close

Mais Conversões

Tudo sobre estratégia de marketing digital para iniciantes

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 19 de agosto de 2020
Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

São 3,9 bilhões de pessoas conectadas à internet hoje.

E por causa da pandemia do coronavírus, as pessoas que possuem acesso a essa rede de informações, passaram a usá-la para se divertir, se relacionar, estudar, comprar e trabalhar.

A atenção nunca esteve tão concentrada na internet como agora.

Seja dos consumidores que estão descobrindo os produtos digitais, seja dos empreendedores que estão enxergando oportunidades cada vez maiores.

Se você quer criar sua estratégia de marketing digital e ganhar dinheiro pela internet, seja através da sua escrita ou dos seus infoprodutos, esse artigo foi feito para você.

Antes da estratégia de marketing digital vem o modelo de negócios

Você não precisa criar um plano elaborado e cheio de páginas que ninguém nunca vai ler.

Mas você precisa ter clareza sobre o que vai vender, para quem, como vai entregar, por quais canais, quais seus principais custos e seu grande diferencial.

Respostas que você pode organizar em um plano de negócios de uma única folha através do Modelo Canva.

Use esse modelo de negócios enxuto e bastante visual para definir:

  • Proposta de Valor: o que seu negócio, pode oferecer que seja algo diferenciado. Você não precisa revolucionar, só precisa ter certeza que sua proposta resolve um problema existente.
  • Segmento de clientes: definição do seu público-alvo, aquele que teria interesse na sua proposta de valor.
  • Relacionamento com clientes: melhor maneira de se comunicar com seus clientes.
  • Canais: de que forma seus produtos serviços ou conteúdos chegam até seu público.
  • Fontes de receita: quanto e como os compradores pagarão pelo valor que você oferece.
  • Atividades principais: todas as tarefas essenciais, que fazem sua ideia funcionar como, por exemplo, produção de conteúdo, emissão de notas fiscais, etc.
  • Parcerias principais: fornecedores de parceiros necessários para cumprir as atividades principais.
  • Recursos principais: o que você precisa fazer ou ter para entregar a proposta de valor (capital intelectual, equipamentos, recursos financeiros).
  • Estrutura de custos: todos os gastos relacionados a seu negócio.

Mas antes de você bater o martelo no planejamento do seu negócio digital, quero apresentar resumidamente o Modelo Tesla de Negócios.

Ele é diferente de muito do que se defende como uma boa estratégia de marketing digital, mas é o que eu vejo funcionar entre os meus mentorados e na própria Viver de Blog.

E que fez da Tesla uma das empresas mais valiosas do mundo.

Vamos ver como você pode usar o mesmo princípio no seu negócio.

Modelo Tesla para negócios digitais

Vamos supor que seu objetivo seja faturar 1 milhão de reais no ano que vem.

Como você escolheria começar:

Vendendo 10.000 unidades a 100 reais ou 100 unidades a 10.000 reais?

Parece contra intuitivo, mas a segunda opção é muito mais fácil do que a primeira.

A Tesla começou vendendo apenas carros caríssimos para milionários.

Em 4 anos a empresa vendeu apenas 2.450 unidades, trazendo a sensação de exclusividade e o caixa que a empresa precisava para começar a vender carros com valores intermediários para um maior número de pessoas.

Para finalmente escalar e vender um produto de valor mais baixo para as “massas”.

Quer uma estratégia de marketing digital para trazer o modelo Tesla para a sua realidade?

A ideia é que você comece o seu negócio já vendendo produtos de alto valor, como mentorias, consultorias ou serviços.

Precisa ser um produto personalizado e entregue no 1 a 1.

É uma excelente oportunidade para testar sua ideia. Poucas pessoas serão seus clientes, portanto, será um momento ideal para você testar o seu produto e entender os pontos fortes e fracos dele.

Entregue 7 dias seguidos do seu melhor conteúdo.

Logo depois, leve essa pessoa para uma página de vendas e um formulário de aplicação para filtrar as pessoas que podem pagar pelo conteúdo.

Faça a sua entrega com a maior dedicação possível, mas usando as ferramentas que você tem em mãos. Logo após, foque em coletar feedbacks para melhorar o seu produto no futuro.

Assim, você entenderá as principais dores do seu público. Por ser um produto personalizado, você estará bem próximo dos seus clientes e isso ajudará você a entender, de perto, as principais dores do seu público.

Conseguirá ajustar o produto para a grande massa. Entendendo melhor o seu público, você terá total conhecimento para ajustar o seu produto e deixá-lo cirurgicamente preciso para o seu público.

Estes clientes financiarão o seu negócio. Com esse investimento, você poderá utilizar esse dinheiro para impulsionar o seu negócio e ter capital de giro.

Terá ideias para “empacotar” suas soluções premium em infoprodutos com preços intermédiários a baixos, como cursos online, ebooks, etc.

Saber o que vender e para quem vender é apenas o primeiro passo.

Agora você precisa construir os pilares que vão sustentar seu sonho através de uma estratégia de marketing digital sólida.

3 pilares que sustentam todos os negócios de sucesso

Você pode imaginar que a competição por atenção na internet é muito acirrada.

Porém, esse pensamento é como o copo de água pela metade:

Ele está metade cheio ou metade vazio?

Depende de como você enxerga…

Hoje em dia você não precisa da permissão das grandes mídias, como emissoras de TV e Rádio, para atingir seu público com conteúdos personalizados.

Tudo o que você precisa já está em suas mãos.

E na minha experiência de mais de 10 anos no mercado digital, acredito que esses 3 pilares são os últimos que devem sair delas, tamanha a importância que eles têm dentro da sua estratégia de marketing digital.

1.Conteúdo

Confiança gera vendas.

A autoridade mostra que você é a pessoa certa para ensinar alguém sobre um assunto específico.

No meu caso, as pessoas me reconhecem como autoridade em escrita e marketing digital, porque já são mais de 10 anos que eu dedico para essas áreas.

Mas não é só o tempo de atuação que vai reforçar sua autoridade.

Se você tem um blog, você pode usar o número de visitas que recebe todo mês, o número de cadastros na sua lista de emails ou de seguidores nas redes sociais.

Entrevistas, participações em programas de televisão, jornais e revistas também potencializam a sensação de status. Se você tem um livro publicado, melhor ainda. Ainda mais se esse livro for um bestseller. Palestras, ainda que para poucas pessoas, também são ótimas para sua reputação.

Nunca subestime o poder de ter um microfone na sua mão…

Fotos ou depoimentos de pessoas que já são reconhecidas como autoridades, automaticamente transferem parte desse reconhecimento para você.

Não tem nada disso?

Sem problemas, porque mesmo que você tenha, a produção de conteúdo é uma chave muito importante para a construção de autoridade na internet.

Isso acontece porque ao falar sempre sobre o mesmo assunto, as pessoas começam a ver você como referência depois de um tempo. Traz visibilidade e faz as pessoas enxergarem você como alguém que entende daquele assunto.

Por meio de um blog, uma lista de email e redes sociais populares como Facebook, Youtube e Instagram, você tem a garantia de que seu público está ali presente. E seu trabalho agora é criar conteúdos memoráveis para eles.

O passo a seguir é muito simples:

Você criar conteúdos, você ganha visibilidade.

Com mais visibilidade, você se torna referência, autoridade.

Com mais autoridade, você consegue vender muito mais facilmente seus produtos e serviços.

Agora… produzir conteúdos de qualidade e gerar valor para sua audiência requer consistência.

Pois da mesma forma que sua audiência descobriu você pela iluminação dos conteúdos, ela pode esquecer você nas profundezas da escuridão no momento que você parar completamente de gerar valor para eles.

Você desce de elevador quando perde consistência.

Mas sobe de escada para ganhar novamente a atenção da sua audiência.

Mesmo se você acreditar que sua audiência ainda é pequena, mantenha a consistência a todo custo. Os resultados vão aparecer e daqui a 6 meses você vai me agradecer por ter lido essa lição hoje.

2.Tráfego pago

Só depois de ter visibilidade através do conteúdo, ou seja, atrair o tráfego orgânico para seus produtos e serviços, você deve pensar em investir para trazer mais pessoas até suas páginas de venda através de investimentos em tráfego pago.

Para quem está começando, recomendo que você direcione seu orçamento apenas para remarketing, ou seja, para as pessoas que de alguma forma já entraram em contato com seus conteúdos ou que já se interessaram por seus infoprodutos.

As principais fontes tráfego pago hoje são:

Google Adwords

A principal vantagem de usá-lo é a quantidade de tráfego que você pode trazer para o seu site, já que o número de acessos diário ao Google é muito grande.

Além disso, os usuários que buscam algum produto ou serviço nessa ferramenta costumam estar altamente dispostos a fazer uma compra, aumentando a chance de resultados positivos para o seu anúncio.

O principal problema que vejo é a complexidade do Google Adwords, que pode ser um desafio para iniciantes, especialmente no momento de identificar se o investimento e o ROI estão adequados.

YouTube Ads

Assim como o engajamento é alto quando a pessoa assiste seu vídeo, ele também é muito alto quando ela aceita dispor seu tempo para assistir um anúncio.

Em uma era em que as pessoas têm pressa constantemente, o valor de quem cede seu tempo para assistir um vídeo, especialmente um anúncio, é extremamente alto, e uma fonte de tráfego pago que não pode ser ignorada.

Facebook e Instagram Ads

O Facebook Ads é uma das opções que mais temos usado na VDB, ela especialmente eficiente para fazer segmentação do público para quem seus anúncios vão ser exibidos.

Também é uma ferramenta bem fácil de usar e entender o retorno que você está recebendo.

3.Copywriting

A função da linguagem vai além de um belo acessório. Ela deve construir valor, gerar relacionamento e levar quem é impactado com mensagem à ação. Seja uma venda, compartilhamento ou cadastro em uma lista.

Empreendimentos, especialmente os digitais, têm seu sucesso apoiado na escrita persuasiva, também conhecida por copywriting.

Copywriting significa o uso das palavras corretas para se comunicar com seu público no intuito de guiá-lo para uma tomada de decisão.

Copywriting não é escrita, é estrutura textual, capaz de transformar seu negócio gastando pouco ou nada. Ainda mais se você atua no meio digital.

A grande maioria dos produtos são vendidos porque resolvem esses problemas:

  • Suprem a necessidade do amor.
  • Eliminam o medo da vergonha.
  • Ajudam a conquistar orgulho do reconhecimento.
  • Suprem o desejo de se sentir importante.
  • Atendem a vontade de se sentir atraente.
  • Garantem mais poder.
  • Trazem segurança.

Como você pode perceber, são problemas emocionais. Logo, não adianta argumentar em termos lógicos, quando a decisão é praticamente tomada pelo inconsciente.

Não importa se a comunicação é feita através de meios tradicionais ou no digital. A essência da linguagem não muda, apenas se adapta aos diferentes canais.

E a habilidade de despertar o lado emocional do cliente não deve ser guardado apenas para o momento da venda, seja em uma página ou uma sequência de emails.

A escrita persuasiva precisa estar presente em cada ponto de contato com a sua persona, do primeiro ao último passo, da isca digital aos emails de engajamento, à página de venda, ou em um post do Instagram.

Dos 3 pilares da sua estratégia de marketing digital, essa é a mais demorada e difícil de dominar. Mas uma vez que você consegue usar o poder da escrita em seus negócio, o jogo vira.

Se essa é uma habilidade que você está disposto(a) a dominar para construir uma estratégia de marketing digital poderosa, conheça o nosso treinamento Escritor Milionário.

Como Evoluir 6 Anos em Apenas 6 Meses: A Ciência dos Negócios de Alto Crescimento...

Mentoria Evolution

Clique e Leia o Relatório ➜
Mentoria Evolution

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

  • QUER GANHAR ESSAS BONIFICAÇÕES👇👇
    10 VENDAS= 100R$ BÔNUS = 440,60+100
    20 VENDAS= 200R$ BÔNUS = 881,20+200
    30 VENDAS= 300R$ BÔNUS = 1.321,80+300
    40 VENDAS= 400R$ BÔNUS = 1.762,40+400
    60 VENDAS= 600R$ BÔNUS = 2.643,60+600
    90 VENDAS= 1.000R$ BÔNUS = 3.965,40+1.000
    https://bit.ly/dominante_inove10

  • Muito bom o conteúdo do site esclareceu muita coisa !!!
    Eu tive bons resultados começando do zero a partir do
    curso FNO, super recomendo o curso do Alex Vargas.
    O Treinamento Fórmula Negócio Online é o Mais
    Indicado Para Qualquer Pessoa Que Quer Criar
    Seu Negócio Online do Zero.
    https://go.hotmart.com/C38825907C

  • O curso que mostra como Empreender de verdade Sem Arrependimento!

    Olá Boa Pra Nois, A gente tem certeza absoluta que você não quer mais um curso que fica falando só de conceito e não ensina nada prático. Mas esse não é o caso do nosso Curso online de Empreendedorismo!

    Pra Mais Informações Acesse O site
    https://bit.ly/VenhaFazerCursoDeEmpreendedorismo

  • Junte-se a mais de 150.000 pessoas

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

    >