close

Mais Receitas

6 formas de monetizar seu blog

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 13 de outubro de 2021
Junte-se a mais de 250.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Monetizar seu blog não é só possível como recomendado, ainda mais se você ama compartilhar ideias.

É como transformamos simples pensamentos em algo maior, que nos aproxima e nos une como um grupo, uma tribo.

Mas durante muito tempo, nossas ideias estavam aprisionadas e sufocadas, gritando pela sua liberdade.

Poucos privilegiados tinham acesso à informação, sempre controlada por grandes instituições, que não por acaso são as que possuem mais dinheiro e poder.

Mas essa era da informação centralizada ficou para trás.

Hoje, o mundo está cada vez mais conectado.

A internet venceu, se tornando o principal meio de comunicação e de geração de riqueza para pessoas comuns como eu e você.

Mas ao longo de 11 anos no comando de um negócio digital que fatura 8 dígitos por ano de forma consistente, consigo ver um erro fatal que os inciantes estão cometendo nesse mercado.

E eu preciso alertar você sobre ele antes de te mostrar como você pode monetizar seu blog.

A fragilidade dos negócios que colocam todos seus ovos em uma única cesta

A maioria das pessoas começa um negócio digital pelo caminho mais fácil, mais curto e errado.

Elas constroem todo o seu patrimônio nas redes sociais, em uma terra alugada.

E o que é uma terra alugada na internet?

É uma terra onde você não é o próprio dono.

Uma terra onde você não dita regras, mas sim as obedece.

Uma terra onde você não é livre para fazer o que bem entender.

“Por que construir um blog?” elas se perguntam…

“Todas as pessoas estão no Instagram, certo?”

“Pra que preciso de uma lista de emails?”

“Todo mundo usa o WhatsApp, não é mesmo?”

No dia 4 de outubro de 2021, o Instagram, Facebook e WhatsApp ficaram fora do ar durante quase o dia todo.

Imagina: investir 1 milhão em tráfego para abrir o carrinho na segunda, com desconto, e fazer 90% das vendas na segunda…

E justamente nesse dia, o dia mais importantes do lançamento, as principais plataformas caem?

Esse é um dos custos invisíveis que pode colocar seu negócio em risco.

São momentos como este que reforçam minha visão de investir em blogs quando todos dizem o contrário.

Somente através de um blog e uma lista de email, você tem total controle sobre o que acontece e deixa de acontecer no seu negócio.

Não me entenda errado, as redes sociais são boas formas de trazer tráfego para o seu site e melhorar seu relacionamento com sua audiência.

Mas construir seu negócio inteiro nelas é colocar tudo o que você tem nas mãos das poderosas empresas do Vale do Silício, que não demonstram qualquer afeto por você e seus objetivos.

Talvez seja hora de você construir o seu negócio online em um terreno onde você tenha total controle, não acha?

Ainda existem aquelas pessoas que se consideram introvertidos de carteirinha e que não gostam da ideia de aparecer o tempo todo, gravar vídeos e fazer lives.

E sim, dá para ganhar dinheiro na internet sem aparecer com um blog.

Dá para ganhar dinheiro na internet sem aparecer?

Você acredita que precisa aparecer em vídeos, fazer lives e dividir muio da vida pessoal para ter um negócio digital?

Eu não acreditava nisso…

Só que eu sou o tipo de pessoa que foge de multidões, de festas e de mil eventos.

Continuo preferindo estar aqui, atrás do computador, escrevendo esse texto para você.

Porém, sempre pensei que, para trilhar meu caminho como empreendedor, teria que aprender a me soltar mais. Teria que fazer lives, gravar vídeos e palestrar o tempo todo.

Durante anos foi o que fiz.

O resultado?

Fugi da minha essência, experimentei o burnout e não alcancei os resultados que planejava para minha empresa na época.

Achei que ao fazer exatamente aquilo que todos os outros nomes do mercado digital diziam ser o “certo”, meus resultados seriam extraordinários.

Quando vi a armadilha que havia criado para mim mesmo, parei tudo e voltei a me reconectar com minha natureza. Com quem eu sou e o que gosto de fazer.

A Viver de Blog nasceu por causa da escrita e se sustentou porque eu encontrei formas de monetizar esse blog lá em 2013.

E um blog não monetizado é apenas um hobbie.

Ao retornar para onde tudo começou, deixei aquilo que não me fazia bem e encontrei a minha maneira de vender na internet:

  • Sem vídeos.
  • Sem estresse e ansiedade.
  • E sem mostrar toda minha vida como um livro aberto nas redes sociais.

Até hoje muita gente me pergunta é por que eu compartilho publicamente (e gratuitamente) tantas informações sobre como é possível viver de blog.

E minha resposta é simples: eu acredito que a criação de um blog profissional pode mudar radicalmente sua vida se você souber como ganhar dinheiro com ele.

Com um planejamento correto e uma estratégia adequada, você pode monetizar seu blog, ser reconhecido pelo seu trabalho e ainda ajudar milhares de pessoas.

Se essa é a sua meta, veja essas 6 formas de monetizar seu blog e criar um negócio digital de sucesso através dele.

As melhores maneiras de ganhar dinheiro com seu blog

Os blogs não morreram.

Veja porque ainda faz sentido monetizar seu blog:

  • 93%das experiências online começam com uma ferramenta de busca como o Google.
  • 92% das empresas já adquiriram um cliente através do seu blog;
  • Estratégias com blogs são 62% mais baratas e geram 3 vezes mais leads qualificados para um site.

Agora, se você é o tipo de pessoa que quer monetizar seu blog sem esforço, sem fazer  absolutamente nada, essas dicas não servem para você.

Todas as formas de monetizar seu blog que eu vou compartilhar requerem trabalho, começando pela construção da base que envolve essas atividades:

1.Marketing de Afiliados

Como afiliado você recebe comissões através de vendas de produtos de outras pessoas.

Para quem ainda está no começo da jornada e não sabe exatamente o que sua audiência deseja consumir, vender produtos de outros produtores pode ser um bom caminho.

Siga estes critérios para escolher produtos afiliados:

  • Mantenha a coerência. Se você escreve sobre esportes radicais, concorda que não faz sentido nenhum comercializar um curso de maquiagem, por exemplo.
  • O produto precisa resolver algum problema ou oferecer algo que interesse a sua audiência.
  • Não venda nada que você mesmo não compraria, apenas porque a comissão é boa. Lembre-se que será seu nome, seu blog e sua autoridade que sofrerão com a oferta de um produto ruim.
  • A popularidade de um produto, bem como a avaliação feita pelos clientes que já adquiriram, são fatores que você deve levar em consideração também.

Saiba mais sobre o assunto nesse artigo: “Marketing de afiliados: como gerar receita para seu negócio digital através de produtos de terceiros”

2.Venda de produtos próprios

Criar seu próprio produto e vender no seu blog é uma das formas mais rentáveis. É a que eu adoto na Viver de Blog e a que mais recomendo.

Apesar de exigir muito mais esforço de sua parte, os resultados da venda de produtos próprios também serão bem superiores, pois seu público estará muito mais propenso a comprar algo oferecido por você.

Dicas para gerar renda com produtos próprios:

  • Pergunte para sua audiência quais são seu maiores desejos, as necessidades não atendidas e se possível descubra suas objeções. A partir das respostas você certamente terá uma, se não muitas, ideias de futuros produtos.
  • Seu produto pode ser um eBook, um curso em vídeo ou até mesmo um aplicativo para celular. Mas comece com um só e vá criando outros ao longo do tempo.
  • Tenha em mente que a responsabilidade na entrega do conteúdo do produto é toda sua, inclusive se a venda for feita por afiliados. O suporte também fica em sua conta, bem como o combate à pirataria.

Você encontra ideias para criar seus próprios produtos nesses artigos:

3.Conteúdo exclusivo para membros e clientes

Você pode criar uma área com conteúdo exclusivo para membros em seu blog, mediante um pagamento recorrente de mensalidade.

Muitas pessoas gostam de fazer parte de grupos seletos e ficarão interessadas em ter acesso àquilo que o resto não têm.

Você pode oferecer tanto artigos, quanto vídeos e materiais em PDF.

Se você tiver conteúdo de valor que deseja oferecer, seja semanalmente ou mensalmente, desde que seja regular, você pode criar uma assinatura de newsletters ou de uma revista digital e cobrar uma assinatura mensal ou anual por esse tipo de conteúdo.

Se você é autor de livros de ficção ou não-ficção venda suas próprias publicações sem precisar de editoras, usando plataformas como Amazon e Whatpad.

O controle é todo seu e a maior parte dos ganhos também.

4.Banners e links

O Google Adsense é uma ferramenta do Google para incluir propagandas em seu blog em que você recebe de acordo com os cliques ou visualizações.

Alguns blogs ainda fazem uso desta estratégia e espalham banners e links de produtos afiliados pelo seu site/blog para vender produtos de parceiros.

No entanto, espalhar banners por seu blog irá poluir seu design e será ignorado pelos visitantes, que aprenderam a não prestar mais atenção nesse tipo de informação.

Outra desvantagem é que, para ganhar uma pequena quantidade de dinheiro com cliques, você precisa de um tráfego enorme.

Sendo assim, considero essa a opção menos atraente para quem deseja monetizar seu blog.

5. Posts patrocinados

Muitos blogueiros recebem para falar de um produto ou serviço e fazem a recomendação de produto ou serviço. Isso é um post patrocinado.

Você pode sim aceitar ser contratado por um empresa, mas escolha somente produtos e serviços que você conhece ou se identifica.

Para conseguir contratos de posts patrocinados de empresas grandes e por um valor razoável, você precisará ter uma grande audiência.

Para blogueiros já estabelecidos, a presença em um evento pode ser cobrada entre R$2.500 a R$32.500.

Uma postagem sem precisar ir ao local pode ser cobrada entre R$1.000 e R$15.000.

Um vídeo pode ser cobrado de R$1.500 a R$40.000.

Um menção da marca pelo nome pode ser cobrada entre R$700 a R$12.000.

Uma ótima opção se você quer seguir o caminho de influenciadores digitais, mas que ainda assim é frágil quando falamos de negócios digitais pois você depende exclusivamente de contratos com terceiros.

Quer seguir esse caminho? Não deixe de considerar a hipótese de aproveitar sua audiência e criar seus próprios produtos.

6. YouTube

Mas você não está falando sobre monetizar blog? O que o YouTube tem a ver com isso?

Bom, se você não tem nenhum problema em estar na frente das câmeras, o YouTube é uma ótima forma de potencializar os ganhos do seu blog.

Com o programa de parceria do YouTube, você pode ganhar por inserir anúncios em seus vídeos. Quanto mais visualizações, maior a renda.

Claro que o seu sucesso no YouTube vai depender de alguns fatores, como a qualidade dos vídeos, a criatividade do conteúdo e o número de assinantes do seu canal.

Além disso, você pode usar plataformas como Patreon ou Apoia-se para que sua audiência possa contribuir com seu trabalho.

Tudo isso usando seus artigos já escritos para o blog como roteiro para gravar seus vídeos.

Não se esqueça: sempre coloque os vídeos em seu próprio blog para atrair mais visitas para seu blog e aumentar as visualizações dos seus vídeos.

Essas são apenas 6 formas de monetizar seu blog.

Pela minha experiência, a melhor delas é, sempre será, vender seus próprios produtos através do seu blog, sejam cursos, mentorias ou ebooks.

E como complemento de renda você pode vender produtos afiliados como ferramentas que você utiliza no seu dia a dia.

Isso é o que me trouxe até aqui quando comecei meu blog acreditando no sonho de viver da internet.

Quem sabe se você estiver disposto a fazer sua parte pode funcionar para você também.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

  • Amei o conteúdo! Aliás, te sigo no Instagram Henrique e morro de inveja (inveja boa) em ver como você construiu o seu negócio digital. Recentemente, comecei o meu blog, o http://www.empreenderdepoisdos30.com da forma correta (hospedagem, template para afiliados e ferramenta de e-mail marketing). Acredito muito no marketing digital e desejo, do fundo do meu coração, fazer um trabalho que ajude as pessoas que desejam empreender ou ter uma renda extra, e claro, que me torne uma empreendedora digital, pois quero fazer do meu blog, o meu negócio para a vida toda!

  • Junte-se a mais de 250.000 pessoas

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

    >