Mais Blog

Por que somos especialistas em procrastinar? Como eliminar o vício da procrastinação antes que a preguiça sabote seu futuro brilhante

Procrastinar, a “arte” de deixar para amanhã.

Será que você se reconhece nesta história?

Você acordou de manhã, cheio de energia, levantou da cama rapidamente porque tem um projeto importantíssimo para entregar.

Você, então, aproveita para terminar de tomar seu café enquanto trabalha. Mas, por azar, qual a primeira coisa que acontece?

Você, acidentalmente, derruba café na mesa.

Impossível trabalhar em uma situação dessas.

Logo, você começa a limpar a mesa e percebe que, na verdade, ela está cheia de poeira e até meio desorganizada.

Mesas de trabalho organizadas ajudam e muito a aumentar a produtividade, então a coisa certa a fazer é limpar toda a mesa.

E, pensando bem, aquelas canetas velhas e aquela pilha de papéis precisam ser jogados fora…

Mas, você está sem sacos de lixo em casa, o que torna a decisão de ir ao mercado para comprá-los algo que certamente não pode ser deixado para depois.

Já no mercado, você pensa: posso ficar com fome mais tarde e isso poderá atrapalhar minha concentração no importante projeto que preciso entregar até o final da semana.

Chegando em casa você já prepara sua refeição para mais tarde, quando estiver com fome, e claro, lava a louça para não ter que pensar nisso quando estiver muito ocupado com seu trabalho.

Finalmente, você senta em sua mesa.

Decide dar uma rápida olhada em sua página do Facebook, apenas para checar as últimas novidades.

No entanto, um vídeo do Porta dos Fundos chama sua atenção e você decide parar para assistir. Afinal, são apenas 5 minutos.

Outro vídeo relacionado aparece, e o que são mais 3 minutos? Nada que vá atrapalhar.

Como esse último vídeo é realmente hilário, você decide enviar para seu grupo de amigos no Whatsapp, o que resulta em algumas conversas rápidas, mas nada que prejudique seu planejamento para o resto do dia.

Voltando a concentração para o computador, seu estômago ronca. Ainda bem que você já tem tudo pronto, só precisa esquentar no micro-ondas.

Após sua refeição, você finalmente olha no relógio e percebe que já está tarde e não faz sentindo algum começar a trabalhar agora.

Em vez disso, escolhe assistir àqueles últimos episódios de sua série favorita no Netflix.

Afinal, seu importante projeto pode esperar até amanhã. : /

E aí, parece familiar?

Já passou por alguma situação parecida?

Aposto que pelo menos uma vez na vida você deixou para depois algo relativamente importante e que podia ser feito naquele momento.

E pior! Acordou totalmente culpado e estressado no dia seguinte pois o prazo para entrega acabou ficando próximo demais e você teve que fazer tudo às pressas.

Esse é o nocivo hábito de procrastinar!

Continue lendo este artigo para:

Ficou interessado no artigo? Então compartilhe esse post com seus amigos e vamos juntos eliminar o mal da procrastinação para que cada vez mais pessoas realizem seus sonhos.

O que é procrastinação

procrastinar-01

A definição de procrastinar em si não é tão ruim:

É o ato de postergar para amanhã; adiamento.

O problema é que o amanhã é aquele lugar que ninguém viu ou sabe onde fica, mas que certamente boa parte dos planos, motivações e objetivos se encontram.

E vamos deixar claro, adiar alguma tarefa não é algo necessariamente ruim.

Você pode, por exemplo, chegar à conclusão que conseguirá escrever seu artigo amanhã na parte da tarde porque terá o tempo necessário para tal, algo que no momento não parece viável.

Isso não pode ser definido como procrastinação.

A procrastinação acontecerá se você decidir, no outro dia de tarde, adiar mais uma vez sua tarefa.

Toda procrastinação é um atraso, mas nem todo atraso pode ser definido como procrastinação

Quer saber mais sobre a procrastinação? Clique aqui embaixo assistir um vídeo que fiz sobre o assunto:

Não deixe de fazer sua inscrição no nosso canal no YouTube para ver mais vídeos

De quem é a culpa de tanta procrastinação?

procrastinar-02

Um estudo feito na Universidade do Colorado encontrou indícios de que procrastinação e impulsividade estão ligados a influências genéticas.

Houve um tempo em que seres humanos não faziam planos futuros e sua única preocupação era com que comer naquele dia.

Após milhares de anos agindo da mesma forma, podemos dizer que ficamos acostumados a agir por impulso, dando importância ao que é urgente e não ao que é prioridade.

Por isso se não estamos 100% concentrados, em estado de flow, estamos sujeitos a procrastinar.

Outro fator que contribui para o ato de procrastinar é a natureza da tarefa.

Dificilmente você irá deixar para amanhã um jogo de futebol com os amigos ou um bom jantar com a família, mas faria isso facilmente se a sua programação envolvesse terminar vários relatórios.

O benefício imediato é claramente percebido por nosso cérebro.

As atividades fáceis e divertidas são as mais atraentes para a mania de procrastinar.

Fácil e divertido nem sempre são bons adjetivos

procrastinar-03

Em sua palestra no TED Talks, Tim Urban, blogueiro e como ele mesmo diz, um procrastinador de carteirinha, explica de forma muito simples o que se passa na cabeça de quem costuma postergar tarefas.

Ele usa como exemplo da procrastinação crônica a figura de um macaco, que só quer saber de fazer coisas fáceis e divertidas o tempo todo.

O problema é que, na mente de um procrastinador, o “macaco” acaba por tomar o controle do lado racional com frequência, dando sempre preferência pelo prazer imediato.

Esse tipo de atitude não é um problema quando feito esporadicamente, mas o sinal de alerta começa a soar quando procrastinar se torna um hábito.

Os efeitos podem ser devastadores: problemas no trabalho, nos relacionamentos e na saúde.

A sensação de bem estar nunca é completa pois junto com ela aparece a culpa.

Temos plena consciência de que deveríamos estar concentrados em terminar o trabalho de conclusão de curso, por exemplo, mas em vez disso optamos por jogar videogame.

E conforme o prazo de entrega vai se aproximando, a ansiedade domina nossa mente.

O mais impressionante é que alguns procrastinadores conseguem reunir esforços e fazer o que precisa ser feito nos “45 do segundo tempo”.

Mas a qualidade do que é entregue costuma ser bem duvidosa.

E há casos ainda piores.

Aqueles que além de procrastinar não conseguem sequer usar toda a ansiedade gerada para tomar uma atitude e acabam simplesmente não entregando resultados.

Ou seja, não se vive o momento de prazer pois a culpa está presente, a ansiedade vira presença constante e em casos extremos pode devastar algumas áreas da vida de quem procrastina por hábito.

E o efeito disso a longo prazo, na saúde física e mental pode ser bastante prejudicial.

Está curtindo esse artigo? Então coloque seu email abaixo e junte-se a vários leitores inteligentes do Viver de Blog e ser o primeiro a receber novos conteúdos memoráveis.

Fique atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Por que o ato de procrastinar pode fazer mal à sua saúde

Procrastinar-13

O ato de procrastinar afeta nossa saúde e principalmente bem estar, pois não nos sentimos bem quando adiamos uma meta importante.

Pessoas que têm o costume de adiar, apresentam mais dores de cabeça, de estômago e ficam doentes com mais frequência.

Além disso, procrastinar pode ocasionar aumento no nível de estresse, baixando as defesas do sistema imunológico e abrindo espaço para doenças infecciosas como resfriado ou gripe.

Outro comportamento de procrastinadores foi identificado pelo Departamento de Psicologia da Univerdade de Carleton, no Canadá, nesse estudo.

Geralmente cuidados como a prática de exercícios físicos, alimentação saudável e idas ao médico quando algo não está bem são frequentemente postergados, podendo ocasionar danos futuros à saúde.

Se procrastinar é tão ruim por que também é tão irresistível

procrastinar-04

Você já experimentou falar para um obeso que ele tem que reduzir a quantidade de comida ingerida ou para um depressivo que ele precisa parar agora mesmo todos esses pensamentos pessimistas?

Parece mais fácil falar do que fazer…

O mesmo acontece com quem tem o hábito de procrastinar.

A consciência sobre a existência do problema existe.

Aliás, é a causa de tanto estresse na vida de um procrastinador crônico.

Ao mesmo tempo que a vontade incontrolável de ceder ao “macaco da diversão” aparece, ela vem acompanhada da enorme culpa.

Seria fácil, porém, se a procrastinação só acontecesse com tarefas que consideramos desagradáveis.

Mas e como explicar a procrastinação até mesmo daquilo que gostamos.

Por exemplo, escrever é uma atividade pela qual eu sou completamente apaixonado e 100% ligada a meu propósito de vida.

E ainda assim, já me peguei “enrolando” e criando diversas desculpas para não começar um artigo.

Por que isso acontece?

A culpa é da impulsividade (aquela, que tem uma boa influência genética).

Por mais que escrever seja uma fonte de prazer, é uma atividade que me tira da zona de conforto e por vezes pode gerar insegurança.

“Será que serei capaz de fazer um bom texto ou será que meu público irá amar ou odiar esse conteúdo?”

Isso explica porque, em alguns momentos, somos atraídos pela ideia de parar tudo e seguir nossa impulsividade natural que implora pelo prazer imediato.

A fim de evitar ceder aos apelos da impulsividade, utilizamos um último recurso: a força de vontade.

Não abuse da sua força de vontade: ela tem limite

procrastinar-05

Você lembra da sua lista de resoluções de fim de ano?

Talvez você tenha até anotado em algum lugar uma lista de promessas que certamente iria cumprir.

Agora pense, quantas delas você concretizou até agora?

Pode ser que muitas delas você tenha colocado em prática logo em seguida, como meditar todos os dias ou frequentar a academia 4 vezes na semana.

Mas, você ainda está cumprindo o que prometeu a si mesmo?

Se está, parabéns!

Se não está, a explicação pode ser bastante simples: você decidiu jogar toda a responsabilidade em cima da sua força de vontade.

Quantas vezes você já não ouviu que é preciso ter força de vontade para conquistar um objetivo?

No entanto, depender exclusivamente de sua força de vontade pode ser perigoso, já que ela não é constante.

Assim como seu humor, alguns dias a força de vontade desaparecerá. Seja porque está chovendo, está frio ou você está cansado. Você não terá a motivação nas alturas todos os dias, por mais que você ame o que faz.

E é nesse momento que seu plano vai por água abaixo.

A força de vontade é como um músculo, pode ser treinada mas tem um limite máximo de capacidade e sofre com a fadiga.

Imagine que você está de dieta e todo dia alguém resolve oferecer um pedaço do seu bolo de chocolate favorito ou aquela torta de limão que você adora.

No começo, quando o foco no seu objetivo está acima de tudo, fica fácil.

Mas com o passar do tempo, fica cada vez mais difícil dizer não.

E pensamentos como “só hoje”, ou “eu mereço” ou ainda”tive um dia tão difícil, vou comer só um pedaço” começam a aparecer com frequência.

A fim de avaliar as características da força de vontade, em 1998, Roy Baumeister fez um experimento onde algumas pessoas foram colocadas em uma sala com cheiro de cookies recém-assados.

Uma mesa com um prato com vários cookies e outro com rabanetes foi colocada na frente daqueles que faziam parte do estudo.

Para alguns, os cookies estavam liberados e para outros o rabanete (mundo injusto mesmo).

Depois disso, os indivíduos tiveram 30 minutos para completar um difícil quebra-cabeças.

O resultado?

Aqueles que foram obrigados a usar a força de vontade e resistir aos cookies desistiram mais rapidamente do que os que puderam se deliciar à vontade.

Aparentemente, a força de vontade de resistir aos cookies foi drenada, não sobrando muito para o próximo passo do experimento.

E assim como esse estudo, muitos outros provam que sim a força de vontade tende a se esgotar conforme seu uso.

Se não podemos contar apenas com a determinação para acabar com a procrastinação, qual seria a solução então?

A força do hábito

procrastinar-06

Nós somos aquilo que repetidamente fazemos – Aristóteles

Primeiro, é preciso descobrir qual é a força propulsora que nos motiva a perseguir um objetivo.

Depois, é preciso monitorar atentamente seu comportamento enquanto persegue o objetivo já estabelecido.

E somente depois, a força de vontade surge como parte do processo.

Não importa qual o objetivo, se é parar de fumar, não faltar na academia, parar de comer doces durante a semana ou estudar uma hora de francês todos os dias.

A melhor maneira de obter sucesso na sua empreitada, é usar a força de vontade como impulso inicial e depois garantir a consistência transformando a ação em hábito.

Está curtindo esse artigo? Então coloque seu email abaixo e junte-se a vários leitores inteligentes do Viver de Blog e ser o primeiro a receber novos conteúdos memoráveis.

Fique atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

A arma contra a procrastinação: criar um novo hábito

procrastinar-07

Um hábito é formado por três elementos básicos:

  • GATILHO
  • ROTINA
  • RECOMPENSA

Gatilho é justamente aquilo que servirá como lembrete para a execução de uma determinada tarefa.

Por exemplo, você deseja iniciar a prática de atividades físicas logo pela manhã.

E todo dia, toma uma xícara de café com óleo de coco, que dará a energia necessária para a prática de exercícios.

Pronto. Este pode ser seu gatilho.

Automaticamente ao ingerir sua dose de café matinal, sua mente já fará a correlação entre as duas atividades.

O próximo elemento do hábito, a rotina, é justamente aquilo que você deseja ter como ritual diário, que nesse nosso exemplo é se exercitar diariamente.

Finalmente o último elemento precisa estar claro para você.

Certamente a recompensa de se exercitar é o ganho de saúde, melhora no aspecto estético e bem-estar.

Mas para se manter firme em seu novo hábito, o ideal é escolher uma recompensa mais imediata e palpável, para que seu cérebro entenda que sim está ganhando algo para não procrastinar.

Nesse caso a recompensa poderia ser uma banho relaxante e um descanso de 15 minutos no sol. Ou alguma outra coisa que faça sentido para você.

Você precisa desejar muito essa recompensa.

procrastinar-08

Quando um hábito é prejudicial, como procrastinar, é mais fácil mudá-lo, aos poucos, do que eliminá-lo de uma vez por todas.

Mas a mudança não ocorre nos 3 elementos que formam o hábito, mas somente na parte da ROTINA.

Para quem deseja acabar de vez com a procrastinação, a primeira coisa a fazer é entendê-la.

O que normalmente aciona o GATILHO? Por que você evita começar alguma tarefa específica ou fica arranjando distrações e outras ocupações o tempo todo?

Perceba quando você está caindo nesse mesmo tipo de comportamento e anote.

O mesmo acontecerá para a recompensa. Por que você para tudo que está fazendo para procrastinar?

Qual a RECOMPENSA imediato? Um descanso? Uma solução para o tédio?

Entenda o porquê você faz o que você faz.

Ao identificar padrões de comportamento fica mais fácil traçar estratégias para combater justamente a parte problemática: a ROTINA.

Ao trocar a rotina que pode ser acionada pelos mesmos gatilhos e obter as mesmas recompensas, a chance de sucesso na implementação do hábito é muito maior.

Passo a passo para implementar novo hábito

procrastinar-09

Você já deve ter sentido na pele a dificuldade que envolve o ato de mudar ou criar um novo hábito.

E não se preocupe, você não está sozinho nessa.

Portanto, para facilitar esse complicado processo, um passo a passo para implementação de um novo hábito pode ajudar bastante:

  1. Escolha um hábito fácil de colocar em prática. Você quer ir para academia todos os dias, mas que tal começar fazendo 10 minutos de alongamento todos os dias de manhã.
  2. Aumente aos poucos a “dificuldade” de seu hábito. Passe a fazer 15 minutos de alongamento, depois 30 minutos, depois comece a caminhar pelo bairro e assim vai.
  3. Divida seu hábito em blocos de tempo. Quer ler 100 páginas de um livro por dia? Que tal começar com 50 de manhã e 50 antes de dormir.
  4. Saiu da linha? Volte imediatamente. O problema aparece quando você faz da exceção, a regra.
  5. Se sentir dificuldades de continuar com o novo hábito, peça ajuda a alguém de confiança para “fiscalizar” seus hábitos todos os dias.
  6. Anote seu progresso em um calendário. Marque um X azul quando realizar com sucesso a tarefa e um com vermelho quando não o fizer.
  7. Vá com calma e seja paciente. Siga um ritmo que você sabe que vai conseguir ser frequente.

10 maneiras de parar de procrastinar de uma vez por todas

procrastinar-10

Você pode pensar que procrastinadores são, por natureza, pessoas desorganizadas, que não sabem nem por onde começar seus projetos.

E é ai que você se engana!

Alguns procrastinadores são especialistas na montagem de planos estratégicos fabulosos e sabem cada passo que precisam dar rumo a seu objetivo.

Na teoria.

Uma excelente ideia que não é colocada em prática, não passa de uma ideia.

Quem tem o costume de adiar ações, adora planejar e principalmente fazer listas de tarefas.

Aliás, quanto mais longa e vaga for essa lista, melhor. Afinal, planejar não significa fazer.

E quanto mais complexo for o objetivo, pior. Certamente será adiado por muito mais vezes.

O erro não está em escolher atingir metas elaboradas para sua vida.

O erro está em não desmembrar essa meta em várias pequenas tarefas, que poderão ser finalizadas com maior facilidade.

Vamos supor que você queira escrever um livro.

Mas esse objetivo por si só é extremamente genérico e muito complicado.

Em vez de criar uma tarefa chamada “escrever livro”, não faria mais sentido se propor a escrever 1.500 palavras por dia?

Muito mais fácil começar a dar pequenos passos em vez de correr uma maratona logo de cara, não?

Procrastinar é um hábito, e como já vimos, mudar padrões pode ser algo extremamente difícil.

procrastinar-11

Se você não sabe nem por onde começar, experimente aplicar algumas das 10 dicas abaixo para detonar a procrastinação de uma vez por todas:

  1. Peça ajuda de amigos quando uma tarefa se tornar difícil demais para começar ou terminar.
  2. Não comece seu dia procrastinando. Esqueça a função soneca de uma vez por todas. Quando ao alarme tocar, levante da cama.
  3. Diminua seu grau de auto-exigência. A busca pela perfeição pode adiar o começo de sua jornada. Vá melhorando conforme avança no projeto.
  4. Remova as distrações. Ter que conviver com os “ladrões de atenção” só torna o ato de procrastinar mais provável. Se a internet é o problema, que tal desligar seu wi-fi enquanto trabalha?
  5. Faça uma coisa de cada vez. Apostar em múltiplas tarefas para ganhar tempo terá o efeito oposto. Saiba mais aqui.
  6. Queime pontes, se possível. Quer começar sua empresa? Uma solução drástica pode ser pedir demissão. Você não terá escolhas.
  7. Se você quer fazer uma tarefa com frequência, como ir à academia toda segunda, quarta e sexta, coloque essa atividade no topo de sua lista.
  8. Use listas de tarefa com inteligência. Escolha no máximo 3 itens, de alta prioridade e que estejam alinhados com seu objetivo principal. Não coloque nenhum item novo enquanto não finalizar os três já estipulados.
  9. Utilize um Pomodoro Timer ou outro alarme para fazer o gerenciamento do seu tempo. O timer server para lembrar suas sessões de trabalho (de 60 a 90 min) e descansos pré-definidos (10-15 min).
  10. Comece logo! O que não significa que ao iniciar uma tarefa ela precise ficar pronta ao final do dia. Não se preocupe com isso agora.

Minha dica para montar uma lista de tarefas que funciona e que vai ajudar você na sua luta contra a procrastinação é utilizar uma ferramenta que usamos bastante aqui na Viver de Blog, o Trello. Até gravei um vídeo explicando como eu e a equipe VDB usamos. É só clicar aqui embaixo para assistir:

Não deixe de fazer sua inscrição no nosso canal no YouTube para ver mais vídeos

Frases e estatísticas para Tweetar

  1. (tweet): Toda procrastinação é um atraso, mas nem todo atraso pode ser definido como procrastinação.
  2. (tweet) Pessoas que tem o costume de adiar, apresentam mais dores de cabeça, de estômago e ficam doentes com mais frequência.
  3. (tweet) Nós somos aquilo que repetidamente fazemos – Aristóteles
  4. (tweet) Uma excelente ideia que não é colocada em prática, não passa de uma ideia.

Concluindo: sua história é você quem escreve

procrastinar-12

Crie plena consciência que você é o único responsável por suas escolhas e o único que pode fazer algo para mudar sua vida.

Ninguém, em absoluto, gosta de procrastinar ou sente orgulho de agir dessa maneira.

Toda procrastinação vem acompanhada de um estado de ansiedade, pânico e culpa.

A boa notícia é que esse espiral negativa pode e deve ser evitada.

Viver reagindo à situações urgentes, apenas apagando incêndios, impede que você trabalhe em seu potencial pleno e também invista tempo em outros projetos extremamente importantes,mas que sem um deadline específico acabam sendo postergados.

Um hábito tão nocivo quanto o da procrastinação não muda da noite para o dia. É preciso ser realista e combatê-lo dia após dia.

Pelo menos comece a mudança.

Todos nós somos procrastinadores, uns mais outros menos, mas todos nós temos pelo menos alguma coisa que poderíamos estar fazendo, e que poderia fazer revoluções maginíficas em nossas vidas.

Mas não estamos.

O seu futuro está em suas mãos.

Você escolhe começar a alcançar seus sonhos hoje?

Ou vai deixar para amanhã?

Se ainda estiver com dificuldades para vencer a procrastinação e triplicar sua produtividade, aumentar sua concentração e alcançar resultados extraordinários com alguns minutos por dia, conheça a Universidade da Alta Performance do meu amigo e parceiro Bruno Picinini. Só clicar aqui para saber mais!

Conteúdo VIP

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Sobre o autor

vive exclusivamente de blog desde seus 23 anos e quer ajudar você a Viver de Blog também. Saiba mais aqui →

  • Simone

    Como sempre ótimo artigo. Parabéns.

  • Renata Andrés

    Excelente artigo, Henrique!
    Vira e mexe me pego lutando contra a procrastinação, e várias das dicas que deu procuro seguir no meu dia-a-dia e acho que funcionam bem!
    Para complementar, tenho usado um aplicativo chamado Habitica. É um jogo de RPG de tarefas da nossa vida. Me ajudou a transformar muitas coisas em rotina, como você sugere.
    Abs.

    • Oi Renata!

      Que dica interessante essa do aplicativo. Gamificar nossa vida é interessante para nos mantermos motivados nessa longa jornada.

      E legal também sua foto dos “Los Dedos”. Estive em Punta Del Este na virada do ano e tirei uma foto nesse local também. =)

      Grande Abraço e sucesso!

    • Como é esse Habitica? Tem tido resultados?

      • Renata Andrés

        O Habiica é um aplicativo para computadores e celulares que gamifica a vida, ou seja, você coloca no aplicativo todas as suas tarefas, sejam elas hábitos (se for um hábito bom você ganha pontos, se for ruim você perde pontos -Experiência – como descrito no jogo); atividades diárias ou listas de afazeres e as faz como se fossem tarefas de um jogo.
        Conforme você vai realizando as tarefas e as tornando um hábito, você sobe de nível e ganha recompensas.
        Pra mim foi muito útil para tornar coisas simples do cotidiano (que muitas vezes eu deixava de fazer) em hábitos, e assim pude ter uma melhora na minha produtividade e organização de modo geral.
        Segue site: https://habitica.com/static/front

  • Assim como no último episódio do GunCast, eu sei que posso ser mais produtivo e tanto o Murilo como você me incentivaram a usar recursos que eu não tenho usado como o Pomodoro. Mais uma vez: muito obrigado 😉

    • Aeee Cleydson!

      Guncast é muito bom. Recomendo pra todos que ainda não ouvem o Murilo Gun.

      Pomodoro é uma ótima técnica se usada corretamente.

      Forte Abraço!

  • Yasmine Weyll

    Excelente, como sempre! Toda vez aprendo mais com seus artigos!

  • Ricardo Rojas Sierban

    Acabei procrastinando ao ler este artigo 🙂 , mas valeu muito !!!!
    Comecei o meu dia pensando no meu maior desafio e nos hábitos que eu tenho que mudar, excelente artigo!!!

    • Imagino que muita gente vai procrastinar lendo o artigo, mas irá valer a pena! =)

      Primeira hora e primeira tarefa do dia é fundamental pra definir o sucesso do nosso dia.

      Grande Abraço Ricardo!

  • Dorianna Venturini

    momento de procrastinação mais valioso !! kkkkk Obrigado Henrique pelo “puxão de orelha”! texto excelente como sempre.

  • Oi Henrique, gostaria de sugerir também para que tivesse aquele botãozinho de impressão, que o artigo já sai configurado direitinho, pois as vezes gosto de ler impresso ou quero enviar para minha mãe que não tem computador em casa. Grata PS: ADORO seus artigos, vc escreve de forma muito clara, didática e com dicas realmente eficientes! Parabéns e espero que vc siga vivendo de blog até quando decidir viver de outra coisa que goste!!! Tudo de bom pra vc 🙂

    • Josué Francio

      Jacqueline, o que faço para imprimir os artigos do VDB é acessar o site https://www.printfriendly.com/, você pode, inclusive, excluir as fotos para não gastar muita tinta.

    • Oi Jacqueline, tudo bem?

      Gratidão pelo seu comentário.

      Sempre muito motivador e energizante ler mensagens como a sua.

      É exatamente por elas que trabalhamos com muita paixão aqui.

      Sobre o botãozinho de impressão, o @josuefrancio:disqus foi preciso na dica abaixo.

      Abraços!

  • jorgesilva23

    Mais uma matéria pra ficar guardada e servir como referencia, valeu e um grande abraço !!!!!

    • Maravilha Jorge!

      Reviste ela de tempos em tempos para ter uma “contabilidade pessoal” se você evoluiu nesse quesito.

      Abraços!

  • Lu Pimentel

    Que rico esse artigo! Adorei as citações dos estudos. Parabéns!

  • Josué Francio

    Excelente complemento ao artigo sobre produtividade e alta performance. Em busca do high stakes sempre! Sensacional essa nova gama de artigos produzidos, que não focam somente em como criar ou manter um blog, mas sim, nos problemas e empecilhos que, direta ou indiretamente, surgem durante essa jornada. Obrigado pelo excelente conteúdo e pelas dicas valiosíssimas. Grande abraço. (agora, sem procrastinar, vou partir para a criação das landing pages do meu blog :~P)

    • Que comentário irado, Josué!

      Obrigado por estar sempre presente aqui no Viver de Blog.

      Esse seu blog vai sair com chave de ouro.

      Força aí com todo o planejamento e as landing pages.

      Abraços!

  • Perfeito, era bem o que eu precisava ler. Obrigada!

    • Que ótimo saber disso, Emmy! 🙂

      Fique sempre à vontade para comentar aqui no blog, combinado?

      Grande Abraço!

      • Combinado! Esse blog é o melhor da internet, recomendo pra todo mundo XD

        • Woow Emmy! Maravilha!

          Fico feliz que você tenha gostado e que esteja recomendando 😀

          Abração e sucesso!

  • Em Cantos Fotográficos

    Pena que só li agora a noite. Procrastinei o dia inteiro.
    Mas o artigo está excelente, Henrique. (Como de costume)
    Beijos

    • Muito obrigado!

      Procrastinar é uma hábito que precisa ser vencida.

      Não é fácil, mas espero que o artigo ajude você nessa jornada. =)

      Abraços!

  • Christofer Ramos

    Primeira vez no blog, e achei muito bom o conteúdo do artigo, principalmente as referências usadas. Vou começar a acompanhar o seu trabalho e dar uma explorada no blog. Um abraço o/

    • Olá Christofer!

      Seja muito bem vindo cara 🙂
      Fico muito agradecido pelas palavras gentis. Espero continuar contribuindo com o que vou aprendendo nos meus estudos do dia-a-dia.

      Abraços e sucesso!

  • Matheus Luis

    Eu realmente estava precisando ler isso haha,
    excelente artigo!

    • Que bom que pude ajudar de alguma forma, Matheus! 🙂

      Procrastinar é um hábito que precisa ser vencido!

      Abraços e sucesso.

  • João Paulo Strapazzon Bóbika

    Artigo magnífico!

    • Opa João!

      Muito obrigado por comentar! Esta é uma excelente maneira de conseguirmos analisar se estamos caminhando na direção certa 🙂

      Abraços e sucesso!

  • Pedro Thomé

    Otimo artigo. Para quem desejar se aprofundar no assunto, existe esse curso (gratis) que nos ensina “aprender a aprender”. Ele possui algumas sessoes sobre procrastinacao. Basicamente um aprofundamento do seu artigo:
    https://www.coursera.org/learn/learning-how-to-learn
    parabens e abracos

    • Opa Pedro!

      Obrigado por comentar e por contribuir com sua opinião 🙂

      Abraços.

  • Muito bom Henrique, minha maior preocupação são as redes social, que tem tirado toda minha vontade de fazer alguma tarefa.

  • Olá, Henrique! Tudo bem?

    Que artigo maravilhoso!
    Eu tenho um problema sério com procrastinação, vivo procrastinando princialmente as resenhas do meu blog e a escrita / revisão dos meus livros.

    Eu identifiquei que meu problema é a internet, não posso acessar por que, quando vejo, estou em 20 sites ao mesmo tempo e o World está lá me esperando sem uma mísera palavra.

    Seu artigo me ajudou bastante e já vou começar a lutar contra esse mal hábito agora. Vou transformar essa tarde que seria (mais uma) de procrastinação, em uma tarde bem produtiva!
    Obrigada por escrever esse artigo e muito sucesso! <3

    Com amor,
    Lorrane
    dreamsandbooks.com

    • Olá Larrane!

      Sempre prezamos pela excelência nos conteúdos que geramos no Viver de Blog e fico feliz demais quando esse trabalho serve de inspiração. 🙂

      Fico muito feliz que tenha ajudado você de alguma forma!

      Abraços e sucesso.

  • Lincoln Varnier

    Ótimo.
    Isso faz todo sentido para mim. A alguns meses venho adotando estas técnicas e mais algumas e minha vida simplesmente se transformou. A parte de educar fisicamente e dieta saudável, essa já vinha tendo a anos, porém a parte de estudo eu vinha procrastinando por anos, após a Leitura do Livro do Charles Duhigg, tudo mudou, vi que descreveu as técnicas la analisadas.
    Pra quem esta lendo e esta em dúvidas se funciona, digo certamente que sim. É fácil? Não. Pois se fosse nosso amigo não precisaria escrever um artigo tão maravilhoso desse! Mais é recompensador!
    Abraço! Grato pelo artigo! Foi bom para exercitar minhas crenças!

    • Opa Lincoln!

      Muito obrigado por comentar e por contribuir com sua opinião! Esta é uma excelente maneira de conseguirmos analisar se estamos caminhando na direção certa 🙂

      Abraços e sucesso!

  • Maicon Costa

    Minha primeira vez no blog e gostei muito desse artigo, apesar do conteúdo ser longo, li até o final e tive que comentar pois me identifiquei nessa situação. Continue assim!

    • Opa Maicon! Seja bem vindo 🙂

      Fico feliz que tenha gostado. Fique à vontade para participar das conversas aqui nos comentários do Viver de Blog, combinado? 🙂

      Abraços e sucesso!

  • Anderson Ojope

    Olá Henrique!

    Parabéns pelo artigo! Excelente, como sempre!

    Abraços!

    • Olá Anderson!

      Muito obrigado por comentar! Esta é uma excelente maneira de conseguirmos analisar se estamos caminhando na direção certa 🙂

      Abraços e sucesso!

  • Karine Carvalho

    Manoooo!!!
    O segundo vídeo do High Stakes de hoje foi um tapa na minha cara…
    Mas esse artigo foi um murro no meu estômago!! Hehehe
    Meu maior problema tem sido o Netflix… Culpada! o/
    Mas a forma com que você abordou o assunto, as observações e dicas fizeram com que eu sentisse que “ainda tenho jeito”hehehe (Poderia estar assistindo seriado agora… Mas estava aqui lendo seu artigo!!! Viu só como ainda há esperanças hehe seu artigo estava na minha lista de coisas a fazer pra hoje a noite… Estou orgulhosa de mim e plenamente satisfeita com o resultado!)

    Gostei demais!!! Me identifiquei muito!!!
    Reprogramando minha vida com a ajuda de vocês… Estão de parabéns!!! Inspiração master!
    Bora pra action hehe 🙂

    • Wooooow Karine!

      São esses feedbacks que nos estimulam a continuar produzindo conteúdos épicos! 🙂
      Nossa! Muito feliz em ter impactado você de alguma forma e contribuir com sua jornada e melhoria!

      Abraços e sucesso na sua nova reprogramação!

  • Ivacir Helbing

    Parabéns, Henrique, por mais este Artigo muito bem elaborado e certamente muito útil! Meu problema com a Procrastinação é bem grave e muito difícil de ser resolvido, já que tenho TDAH e a Procrastinação é uma das principais comorbidades da doença. Há muitos anos convivo com este mal e ele certamente já causou diversos “estragos” em minha vida pessoal e profissional. De qualquer forma, vou me esforçar para seguir as dicas que sugeristes neste Artigo. O Foco principal do problema no meu caso, são as Redes Sociais, Internet de um modo geral e E-mails, que tomam grande parte do meu tempo e geram distrações catastróficas!

    • Opa Ivacir!

      A procrastinação realmente precisa ser vencida para você crescer cada vez mais e atingir seus sonhos.

      Existem algumas ferramentas para você abandonar a distração que as redes sociais, internet e emails causam. Aqui neste artigo falamos sobre isso: http://viverdeblog.wpengine.com/produtividade/

      Vou ficar aqui na torcida para que você elimine estas distrações!

      Abração e sucesso!

  • Douglas Campos

    Cara,mto bom! Estou feliz de ter lido este artigo.

  • Douglas Campos

    Cara,mto bom! Estou feliz por ler este artigo.

    • Opa Douglas!

      Muito obrigado por comentar! Esta é uma excelente maneira de conseguirmos analisar se estamos caminhando na direção certa 🙂

      Abraços e sucesso!

  • Sérgio Souza

    Show de Artigo Henrique, bela abordagem, conseguiu falar sobre todos os tópicos da procrastinação de uma forma inteligente, organizada e de fácil leitura. Claro deixou um pesinho na consciência (rsrs), mas foi excelente a leitura e o aprendizado.
    Outra coisa massa foi a indicação do aplicativo Habitica, para auxiliar na lida com a procrastinação. Parabéns!

    • Opa Sérgio!

      Fico muito agradecido pelas palavras gentis. Espero continuar contribuindo com o que vou aprendendo nos meus estudos do dia-a-dia. 🙂

      O bom do “pesinho na consciência” é aquele impulso positivo que dá para melhorarmos cada vez mais! haha

      Abração e obrigado por comentar!

  • Felipe Targino

    parabéns cara, mt util o conteudo.

    • Opa Felipe!

      Fico muito feliz por você ter gostado e pelo conteúdo ter sido útil de alguma forma pra você, cara. Espero continuar contribuindo com o que vou aprendendo nos meus estudos do dia-a-dia. 🙂

      Abraços e sucesso!

  • Show de Bola. Artigo excelente. Muitas pessoas vivem sobre essa maldição da procrastinação e nem sabe o que isso siginifica. Abraços.

    • Opa Sebastião!

      Fico feliz que tenha gostado! Realmente a procrastinação “assombra” muitas pessoas , mas estamos aqui para ajudar 😀
      Obrigado por comentar!

      Forte abraço e sucesso!

  • GabrielLenz

    Cara, que artigo fantástico. Parabéns, Henrique. Abraços.

    • Opa Gabriel!

      Muito obrigado por comentar! Esta é uma excelente maneira de conseguirmos analisar se estamos caminhando na direção certa 🙂

      Abração!

  • Thaís Godoy

    Artigo Perfeito!! Leio sempre seus Artigos, Ebooks e Infográficos! Sempre encontro aprendizados neles, seu trabalho é ótimo! Continue assim, ajudando e transformando pessoas!

    • Woow Thaís!

      Fico muito agradecido pelas palavras gentis. Espero continuar contribuindo com o que vou aprendendo nos meus estudos do dia-a-dia. 🙂

      Abração e sucesso!

  • depois eu leio…

    • rs… brincadeiras a parte, foi minha primeira vez neste blog. excelente conteúdo. parabéns!

  • Alexandre Santos

    Só tenho uma coisa a dizer: Obrigado!

    • Opaa Alexandre!

      Por nada! Muito obrigado por comentar! Esta é uma excelente maneira de conseguirmos analisar se estamos caminhando na direção certa 🙂

      Abração e sucesso!

  • Lin

    Eu precisava fazer um trabalho importante e então eu acabei vendo este post e comecei a ler, ou seja, procrastinando enquanto lê sobre procrastinação.

    • Hahaha mas agora você já sabe o impacto que ela causa e como pode administrar esta situação, né Lin?! 😀

      Grande abraço!

  • Gustavo Amaral

    Fantástico esse artigo !!! Como sempre esclarecendo nossas duvidas e abrindo nossa mente ! Valeu HC !

    • Obrigado, Gustavo! 😀

      Fico feliz por saber que gostou!

      Abraço!

  • Genial, Henrique!

    Costumo procrastinar quando tenho que editar algum vídeo para o meu canal, por mais que seja algo que eu goste muito de fazer.

    Vou pensar em um gatilho e uma recompensa para me estimular a tornar um hábito.

    Obrigado por mais um conteúdo memorável! 😉

    Abraços!

    • Opa Bruno! Eu que agradeço pela leitura e comentário!

      Fico feliz por saber que gostou deste conteúdo! 🙂

      Abração!

  • Tiago Seilert

    Fantástico! Você descreveu minha vida! Assisti o vídeo daquela palestra e fiquei chocado com os quadrinhos das semanas de uma vida de 90 anos. Que desespero. Fiz os quadrinho que me restam até 80 anos no Excel. Assustador! Preciso domar o macaquinho! To pra começar meu negócio online com a ajuda do Bruno Picinini, mas meu macaco não está ajudando… Abraço e obrigado!

    • Vamos pra frente Tiago! Os cursos do Brunão são excelentes para ajudar você 🙂

      Abraços e sucesso!

  • Bruno Meirelles

    Excelente Henrique, sigo aqui devorando todos esses conteúdos, e esse me chamou muita a atenção pois é no momento a vida que estou “brigando” com isso, pra acrescentar aos amigos aqui, recomendo o livro que estou relendo ” O poder do hábito” de Charles Duhigg , que explica todos os mecanismos de como funciona o hábito, gatilho, loop e histórias reais.

    • Opa Bruno! Obrigado por comentar e por contribuir com sua recomendação (que aliás é incrível) 🙂

      Abração e sucesso!

  • Sr Silva

    Fantástico artigo. Ajudando muitas gentes

    • Maravilha Sr. Silva! Fico feliz que tenha ajudado você de alguma forma 🙂

      Abração e sucesso!

  • Felipe

    Show de bola!

  • allam jardim

    Muito bom , Me indentifiquei muito com a ilustração no começo do artigo eu sou exatamente assim , rsrsrs … as vezes eu deixo as prioridades mais importantes pra depois , amanhã outro dia , e esse amanhã se prolonga pra vários dias , vários meses … E com isso eu fiz uma reflexão , que preciso dar importancia a aquilo que é prioridade na minha vida , Pra conseguir concluir o objetivo , um hábito que vou passar a fazer é eliminar as pontes que me tirão a consentração o foco , não vai ser fácil ;pois minha ansiedade pra fazer outra coisa divertida por exemplo é muito alta , más vou esforçar e vou conseguir .

    • Opa Allam! Com determinação e organização você vai conseguir!

      Vamo que vamo! 😀

      Grande abraço!

  • João Flávio Xavier

    Pôxa Henrique, eu estou num momento em que preciso mesmo dessas chacoalhadas.
    Há mais de 1 ano venho tentando realizar meu sonho: meu blog sobre liderança (lideroktos.com.br). Inicialmente participei de cursos “pesados” em que conheci o mundo do marketing digital, participei desses eventos ‘show motivacionais’, mas nada me dava segurança, a sensação de estar no caminho certo.
    Mas, quando participei do Blog Memorável, acabaram a ‘desculpas’. Ali finalmente vislumbrei o que deveria ser o meu blog e tinha (aliás, ainda tenho) a boa vontade e o profundo conhecimento técnico do pessoal do grupo secreto para me ajudar.
    Nesse momento estou aqui com a minha página SOBRE aberta no word, também as suas aulas e artigo sobre como montá-la, e a SUA ‘página Sobre’ e as de outros Memoráveis como modelos.
    Eu adoro escrever, adoro o tema, já realizo treinamentos e palestras a respeito, mas sentar e FOCAR na elaboração de conteúdos para meu blog tem sido um misterioso desafio.
    Procuro não tolerar mais as minhas próprias desculpas como falta de tempo, falta de experiência com blog, falta de conhecimentos técnicos para fazer o blog funcionar… Segmentei o meu objetivo em etapas e estabeleci metas. E procuro mandar bala no primeiro da fila. As etapas seguintes (e suas dificuldades e particularidades) eu vejo depois.
    Seu artigo sobre a procrastinação e o artigo que trata da Produtividade ajudam muito. Afinal, dizer a um procrastinador que isso é ruim é fácil, mas, mostrar caminhos e ferramentas que ajudem a mudar esse comportamento de forma gradual e realizadora, isso sim é apresentar conteúdo de valor.
    Muito obrigado Henrique!
    Bem, agora deixa eu tocar em frente. Tenho uma página Sobre para concluir 😉

    • Opa João Flávio!

      É isso ai! Em busca do seu legado memorável! Bora pra action! 😀

      Abração e sucesso!

  • Karina Vieira Bahia

    Ótimo artigo,
    Primeiro hábito que já vou mudar: tirar a função soneca… Com certeza.
    Abs

  • Estou aos poucos me livrando desse diabo chamado procrastinacao. O maior cancer na vida do empreendedor. Gostei das dicas, gerou valor pra mim. Vou passar a vigiar mais os meus habitos e construir rotinas mais saudaveis. Abraco Henrique.

    • Que bom que gerou valor para você Luiz! Bora pra action man! 😀

      Abração e sucesso.

  • Douglas de Jesus Pereira de Al

    Post fantástico Henrique, meus parabéns para você e sua equipe, é importantes termos referências como você no ramo da tecnologia, além de informativo, extremamente inspirador, vou aderir todas as dicas.
    Já compartilhei com o pessoal aqui da minha empresa.
    Não sou de puxar saco, mas cara sou teu fã! haha
    Parabéns.

    • hahaha Fico feliz que tenha gostado Douglas! 😀
      Isso é extremamente energizante cara…

      Tamo junto!

      Abração e sucesso!

  • Tayane Costa

    Eu sou expert em listas e planejamento, mas na prática, só o PAI rs…Obrigada pelo excelente artigo Henrique!! vou começar hoje algumas mudanças… 😀

    • Opa Tayane! Fico feliz em ter inspirado você 😀
      Depois passa por aqui para contar as suas mudanças, ok?

      Abração e sucesso!

  • Rafael Pedroso

    Olá Henrique, e parabéns pelo excelente artigo. Você mencionou alguns problemas da procrastinação, e ótimas soluções para combatê-la. Quero acrescentar que um jeito de começar a solucionar problemas é através da conscientização. Por exemplo, no caso da procrastinação, ter consciência de que a pessoa está “se complicando”, e admitir que algo está complicando ela. Mas existe um grande problema aí, e ele é que a maioria das pessoas não admitem certas coisas, seja por orgulho, ou até mesmo por pura procrastinação. E as consequências disso? Enquanto não admitirem que algo não está indo bem, enquanto não se conscientizarem, e tomarem coragem para buscar as soluções necessárias, passarão dias, meses, anos, e no final essas pessoas verão de uma das piores maneiras do mundo, que tiveram oportunidades para melhorarem, e que por pura “preguiça”, e/ou “ignorância”, comprometeram seriamente para pior suas próprias vidas. Como diria “Derek Bok”, “Se você acha que a educação é cara, experimente a ignorância”, eu mudaria um tanto essa expressão para combinar com o que eu disse; “Se vocês acham que as atualizações melhoráveis são caras e trabalhosas, experimentem a preguiça e a ignorância para verem em que lugar chegarão, e acreditem, vocês realmente não irão gostar do que encontrarão se assim fizerem”. Não sei se estou falando demais, ou se estou “pensando demais”, mas o que eu disse é uma das minhas opiniões.

    Um grande abraço para você, e para toda a equipe “Viver de Blog”, que estão fazendo um trabalho “memorável”.

  • Daniely Cardoso

    Nossa parece que você me descreveu no texto. A procrastinação virou um vício em minha vida, e já está atrapalhando muito alguns setores da minha vida.
    Não está fácil, mas vou tentar seguir sua dicas.
    Obrigada pelo texto. também vou tentar usar o aplicativo sugerido no comentário abaixo.

    • Opa Daniely! A procrastinação realmente atrapalha bastante, mas identificando claramente o que faz isso acontecer, facilita muito você encontrar meios para ou sair dela ou evitá-la 😀

      Tamo junto!

      Abração e sucesso!

  • Talita Nunes

    Gostei muito do artigo! Agregou muita informação!

    • Opa Talita! Que bom que foi útil para você! Fico feliz 😀

      Forte abraço e sucesso!

  • Grace Kelly Vidal

    Eu tenho esse problema há anos, porém não sabia, até ouvir meu marido falar com meu filho que ele estava agindo igual a mim, procrastinando… E como não entendi, fui buscar informações sobre esse problema, foi quando de cara me identifiquei, porém fui retirando algumas coisas que me atrapalhava no meu dia a dia. Eu lendo aqui sobre este assunto alguns meses depois, descobri que tinha esse problema, sabia que tinha algo errado em mim e que me deixava nervosa, stressada, e muitas vezes de mal humor, porém não tinha alguém que chegasse para mim e me dissesse você tem este problema e precisa de correção. Agora neste momento, como se estivesse me descrevendo tudo de errado que faço, a questão que não há só a identificação do problema e aqui sim algumas recomendações muito úteis para auxiliar e pelo menos minimizar o que tanto me incomoda e me deixa tão ruim. Quero deixar meu agradecimento, e muito sucesso!

    • Wooow Grace! Fico realmente muito feliz em ter, de alguma forma, ajudado você a identificar isso e também a minimizar o que incomoda você. Procrastinar é algo que pode ser mudado, mas além dos outros falarem que fazemos, é preciso que nós mesmos percebamos que fazemos, como você fez. Isso é muito bom 😀

      Tamo junto e bora pra action!

      Abração e sucesso!

  • Brunei Simmons

    Eu tinha que fazer um trabalho do curso, mas usei esse texto para procrastinar.

    • Opa Brunei! Pelo menos foi por uma boa causa hein? haha 😀

      Abração e obrigado por estar aqui com a gente man!

  • Jorge

    Impresionante artículo, interesante y clarificador de principio a fin… Excelente

    • Opa Jorge! Fico feliz que tenha gostado man 🙂

      Tamo junto!

      Abração!

  • Uchiha Amanda

    Me enxerguei nas linhas dessa matéria :’) há muito venho tentando me livrar deste hábito horrível que é procrastinar – para falar a verdade, estou fazendo isso agora mesmo. Mas realmente espero que, com a ajuda dessas palavras, eu consiga dizer adeus de uma vez por todas a essa coisa terrível T_T

    • Opa Uchiha! Pelo menos você está usando seu tempo para aprender mais 😀

      Tamo junto!

      Abração e sucesso!

  • Depois de lê esse artigo sobre procrastinar, eu estou entendendo porque a aqui no Viver De Blog o HC fala tanto sobre artigos memoráveis e épicos, porque é algo que vai ficar na memoria de muita gente, principalmente na minha.

    Sinceramente esse artigo deve ser levado para vida toda!

    Agora quando eu for pensar em procrastinar eu com certeza vou lembrar-me desse artigo memorável.

    Parabéns HC pelo excelente trabalho!

    Abraços.

    • Opa Jonathan! Fico muito feliz de ter ajudado você de alguma forma man 😀

      Tamo junto!

      Abração e sucesso!

  • Felipe Oliveira

    Eu nunca fui de ler rs..
    Mas esse artigo realmente me chamou muito a atenção, parabéns Henrique!
    E muito obrigado, sucesso!

  • Tiago Machado

    Que post sensacional… parece que vc tava falando de mim rs rs rs… vou começar a mudança

  • Desenhista do Senhor Jesus

    Gostei do artigo, eu sou um super procrastinador rs, mas vou mudar meus habitos, isso ajudou muito, veleu 🙂

    • Opa! Que bom que pude ajudar você de alguma forma 😀

      Tamo junto!

      Abração e sucesso!

  • Sue C. S. Bento

    Gente, estou chocada em saber que minha situação de vida nesse momento tem motivo e nome! Sou uma procrastinadora descontrolada que precisa urgentemente terminar o TCC! Muito obrigada por esse artigo incrível, com certeza vou pensar melhor daqui pra frente e seguir as dicas. Valeu!

    • Opa Sue! Que bom que gostou e que foi útil pra você! Agora com condições de perceber melhor suas ações você pode transformar tudo! Sucesso, girl! 😀

      • Patricia Reis LC

        Henrique está de parabéns! Sucesso!

        • Obrigado, Patricia! 🙂

          Fico feliz por saber que gostou!

          Grande abraço e sucesso!

    • Patricia Reis LC

      Sue, faço de suas palavras as minhas. Eu estava sofrendo em querer resolver tanta coisa que eu planeja mas nunca concluía. E tudo isso tem o nome e motivo e posso cuidar disso.

      • Olá Patricia! Espero que este conteúdo te ajude neste desafio! 🙂

        Conte com a gente! Vamos que vamos!

        Grande abraço! 🙂

  • André Lopes

    eu estava me preparando pra comecar um trabalho(resumir 5 manuais de +- 250 paginas cada) pra entregar ´depois de amanhã, e acabei no seu blog.Parabéns!

  • Lidiane de Paula

    Ótimo artigo! Quem precisa de facebook? kkkk

    Realmente como acontece! muito Obrigado, sucesso!

  • Guinevere Hayden

    artigo maravilhoso e merece ser compartilhado mil vezes!

  • Soraya Andrade

    Obrigada pelo belo artigo Henrique. Estou fazendo um trabalho de coach e o texto veio de encontro a diversas questões que estou trabalhando. Excelente trabalho!!!

    • Olá Soraya! Que bom que gostou! Fico muito feliz por saber que o artigo contribuiu com informações relevantes para o seu trabalho!

      Abraço e sucesso pra você! 🙂

  • Gizeli Santos

    Que artigo excelente Henrique. Infelizmente me tornei uma procrastinadora crônica, e pasmem, procurei ajuda de um psiquiatria, pois há tempos eu percebo esse problema em minha vida, o que vem me ocasionado deficit de atenção, ansiedade e desmotivação pelos meus objetivos, o que tem prejudicado minha saúde física e principalmente mental, espero que o tratamento me ajude, por enquanto estou no começo, mas tenho muita vontade de voltar a ser aquela pessoa esforçada e que era capaz de dar o sangue para alcançar algum objetivo, hoje me desconheço, e sinto que estou realmente doente, sensação de bloqueio, até agora não conseguir tirar minha habilitação, pq não sou capaz nem ao menos de ir a uma auto escola me matricular, enfim, que eu tenha a sorte de me livrar desse problema, ou pelo menos amenizar.

    • Olá Gizeli!

      Primeiramente, obrigado pelo comentário! Fico feliz que tenha gostado do artigo!

      Segundo, tenho certeza de que conseguirá ficar bem e voltará a ser a pessoa que deseja! Sua atitude de procurar ajuda profissional para mudar seu estado atual já é um grande passo para redirecionar a sua jornada e há em você uma Gizeli altamente disposta a conseguir realizar grandes mudanças!

      Seu brilho e energia estão aí, guardados dentro de você apenas esperando que volte a utilizá-los! o/

      Conte com a gente sempre! Tamo junto! 🙂

      Grande abraço e que seu tratamento seja uma etapa cheia de superações e sucesso!

  • Rodrigo

    Olá, também me identifiquei demais com o artigo.
    Um ponto que pode ser adicionado é que sempre reclamos de falta de tempo e em alguns momentos já me deparei com tempo livre e fiquei perdido sem saber o que fazer.
    Acho que faz sentido com o assunto

    • Opa Rodrigo! Sim, muitas vezes as pessoas até tem tempo mas se perdem na organização das tarefas ou definição de prioridades! Boa percepção a sua!

      Obrigado pelo comentário, grande abraço e sucesso! 🙂

  • Maloney Tarvares

    parece legal a materia, mais tarde e vou ler!

    • Olá Maloney! Obrigado pelo comentário! Espero que goste! 😀

      Abraço!

  • Val

    GOSTEI – aos 70 anos, continuo a procrastinadora de sempre, ainda bem que li aqui que isso faz mal à saúde, obrigada, vou fazer de tudo para mudar. thanks a lot, Henrique !

    • Olá Val! Que bom que gostou e que agora vai mudar esta característica!

      Fico na torcida para que consiga e tenha excelentes resultados! o/

      Grande abraço!

  • Eduardo Macedo Sobrinho

    Muito Show, hoje realmente temos muitas distrações e acabamos deixando
    algumas coisas importantes em segundo plano, o que pode afetar muito nosso
    meio profissional como familiar, também criei um artigo falando sobre “Procrastinação”,
    espero que gostem:

    http://rendapro.com.br/comoparardeprocrastinar/

  • Excelente artigo, algumas vezes só descobrimos que temos este habito quando deparamos com um artigo como este ou quando participamos de uma sessão de coaching, igualmente fiz no final do ano passado, que na verdade nem procurei por este motivo mas me ajudou e estou colhendo muitos frutos destas mudanças que gerou em mim.

    • Opa Mauro! É verdade, muitas vezes a percepção vem de fora e então nos damos conta de que este vício interfere negativamente na rotina, nos resultados e em muitos aspectos da vida!

      Fico feliz que tenha procurado ajuda profissional e atualmente esteja colhendo frutos bastante positivos decorrentes das mudanças que optou por realizar em sua vida! Parabéns! 😀

      Conte com a gente sempre! Vamos que vamos!

      Grande abraço!

  • Iago Pereira

    Excelente compilação de conhecimento sobre o assunto! Parabéns e muito obrigado por existir!

    Abraços!

    • Opa Iago! Fico muito feliz com o seu feedback e por saber que gostou!

      Obrigado pelo comentário! 🙂

      Grande abraço e sucesso!

  • Rafaela Moraes

    Esse artigo com certeza vai me ajudar muito daqui pra frente! Sou uma procrastinadora nata,e estou esgotada de sempre me atrasar,de nao ter uma produtividade que eu deveria e poderia ter nas minhas tarefas relacionadas ao meu curso de graduação (que por sinal é bem puxado),já me prejudiquei muito, e isso tem refletido em tristeza,frustração e a famosa culpa. Essas dicas são excelentes que eu quero aplicar pra daqui um tempo estar renovada e livre de enrolar para cumprir meus afazeres!

    • É isso aí, Rafaela! Muito bom saber que este conteúdo te ajudará tanto!

      Vamos que vamos! Sua vida vai se transformar e você poderá conquistar tudo o que deseja!

      Conte com a gente! 😉

      Grande abraço!

  • Max Barbosa

    Blog super interessante, mas gostaria que as devidas referências fossem citadas.