equipe, você sabe pelos quais motivos tomou essa decisão.

Se você está passando por alguma das situações abaixo e não deseja recusar novos clientes, pode ser que contratar seja uma boa opção:

  • O trabalho tomou conta de praticamente todo o seu tempo disponível, não sobrando nada para momentos de lazer, para a prática de atividades físicas ou até mesmo para sua família e amigos.
  • Você já não consegue mais se concentrar ou mesmo desenvolver sua criatividade em atividades do seu negócio que você considera como as mais prazerosas e importantes.
  • Mesmo com o fato de você estar sobrecarregado(a) com o excesso de trabalho, ainda assim não consegue não evitar atrasos na entrega.

Uma boa dica do site Entrepeneur para você descobrir se precisa ou não de uma ou algumas pessoas na sua equipe para determinado cargo é muito simples.

Liste pelo menos 20 horas de atividades semanais que o novo colaborador iria cumprir.

Caso você consiga preencher essa lista de 20 horas apenas, é hora de contratar! Certamente as outras 20 horas serão preenchidas ao longo do tempo.

O processo seletivo dos candidatos precisa ser feito com bastante cuidado.

Afinal, você quer pessoas que agreguem valor e não que sejam novas fontes de dores de cabeça relacionadas à gestão de pessoas.

No começo do ano contratei 12 novos colaboradores de uma única vez.

Como nosso trabalho aqui na VDB é feito de forma totalmente virtual, o processo de seleção seguiu o mesmo padrão.

A divulgação das novas vagas foi feita através dos nossos principais canais de comunicação, como o email e as redes sociais.

Recebemos inúmeros currículos vindos de diversos profissionais de todo o Brasil, que além de preencher seus dados responderam algumas perguntas em uma espécie de pré-entrevista.

Muito mais do que habilidades técnicas, ter colaboradores comprometidos e alinhados com a cultura da Viver de Blog era e é o fator mais importante para nós.

E só por essas perguntas iniciais já era possível dizer se o candidato tinha ou não o perfil desejado.

Importante ressaltar que você precisa saber qual é o perfil de pessoas que gostaria de ter trabalhando a seu lado e quais as características necessárias para cada um dos cargos que serão ocupados.

O segundo passo foi fazer uma entrevista via Skype com cada um dos candidatos pré-selecionados. O mais próximo que conseguimos chegar a uma entrevista presencial.

O processo funcionou tão bem que replicamos em outras contratações feitas esse ano na Viver de Blog e assim montamos uma equipe realmente memorável.

Vantagens de se trabalhar em grupo

gestao-de-pessoas-03

Contratações envolvem custos, que podem até mesmo vir a ser uma das maiores despesas de sua empresa.

Ou melhor, um dos maiores investimentos de seu negócio.

Mas como todo empreendedor precisa manter seus gastos sob controle para gerar lucros, ter mais pessoas a bordo precisa significar mais resultados também.

E uma coisa eu garanto, se o trabalho de gestão de pessoas for feito de forma eficiente, você terá resultados.

Veja o exemplo do Viver de Blog. Hoje, no momento em que escrevo este artigo, atingimos a marca de 8.638 milhões de visitas só no blog.

1

Um número bastante expressivo, especialmente no concorrido mercado de Marketing Digital.

Para que você entenda o quanto a equipe foi essencial para que nós chegássemos nesse número de visitas, veja a taxa de crescimento do blog em 2 momentos diferentes:

1.Período de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2014, praticamente o primeiro ano de existência da Viver de Blog:

2

Conseguimos trazer um número muito interessante de mais de 2 milhões de visitas durante o ano todo. Um número bastante significativo.

Porém, veja o quanto crescemos em 2016. E ainda estamos no meio do mês de novembro!

2.Período atual de 1 de janeiro a 15 de novembro de 2016, com uma equipe de 17 colaboradores:

4

O número de visitas saltou de 2 milhões para mais de 3.5 milhões até agora! :=)

Em todo ano de 2015 conseguimos publicar 11 conteúdos novos. Já nesse ano são 50 novos materiais totalmente gratuitos.

Isso sem falar na reativação do canal do Viver de Blog no YouTube e a publicação frequente de 3 vídeos semanais.

Inclusive se você ainda não está inscrito(a) no canal, clique aqui para receber os conteúdos imperdíveis que publicamos por lá.

Esse mês acabamos de alcançar a marca de 10 mil inscritos e 43 vídeos publicados!

Além de todo conteúdo gratuito que disponibilizamos para nossa audiência em vários canais, o catálogo de cursos da VDB também cresceu bastante.

Além do Produção de Conteúdos Memoráveis onde você aprende a produzir conteúdos memoráveis 2 vezes mais rápido e com 10 vezes mais poder de viralização e vendas e do Blog Memorável, temos uma novidade fresquinha para você.

Acabamos de lançar o Blog do Zero, curso 100% grátis, que ensina o passo-a-passo para você criar um blog do completo zero ao longo de 7 aulas práticas. Clique aqui embaixo para conhecer:

banner-bdz

Além desses dois cursos, temos vários outros produtos, como o Blog Memorável, o Infográficos Memoráveis e nosso template para WordPress, o Épico.

Se eu ainda estivesse trabalhando sozinho, certamente não teria conseguido crescer tanto em tão pouco tempo. Nem oferecer tantas possibilidades para a nossa audiência.

O que não quer dizer que empreendedores que ainda não conseguem gerar um faturamento suficiente para contratar equipes de 15, 20 pessoas estão fadados à estagnação.

Apenas levarão um tempo maior. E precisarão de alguma ajuda ao longo desse tempo, mesmo que seja de um sócio ou de prestadores de serviço.

Talvez a maior vantagem do trabalho em equipe nem seja a possibilidade de crescimento exponencial, mas sim de poder contar com pessoas que possuem talentos em áreas que você talvez não tenha.

E assim façam um trabalho muito mais brilhante do que você jamais faria.

Por isso, se você for contratar alguém para ajudar, escolha alguém que seja bom naquilo que você não faz muito bem, seja a parte de finanças, de gestão de pessoas ou de produção de conteúdo.

Foque na sua habilidade única e tenha certeza que quem irá trabalhar a seu lado também está conseguindo usar seu dom e trabalhar com propósito na sua empresa.

Essa é a chave para a qualidade de vida no trabalho e consequentemente para o sucesso da sua empresa, blog ou site.

Como construir um time, reter talentos e transformar seus colaboradores em empreendedores apaixonados

gestao-de-pessoas-04

Para uma gestão de pessoas adequada aos objetivos da sua empresa não basta contratar os talentos certos. É preciso trabalhar na motivação pessoal e na retenção.

Justamente um dos maiores desafios na gestão de pessoas.

Eu poderia contratar freelancers para todas as áreas da empresa. Mas preferi ter um time dedicado, dentro da Viver de Blog e principalmente que compartilhasse os mesmos valores da nossa cultura.

Tanto fazer um novo processo de seleção quanto treinamento geram custos para a empresa.

Isso sem falar no tempo de aprendizado do novo colaborador.

Mas se perder um profissional já pode gerar transtorno, imagine se for alguém praticamente indispensável para o seu negócio, um tipo de profissional difícil de substituir?

O prejuízo pode ser maior ainda!

Os melhores profissionais do mercado não são aqueles que possuem várias graduações ou um vasto conhecimento técnico.

Certamente este requisito pode fazer parte do pacote, mas principal qualidade de um profissional brilhante está na sua percepção diferenciada, na proatividade para resolver problemas e aprender novos conhecimentos necessários, bem como sua predisposição para resolver desafios.

Acredite, você vai querer pessoas assim na sua equipe. Mas mais do que isso, você tem que fazer com que elas desejem realmente fazer parte da sua empresa.

E o que, de fato, você pode fazer para que seus colaboradores estejam sempre felizes em fazer parte do seu time?

Vamos conhecer alguns fatores que são essenciais para desenvolver e reter os talentos da sua equipe:

  • Crie um ambiente que possibilite ao colaborador desenvolver projetos com maior autonomia e novas competências.
  • Reconheça publicamente o bom trabalho feito por seus colaboradores.
  • Promova seus funcionários de acordo com suas habilidades. Tirá-lo(a) de uma posição que o faz feliz para outra não tão adequada a seus desejos apenas para justificar uma promoção, pode ser um erro grave na gestão de pessoas.
  • Envolva os funcionários nos processos de decisão ou engaje-os em projetos em andamento, escutando suas sugestões de forma apreciativa.
  • Estimule a troca de ideias e crie oportunidades para ouvir as pessoas. Evite eventuais críticas não construtivas.
  • A maioria das pessoas procura por trabalhos que juntem autonomia (liberdade para fazer o que desejar), maestria (ser melhor em vários aspectos) e propósito(a missão de vida).
  • Incentive a criatividade e inovação dentro da sua empresa. Deixe seus colaboradores criarem e abra espaço para que eles possam testar essas ideias também.
  • Você sabe usar as habilidades de cada um dos integrantes do seu time de forma correta? Tanto desperdiçar grande talento com poucos desafios quanto propor atividades muito avançadas para o nível de conhecimento e experiência de um colaborador podem causar desmotivação.
  • Apresente desafios. As pessoas não desenvolvem novos talentos se continuam fazendo a mesma coisa de sempre. Estimule novas habilidades ao apresentar tarefas desafiadoras.
  • Crie um ambiente mais familiar, confortável ou até mesmo descontraído. Quanto mais personalizado é o ambiente de trabalho, melhor o sentimento da pessoa que trabalha nele.
  • Pense no futuro (e pense grande). Uma visão clara para o futuro é a melhor forma de você traçar o caminho que sua empresa e sua equipe precisam traçar para chegar nesse objetivo.

Como fazemos a gestão de pessoas na Viver de Blog

gestao-de-pessoas-05

Desde que a equipe da Viver de Blog cresceu, muitas pessoas têm me perguntado como funciona a gestão de pessoas em uma equipe 100% virtual.

Expliquei neste artigo aqui como a aplicação da Metologia Scrum foi um divisor de águas em nossos processos internos, aumentando a agilidade na solução de problemas, a produtividade e a capacidade de criação de todo o time.

Um dos pontos mais importantes dessa Metologia é a necessidade de dividir os colaboradores em grupos de no máximo 7 integrantes.

Para seguir esse princípio, dividi a equipe em 4 áreas relacionadas às atividades essenciais para a existência da Viver de Blog:

  • Criação
  • Mídia
  • Sucesso
  • Tecnologia

No entanto, essa divisão em áreas e portanto, em equipes menores, não tem o intuito de separar as pessoas, mas sim organizar melhor os processos de trabalho apenas.

Integração entre as áreas e definição de prioridades

print-sucesso

print-midias

Como você pôde perceber pelos prints do Trello das áreas de Sucesso e Mídias, cada equipe da Viver de Blog se organiza da forma que considera mais adequada.

As prioridades e distribuições de tarefas são definidas pelo gestor de cada uma dessas áreas, em todo início de semana.

Geralmente seu processo de priorização está ligado à um projeto maior que envolve a empresa toda.

Por exemplo, nas últimas semanas o foco principal foi o lançamento do nosso curso gratuito, o Blog do Zero.

Portanto, toda e qualquer tarefa que estivesse relacionada ao lançamento teria prioridade máxima às atividades de rotina de cada uma da áreas.

Mesmo em casos de colaboradores que estão mais concentrados em uma área da empresa mas que trabalham em conjunto com todas as outras áreas, o processo é o mesmo.

No caso do Saulo, nosso designer, por exemplo. Ele faz parte do time de Criação, porém trabalha em conjunto com as áreas de Mídias, Sucesso e Tecnologia.

Não necessariamente as tarefas do time de Criação serão as prioridades dele naquela semana.

Se houver maior necessidade da criação de um material para divulgação nas redes sociais de algum de nossos cursos por exemplo, essa será a atividade mais importante.

Nossa divisão em áreas serve apenas para facilitar a comunicação entre os membros, mas todos podem acompanhar as atividades que estão sendo feitas em outras áreas bem como possuem acesso liberado à documentos e materiais.

Nós damos muita importância para a transparência e integração entre todos da equipe, mesmo à distância.

Por isso a comunicação clara e frequente é tão importante para o bom funcionamento da empresa e também para a gestão de pessoas, especialmente em um time virtual, como falei aqui nesse vídeo abaixo:

Não deixe de fazer sua inscrição no nosso canal no YouTube para ver mais vídeos

A influência da cultura na gestão de pessoas

gestao-de-pessoas-06b

Nosso time é 100% virtual e por isso contamos com pessoas que não trabalham na base da cobrança e sob pressão, mas que são orientados por resultados.

O foco principal da nossa cultura é “alcançar a excelência e incentivar pessoas a descobrirem e liberarem todo o seu potencial”.

É para isso que trabalhamos com tanto afinco para que cada vez mais nosso público consiga descobrir e usar sua habilidade única.

E claro, não poderia ser diferente aqui nos bastidores da VDB.

Toda equipe possui bastante liberdade para usar aquilo de tem de melhor e propor melhorias, novos projetos e novas estratégias, exatamente de acordo com nosso cultura.

Basicamente, os pontos mais fortes de nossa cultura e que refletem na gestão de pessoas são:

  • Busca constante por desafios;
  • Feedbacks e críticas construtivas;
  • Celebração do sucesso alheio;
  • Foco em resultados e não em esforço ou horas trabalhadas;
  • Uso do bom-senso e responsabilidade com relação ao trabalho ao invés de cobranças;
  • Gentileza, simpatia e empatia na comunicação interna;
  • Confiança no potencial individual;
  • Cada um é dono de suas tarefas;
  • Definição de processos e métodos para guiar ações e aumentar produtividade, mas sem burocracia e rigidez;
  • Sugestões são bem-vindas, mas reclamações e fofocas não;
  • Incentivo à criatividade e inovação em processos. Testes são bem-vindos;
  • 1% melhor a cada dia;
  • Excelência na entrega de valor.

Ter uma cultura bem definida não serve para “fazer bonito” perante o público, mas sim para orientar todas as ações que ocorrem dentro da empresa, seja no tratamento com o cliente, com os colegas de trabalho ou na gestão de pessoas.

Conclusão

gestao-de-pessoas-07

Mais do que processos perfeitos, máquinas de última geração ou as ferramentas mais poderosas do mercado, você precisa de pessoas na sua empresa.

Nada disso funciona com o propósito pretendido se não há valor humano, a criatividade e o empenho que só um profissional valioso e talentoso pode oferecer.

A partir do momento que você se vê fazendo a gestão de pessoas e não apenas administrando um negócio ou departamento de uma empresa, tudo muda.

Uma vez que se assume a posição de líder, você sabe que tem a responsabilidade de despertar o melhor em cada um que está a seu lado.

Mas uma vez que você entende que essa é a sua missão, nada mais pode parar o absoluto sucesso!

O talento vence jogos. Mas só o trabalho em equipe ganha campeonatos”- Michael Jordan

Conteúdo VIP

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Sobre o autor

vive exclusivamente de blog desde seus 23 anos e quer ajudar você a Viver de Blog também. Saiba mais aqui →

  • Para variar, mais um artigo esclarecedor, objetivo, que enriquece nossa busca pelo sucesso.
    Parabéns equipe VDB

    • Opa Cadu! Obrigado pelo comentário! Fico feliz por saber que gostou!

      Abraço! 🙂

  • Cristiano Maciel

    Excelente artigo e muito esclarecedor como sempre. Gostaria de saber também como é feita a gestão de salários e outros tipos de pagamentos à equipe.

    • Olá Cristiano! Obrigado pelo comentário! 🙂

      Sobre a sua pergunta, você pode especificar melhor o que exatamente deseja saber sobre a gestão de salários? Você se refere à forma de definição dos valores ou como eles são pagos? Há também outros tipos de pagamentos, que são realizados por bonificações de acordo com metas da empresa.

      • Cristiano Maciel

        Se são pagos por salários fixos, se são com carteira assinada, se são prestadores de serviços contratados, se ganham comissões, quais os valores dos salários, quais os cargos, como a agencia de marketing digital de infoprodutos consegue pagar, se apenas com cursos ou com serviços, afinal, são tantas dúvidas…

        • lucas

          São trabalhadores anônimos, se registrados ganharam suas regalhias.
          Exemplo: Vendedor ambulante é trabalhador anônimo e não e registrado de carteira assinada, mas suponha que ele registre como trabalhador anonimo ele tem suas regalhias.

          Já na empresa virtual, a equipe de wedsigner, design grafico… que tem no viver de blog, ela funciona com o henrique apenas, o money vem pra ele e depois se divide a partes.

          E como ele faz isso?
          Com estatísticas por Artigo.
          Exemplo: João, websigner produz um conteúdo execpional, usando a ferramenta do GOOGLE ANALYTICS o Henrique ou alguém que toma conta dessa parte de calculo, calcula a Porcentagem influente desse ramo que fez toda a diferença. Usando com bases em estatísticas. Depois de calculado, ele emite um contrato com cidadão, alegando ele receber 5% do seu serviço, na média mensal ou semanal, estipulando uma comissão.

          E ainda Henrique pode expor um bonus por funcionario, quem conseguir, sei lá, 30% da renda do artigo, em suas especificas áreas, ganhara uma comissão por isso, no valor de 10% deste.

          Mais ou menos isso, tem mais coisas em jogo que o SENAI pode te apresentar em como ser empreendedor

          • Opa Lucas! Obrigado por comentar e contribuir com a sua opinião!

  • Josiel

    Muito bom mesmo… O sucesso da equipe é notória e ver tamanha organização nos processos é de brilhar os olhos.
    Mas tem uma coisa que acredito ser importante. Como gerenciar a carreira, cargos e salários dos colaboradores. Existe um plano específico? E todos sabem onde podem chegar dentro da empresa?

    • Opa Josiel! Obrigado pelo comentário! 🙂

      Sobre a sua pergunta, temos plano de bonificação e a organização é totalmente horizontal. A empresa por enquanto é focada no crescimento exponencial e por isso mantemos a equipe pequena e todos com autonomia para solucionar os problemas e criar soluções inovadoras. Este formato tem funcionado muito bem por aqui na Viver de Blog! 🙂

      Espero ter respondido!

      Grande abraço! 🙂

  • Tamires Arruda

    Oi Henrique eu acho seus conteúdos simplesmente fantásticos!

    • Opa Tamires! Obrigado! Fico feliz por saber que nos acompanha e gosta dos nossos conteúdos! 🙂

      Abraço!

  • Felipe Franco

    Fala Henrique!!!

    Show de bola, artigo bastante esclarecedor!!!
    Muito legal também esta diversificação nos temas dos conteúdos!! Apesar de não ser um artigo especificamente sobre Blog ou Marketing Digital, é um tema extremamente útil para quem está trilhando este caminho!!

    Esta versatilidade de gerar conteúdos memoráveis a respeito de diferentes assuntos é inspiradora, me espelharei nessa qualidade também na geração de meus conteúdos!!!

    Abraços!!
    Felipe Franco

    • Olá Felipe! Muito obrigado pelo feedback! Fico muito feliz por saber que nos acompanha e gosta dos conteúdos que oferecemos!

      Vem muito mais por aí! 😀

      Grande abraço!