close

Mais Receitas

Marketing de afiliados: como gerar receita para seu negócio digital através de produtos de terceiros

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 8 de abril de 2020
Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O Marketing de afiliados pode ser uma ótima forma de começar a gerar receita na internet.

Para quem ainda está no começo da jornada e não sabe exatamente o que sua audiência deseja consumir, vender produtos de outros produtores ou empresas pode ser um bom caminho.

O produtor é aquele que desenvolve o produto, como o próprio nome já diz.

É uma posição bastante trabalhosa, afinal, você precisa criar o material, se preocupar com a divulgação, e todos os detalhes de um produto.

Quando você afilia um produto significa que você divulgará esse produto para a sua audiência com um link especial, e através de cada venda realizada por esse link você recebe uma porcentagem em cima do valor da venda, uma comissão.

Por isso mesmo é uma excelente maneira de gerar receita, testar ideias para futuros produtos próprios e ter um negócio digital.

Quais plataformas usar para fazer marketing de afiliados

O processo para se tornar afiliado de um produto vai depender da plataforma que você utilizar e do produtor.

E existem tanto plataformas focadas apenas em produtos digitais, como a Hotmart, Eduzz eMonetizze, como também plataformas de serviços (seguros, venda de passagens aéreas, etc) e até de produtos físicos, como a própria Amazon.

Nós trabalhamos com mais frequência com o Hotmart, que é uma plataforma segura, eficiente e com uma grande variedade de infoprodutos.

Também somos afiliados de algumas ferramentas digitais que usamos muito aqui na VDB, como o próprio Mailchimp (link afiliado).

Temos, inclusive, uma página com a lista de todas as ferramentas que usamos e recomendamos, e muitas delas com links afiliados.

Basicamente, o Marketing de Afiliados funciona da seguinte forma:

  • Você se afilia a um produto.
  • Você coloca seu link de afiliado em seu site ou qualquer mídia de comunicação.
  • Um usuário clica nesse seu link e cai na página do produto que está sendo promovido.
  • Ele compra o produto e você ganha uma comissão pela venda.

Conheci o sistema de Marketing de Afiliados através do Rafael Seabra, meu amigo e criador do Quero Ficar Rico, que acabou me chamando para ser afiliado do eBook dele na época.

Para minha surpresa, logo no primeiro dia, o eBook me gerou como afiliado R$ 748,50 em comissões. Nada mal para apenas o envio de um email!

E claro, outras vendas foram realizadas nos dias seguintes.

Claro que, ao apostar no Marketing de Afiliados como fonte de renda, você não pode sair vendendo qualquer coisa.

O efeito será exatamente o mesmo que lotar seu site de banners: seu público irá perder a confiança em você.

Como escolher os programas de afiliados certos para a sua marca

Imagine se o link do seu produto para estudantes for divulgado dentro de um site pornográfico.

Consegue imaginar o problema que isso poderia causar para a imagem da sua marca?

Para evitar esse tipo de sufoco, siga algumas regras básicas:

  • Só indique produtos que você confia e usa.
  • Deixe claro que se trata de um link afiliado. Ao contrário do que pode parecer, seus leitores passarão a confiar ainda mais em você pela transparência.
  • Mantenha a coerência. Se você escreve sobre esportes radicais, concorda que não faz sentido nenhum comercializar um curso de maquiagem, por exemplo.
  • O produto precisa resolver algum problema ou oferecer algo que interesse a sua audiência.
  • Não venda nada que você mesmo não compraria, apenas porque a comissão é boa. Lembre-se que será seu nome, seu blog e sua autoridade que sofrerão com a oferta de um produto ruim.
  • A popularidade de um produto, bem como a avaliação feita pelos clientes que já adquiriram, são fatores que você deve levar em consideração também..

O produto tem que realmente beneficiar sua audiência, ser do perfil de quem te acompanha.

Se não, além de não vender nada, você perderá credibilidade, ficando com fama de quem enche as pessoas de spans só para ganhar dinheiro.

Uma boa forma de ter uma noção prévia sobre um produto é o próprio termômetro do Hotmart, que indica os produtos que estão em alta.

A temperatura máxima é 150 graus.

No entanto, não basta escolher o produto certo para as vendas começarem a cair na sua conta.

A parte mais importante do marketing de afiliados começa agora.

Como divulgar e vender produtos e serviços de afiliados para sua audiência

E não é surpresa que tudo começa com a produção de conteúdos memoráveis.

Não existe meio melhor de chamar a atenção das pessoas do que produzindo conteúdos de qualidade para seus canais digitais, como:

  • Blog
  • YouTube
  • Lista de emails
  • Instagram
  • Podcasts

Trabalhar com diversas mídias atinge mais públicos, pois as pessoas não estão em todas as plataformas de conteúdo.

Produza mais conteúdos nas plataformas que seu público gosta, não onde todos os afiliados estão trabalhando, seguindo essas recomendações:

1.Seja verdadeiro

Nunca recomende um produto que você não conhece e nunca testou, seja sincero e transparente com suas opiniões.

Mostre os efeitos positivos que o produto teve na sua vida, quais foram as mudanças que também podem ajudar sua audiência.

2.Conte histórias

Histórias são envolventes e podem ser usadas também no marketing de afiliados para prender a atenção do público.

O melhor marketing de afiliados é aquele em que sua recomendação de um produto soa como a de um amigo.

Escolha os sentimentos que você deseja trabalhar em relação ao produto para criar sua história.

3.Diversifique

Não se prenda a um padrão, não existe um único formato em que o marketing de afiliados pode ser feito.

Variar entre textos, vídeos, áudios, conteúdos visuais e conteúdos interativos mantém seu público interessado.

A disputa pelo tempo do público tem aumentado cada vez mais com a quantidade crescente de conteúdo, portanto busque sempre alta qualidade.

Você pode usar:

  • Estudos de caso
  • Tutoriais
  • Listas
  • Reviews de produtos

4.Invista em tráfego orgânico

O SEO para afiliados funciona da mesma forma que para o seu conteúdo, não deixe de fazer pesquisas de palavras-chave e tendências de busca.

5.Mostre exemplos práticos do uso do produto

Artigos em Blogs de “como fazer” são ótimos para indicar produtos, ensine como fazer uma atividade e, ao final, recomendar sua ferramenta favorita.

Tem a vantagem em relação a vídeos de ser menos trabalhoso, por não precisar de equipamento e edição.

Blogs também permitem explorar diversos tipos de conteúdos como infográficos, materiais para download e conteúdos interativos.

6.Faça divulgação nas redes sociais

Divulgue o conteúdo publicado em todas as plataformas nas suas redes sociais.

Crie conteúdos específicos para cada rede social, seguindo o perfil daquela audiência, restrição de caracteres e uso de imagens.

Lembre que nas redes sociais você continua precisando publicar conteúdo e não somente propagandas do produto que está afiliando.

7. Coloque o link afiliado no rodapé

A primeira simples dica que você pode implementar para aumentar a receita do seu blog é colocar um link para um produto próprio ou afiliado no rodapé (footer).

Essa é uma área ideal para você recomendar algo que você usa no próprio site.

Você gosta e confia no servidor que utiliza para seu site?

Então poderia usar uma chamada como:

“Percebeu como esse site carrega bem rápido? Ele é otimizado pela (seu link afiliado da empresa ).”

Se você é fã de um aplicativo que gerencia sua lista de email, você poderia usar um link afiliado no final de cada email.

8. Teste suas chamadas para ação

Testar diferentes variações de uma página de vendas é essencial para saber qual a melhor forma de se comunicar com seu público.

Da mesma forma, se você recomendar um produto dentro do seu blog/site, você precisa testar as chamadas para ação.

Muitas vezes, o seu link será o primeiro contato da pessoa com um produto ou serviço oferecido.

Logo, é ideal linkar para um conteúdo explicativo que só mencione esse produto/serviço no final.

Caso contrário, o link direto para uma página de vendas poderia soar como uma forçação de barra através de uma venda “fria”.

9.Colete depoimentos de seus melhores clientes

A prova social é um dos gatilhos mentais mais poderosos, que nos faz ficar horas na fila de um restaurante, mesmo sabendo que do lado existe um restaurante vazio.

Ter o depoimento, de preferência em vídeo, de um cliente falando sobre o seu produto transmite enorme credibilidade, assim como autoridade e autenticidade.

Você falar que seu produto ou curso é o melhor soa como arrogante.

Mas quando um aluno fala sobre os resultados específicos que o produto trouxe, assim como a transformação causada em sua vida, o depoimento é genuíno, íntegro e totalmente transparente.

Isso conecta as pessoas que assistem esses depoimentos.

Elas se identificam com a jornada percorrida pelo aluno até chegar no ponto em que ele deseja estar e o curso será a ponte necessária para ele alcançar o sucesso.

Logo, sempre que possível, procure coletar depoimentos de leitores, alunos e parceiros que já compraram os produtos que você está vendendo.

10.Cause uma boa primeira impressão com um template WordPress premium

Estudos comprovam que um único fator é responsável por 94% dos usuários confiarem – ou não – em um site.

Além disso, esse nível de confiança se dá em apenas 8 segundos.

Esse fator não é o conteúdo, mas sim o design do seu blog.

A maioria dos blogueiros amadores usam temas grátis, tornando um tema específico muito comum entre os blogs.

Através de um tema pago, você conseguirá se destacar da grande maioria dos blogs. Principalmente, porque eles são muito customizáveis, adaptando-se ao seu gosto.

Claro que recomendo o Athena o tema premium da Viver de Blog se você quer ter sucesso no mercado de Marketing de Afiliados.

Clique aqui embaixo e saiba mais sobre o Athena.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

7 thoughts on “Marketing de afiliados: como gerar receita para seu negócio digital através de produtos de terceiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade