close

Mais Blog

Por que somos especialistas em procrastinar? Como eliminar o vício da procrastinação antes que a preguiça sabote seu futuro brilhante

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 29 de março de 2016
Comece a colocar seus planos em prática

9 dicas para acabar com a procrastinação de uma vez por todas

Seu arquivo está pronto.

Baixe gratuitamente seu material

file_downloadBaixar material.

Procrastinar, a “arte” de deixar para amanhã.

Será que você se reconhece nesta história?

Você acordou de manhã, cheio de energia, levantou da cama rapidamente porque tem um projeto importantíssimo para entregar.

Você, então, aproveita para terminar de tomar seu café enquanto trabalha. Mas, por azar, qual a primeira coisa que acontece?

Você, acidentalmente, derruba café na mesa.

Impossível trabalhar em uma situação dessas.

Logo, você começa a limpar a mesa e percebe que, na verdade, ela está cheia de poeira e até meio desorganizada.

Mesas de trabalho organizadas ajudam e muito a aumentar a produtividade, então a coisa certa a fazer é limpar toda a mesa.

E, pensando bem, aquelas canetas velhas e aquela pilha de papéis precisam ser jogados fora…

Mas, você está sem sacos de lixo em casa, o que torna a decisão de ir ao mercado para comprá-los algo que certamente não pode ser deixado para depois.

Já no mercado, você pensa: posso ficar com fome mais tarde e isso poderá atrapalhar minha concentração no importante projeto que preciso entregar até o final da semana.

Chegando em casa você já prepara sua refeição para mais tarde, quando estiver com fome, e claro, lava a louça para não ter que pensar nisso quando estiver muito ocupado com seu trabalho.

Finalmente, você senta em sua mesa.

Decide dar uma rápida olhada em sua página do Facebook, apenas para checar as últimas novidades.

No entanto, um vídeo do Porta dos Fundos chama sua atenção e você decide parar para assistir. Afinal, são apenas 5 minutos.

Outro vídeo relacionado aparece, e o que são mais 3 minutos? Nada que vá atrapalhar.

Como esse último vídeo é realmente hilário, você decide enviar para seu grupo de amigos no Whatsapp, o que resulta em algumas conversas rápidas, mas nada que prejudique seu planejamento para o resto do dia.

Voltando a concentração para o computador, seu estômago ronca. Ainda bem que você já tem tudo pronto, só precisa esquentar no micro-ondas.

Após sua refeição, você finalmente olha no relógio e percebe que já está tarde e não faz sentindo algum começar a trabalhar agora.

Em vez disso, escolhe assistir àqueles últimos episódios de sua série favorita no Netflix.

Afinal, seu importante projeto pode esperar até amanhã. : /

E aí, parece familiar?

Já passou por alguma situação parecida?

Aposto que pelo menos uma vez na vida você deixou para depois algo relativamente importante e que podia ser feito naquele momento.

E pior! Acordou totalmente culpado e estressado no dia seguinte pois o prazo para entrega acabou ficando próximo demais e você teve que fazer tudo às pressas.

Esse é o nocivo hábito de procrastinar!

Continue lendo este artigo para:

O que é procrastinação

procrastinar-01

A definição de procrastinar em si não é tão ruim:

É o ato de postergar para amanhã; adiamento.

O problema é que o amanhã é aquele lugar que ninguém viu ou sabe onde fica, mas que certamente boa parte dos planos, motivações e objetivos se encontram.

E vamos deixar claro, adiar alguma tarefa não é algo necessariamente ruim.

Você pode, por exemplo, chegar à conclusão que conseguirá escrever seu artigo amanhã na parte da tarde porque terá o tempo necessário para tal, algo que no momento não parece viável.

Isso não pode ser definido como procrastinação.

A procrastinação acontecerá se você decidir, no outro dia de tarde, adiar mais uma vez sua tarefa.

Toda procrastinação é um atraso, mas nem todo atraso pode ser definido como procrastinação

Quer saber mais sobre a procrastinação? Clique aqui embaixo assistir um vídeo que fiz sobre o assunto:

Não deixe de fazer sua inscrição no nosso canal no YouTube para ver mais vídeos

De quem é a culpa de tanta procrastinação?

procrastinar-02

Um estudo feito na Universidade do Colorado encontrou indícios de que procrastinação e impulsividade estão ligados a influências genéticas.

Houve um tempo em que seres humanos não faziam planos futuros e sua única preocupação era com que comer naquele dia.

Após milhares de anos agindo da mesma forma, podemos dizer que ficamos acostumados a agir por impulso, dando importância ao que é urgente e não ao que é prioridade.

Por isso se não estamos 100% concentrados, em estado de flow, estamos sujeitos a procrastinar.

Outro fator que contribui para o ato de procrastinar é a natureza da tarefa.

Dificilmente você irá deixar para amanhã um jogo de futebol com os amigos ou um bom jantar com a família, mas faria isso facilmente se a sua programação envolvesse terminar vários relatórios.

O benefício imediato é claramente percebido por nosso cérebro.

As atividades fáceis e divertidas são as mais atraentes para a mania de procrastinar.

Fácil e divertido nem sempre são bons adjetivos

procrastinar-03

Em sua palestra no TED Talks, Tim Urban, blogueiro e como ele mesmo diz, um procrastinador de carteirinha, explica de forma muito simples o que se passa na cabeça de quem costuma postergar tarefas.

Ele usa como exemplo da procrastinação crônica a figura de um macaco, que só quer saber de fazer coisas fáceis e divertidas o tempo todo.

O problema é que, na mente de um procrastinador, o “macaco” acaba por tomar o controle do lado racional com frequência, dando sempre preferência pelo prazer imediato.

Esse tipo de atitude não é um problema quando feito esporadicamente, mas o sinal de alerta começa a soar quando procrastinar se torna um hábito.

Os efeitos podem ser devastadores: problemas no trabalho, nos relacionamentos e na saúde.

A sensação de bem estar nunca é completa pois junto com ela aparece a culpa.

Temos plena consciência de que deveríamos estar concentrados em terminar o trabalho de conclusão de curso, por exemplo, mas em vez disso optamos por jogar videogame.

E conforme o prazo de entrega vai se aproximando, a ansiedade domina nossa mente.

O mais impressionante é que alguns procrastinadores conseguem reunir esforços e fazer o que precisa ser feito nos “45 do segundo tempo”.

Mas a qualidade do que é entregue costuma ser bem duvidosa.

E há casos ainda piores.

Aqueles que além de procrastinar não conseguem sequer usar toda a ansiedade gerada para tomar uma atitude e acabam simplesmente não entregando resultados.

Ou seja, não se vive o momento de prazer pois a culpa está presente, a ansiedade vira presença constante e em casos extremos pode devastar algumas áreas da vida de quem procrastina por hábito.

E o efeito disso a longo prazo, na saúde física e mental pode ser bastante prejudicial.

9 dicas para acabar com a procrastinação de uma vez por todas
Comece a colocar seus planos em prática

9 dicas para acabar com a procrastinação de uma vez por todas

 

Por que o ato de procrastinar pode fazer mal à sua saúde

Procrastinar-13

O ato de procrastinar afeta nossa saúde e principalmente bem estar, pois não nos sentimos bem quando adiamos uma meta importante.

Pessoas que têm o costume de adiar, apresentam mais dores de cabeça, de estômago e ficam doentes com mais frequência.

Além disso, procrastinar pode ocasionar aumento no nível de estresse, baixando as defesas do sistema imunológico e abrindo espaço para doenças infecciosas como resfriado ou gripe.

Outro comportamento de procrastinadores foi identificado pelo Departamento de Psicologia da Univerdade de Carleton, no Canadá, nesse estudo.

Geralmente cuidados como a prática de exercícios físicos, alimentação saudável e idas ao médico quando algo não está bem são frequentemente postergados, podendo ocasionar danos futuros à saúde.

Se procrastinar é tão ruim por que também é tão irresistível

procrastinar-04

Você já experimentou falar para um obeso que ele tem que reduzir a quantidade de comida ingerida ou para um depressivo que ele precisa parar agora mesmo todos esses pensamentos pessimistas?

Parece mais fácil falar do que fazer…

O mesmo acontece com quem tem o hábito de procrastinar.

A consciência sobre a existência do problema existe.

Aliás, é a causa de tanto estresse na vida de um procrastinador crônico.

Ao mesmo tempo que a vontade incontrolável de ceder ao “macaco da diversão” aparece, ela vem acompanhada da enorme culpa.

Seria fácil, porém, se a procrastinação só acontecesse com tarefas que consideramos desagradáveis.

Mas e como explicar a procrastinação até mesmo daquilo que gostamos.

Por exemplo, escrever é uma atividade pela qual eu sou completamente apaixonado e 100% ligada a meu propósito de vida.

E ainda assim, já me peguei “enrolando” e criando diversas desculpas para não começar um artigo.

Por que isso acontece?

A culpa é da impulsividade (aquela, que tem uma boa influência genética).

Por mais que escrever seja uma fonte de prazer, é uma atividade que me tira da zona de conforto e por vezes pode gerar insegurança.

“Será que serei capaz de fazer um bom texto ou será que meu público irá amar ou odiar esse conteúdo?”

Isso explica porque, em alguns momentos, somos atraídos pela ideia de parar tudo e seguir nossa impulsividade natural que implora pelo prazer imediato.

A fim de evitar ceder aos apelos da impulsividade, utilizamos um último recurso: a força de vontade.

Não abuse da sua força de vontade: ela tem limite

procrastinar-05

Você lembra da sua lista de resoluções de fim de ano?

Talvez você tenha até anotado em algum lugar uma lista de promessas que certamente iria cumprir.

Agora pense, quantas delas você concretizou até agora?

Pode ser que muitas delas você tenha colocado em prática logo em seguida, como meditar todos os dias ou frequentar a academia 4 vezes na semana.

Mas, você ainda está cumprindo o que prometeu a si mesmo?

Se está, parabéns!

Se não está, a explicação pode ser bastante simples: você decidiu jogar toda a responsabilidade em cima da sua força de vontade.

Quantas vezes você já não ouviu que é preciso ter força de vontade para conquistar um objetivo?

No entanto, depender exclusivamente de sua força de vontade pode ser perigoso, já que ela não é constante.

Assim como seu humor, alguns dias a força de vontade desaparecerá. Seja porque está chovendo, está frio ou você está cansado. Você não terá a motivação nas alturas todos os dias, por mais que você ame o que faz.

E é nesse momento que seu plano vai por água abaixo.

A força de vontade é como um músculo, pode ser treinada mas tem um limite máximo de capacidade e sofre com a fadiga.

Imagine que você está de dieta e todo dia alguém resolve oferecer um pedaço do seu bolo de chocolate favorito ou aquela torta de limão que você adora.

No começo, quando o foco no seu objetivo está acima de tudo, fica fácil.

Mas com o passar do tempo, fica cada vez mais difícil dizer não.

E pensamentos como “só hoje”, ou “eu mereço” ou ainda”tive um dia tão difícil, vou comer só um pedaço” começam a aparecer com frequência.

A fim de avaliar as características da força de vontade, em 1998, Roy Baumeister fez um experimento onde algumas pessoas foram colocadas em uma sala com cheiro de cookies recém-assados.

Uma mesa com um prato com vários cookies e outro com rabanetes foi colocada na frente daqueles que faziam parte do estudo.

Para alguns, os cookies estavam liberados e para outros o rabanete (mundo injusto mesmo).

Depois disso, os indivíduos tiveram 30 minutos para completar um difícil quebra-cabeças.

O resultado?

Aqueles que foram obrigados a usar a força de vontade e resistir aos cookies desistiram mais rapidamente do que os que puderam se deliciar à vontade.

Aparentemente, a força de vontade de resistir aos cookies foi drenada, não sobrando muito para o próximo passo do experimento.

E assim como esse estudo, muitos outros provam que sim a força de vontade tende a se esgotar conforme seu uso.

Se não podemos contar apenas com a determinação para acabar com a procrastinação, qual seria a solução então?

A força do hábito

procrastinar-06

Nós somos aquilo que repetidamente fazemos – Aristóteles

Primeiro, é preciso descobrir qual é a força propulsora que nos motiva a perseguir um objetivo.

Depois, é preciso monitorar atentamente seu comportamento enquanto persegue o objetivo já estabelecido.

E somente depois, a força de vontade surge como parte do processo.

Não importa qual o objetivo, se é parar de fumar, não faltar na academia, parar de comer doces durante a semana ou estudar uma hora de francês todos os dias.

A melhor maneira de obter sucesso na sua empreitada, é usar a força de vontade como impulso inicial e depois garantir a consistência transformando a ação em hábito.

 

A arma contra a procrastinação: criar um novo hábito

procrastinar-07

Um hábito é formado por três elementos básicos:

  • GATILHO
  • ROTINA
  • RECOMPENSA

Gatilho é justamente aquilo que servirá como lembrete para a execução de uma determinada tarefa.

Por exemplo, você deseja iniciar a prática de atividades físicas logo pela manhã.

E todo dia, toma uma xícara de café com óleo de coco, que dará a energia necessária para a prática de exercícios.

Pronto. Este pode ser seu gatilho.

Automaticamente ao ingerir sua dose de café matinal, sua mente já fará a correlação entre as duas atividades.

O próximo elemento do hábito, a rotina, é justamente aquilo que você deseja ter como ritual diário, que nesse nosso exemplo é se exercitar diariamente.

Finalmente o último elemento precisa estar claro para você.

Certamente a recompensa de se exercitar é o ganho de saúde, melhora no aspecto estético e bem-estar.

Mas para se manter firme em seu novo hábito, o ideal é escolher uma recompensa mais imediata e palpável, para que seu cérebro entenda que sim está ganhando algo para não procrastinar.

Nesse caso a recompensa poderia ser uma banho relaxante e um descanso de 15 minutos no sol. Ou alguma outra coisa que faça sentido para você.

Você precisa desejar muito essa recompensa.

procrastinar-08

Quando um hábito é prejudicial, como procrastinar, é mais fácil mudá-lo, aos poucos, do que eliminá-lo de uma vez por todas.

Mas a mudança não ocorre nos 3 elementos que formam o hábito, mas somente na parte da ROTINA.

Para quem deseja acabar de vez com a procrastinação, a primeira coisa a fazer é entendê-la.

O que normalmente aciona o GATILHO? Por que você evita começar alguma tarefa específica ou fica arranjando distrações e outras ocupações o tempo todo?

Perceba quando você está caindo nesse mesmo tipo de comportamento e anote.

O mesmo acontecerá para a recompensa. Por que você para tudo que está fazendo para procrastinar?

Qual a RECOMPENSA imediato? Um descanso? Uma solução para o tédio?

Entenda o porquê você faz o que você faz.

Ao identificar padrões de comportamento fica mais fácil traçar estratégias para combater justamente a parte problemática: a ROTINA.

Ao trocar a rotina que pode ser acionada pelos mesmos gatilhos e obter as mesmas recompensas, a chance de sucesso na implementação do hábito é muito maior.

Passo a passo para implementar novo hábito

procrastinar-09

Você já deve ter sentido na pele a dificuldade que envolve o ato de mudar ou criar um novo hábito.

E não se preocupe, você não está sozinho nessa.

Portanto, para facilitar esse complicado processo, um passo a passo para implementação de um novo hábito pode ajudar bastante:

  1. Escolha um hábito fácil de colocar em prática. Você quer ir para academia todos os dias, mas que tal começar fazendo 10 minutos de alongamento todos os dias de manhã.
  2. Aumente aos poucos a “dificuldade” de seu hábito. Passe a fazer 15 minutos de alongamento, depois 30 minutos, depois comece a caminhar pelo bairro e assim vai.
  3. Divida seu hábito em blocos de tempo. Quer ler 100 páginas de um livro por dia? Que tal começar com 50 de manhã e 50 antes de dormir.
  4. Saiu da linha? Volte imediatamente. O problema aparece quando você faz da exceção, a regra.
  5. Se sentir dificuldades de continuar com o novo hábito, peça ajuda a alguém de confiança para “fiscalizar” seus hábitos todos os dias.
  6. Anote seu progresso em um calendário. Marque um X azul quando realizar com sucesso a tarefa e um com vermelho quando não o fizer.
  7. Vá com calma e seja paciente. Siga um ritmo que você sabe que vai conseguir ser frequente.
9 dicas para acabar com a procrastinação de uma vez por todas
Comece a colocar seus planos em prática

9 dicas para acabar com a procrastinação de uma vez por todas

10 maneiras de parar de procrastinar de uma vez por todas

procrastinar-10

Você pode pensar que procrastinadores são, por natureza, pessoas desorganizadas, que não sabem nem por onde começar seus projetos.

E é ai que você se engana!

Alguns procrastinadores são especialistas na montagem de planos estratégicos fabulosos e sabem cada passo que precisam dar rumo a seu objetivo.

Na teoria.

Uma excelente ideia que não é colocada em prática, não passa de uma ideia.

Quem tem o costume de adiar ações, adora planejar e principalmente fazer listas de tarefas.

Aliás, quanto mais longa e vaga for essa lista, melhor. Afinal, planejar não significa fazer.

E quanto mais complexo for o objetivo, pior. Certamente será adiado por muito mais vezes.

O erro não está em escolher atingir metas elaboradas para sua vida.

O erro está em não desmembrar essa meta em várias pequenas tarefas, que poderão ser finalizadas com maior facilidade.

Vamos supor que você queira escrever um livro.

Mas esse objetivo por si só é extremamente genérico e muito complicado.

Em vez de criar uma tarefa chamada “escrever livro”, não faria mais sentido se propor a escrever 1.500 palavras por dia?

Muito mais fácil começar a dar pequenos passos em vez de correr uma maratona logo de cara, não?

Procrastinar é um hábito, e como já vimos, mudar padrões pode ser algo extremamente difícil.

procrastinar-11

Se você não sabe nem por onde começar, experimente aplicar algumas das 10 dicas abaixo para detonar a procrastinação de uma vez por todas:

  1. Peça ajuda de amigos quando uma tarefa se tornar difícil demais para começar ou terminar.
  2. Não comece seu dia procrastinando. Esqueça a função soneca de uma vez por todas. Quando ao alarme tocar, levante da cama.
  3. Diminua seu grau de auto-exigência. A busca pela perfeição pode adiar o começo de sua jornada. Vá melhorando conforme avança no projeto.
  4. Remova as distrações. Ter que conviver com os “ladrões de atenção” só torna o ato de procrastinar mais provável. Se a internet é o problema, que tal desligar seu wi-fi enquanto trabalha?
  5. Faça uma coisa de cada vez. Apostar em múltiplas tarefas para ganhar tempo terá o efeito oposto. Saiba mais aqui.
  6. Queime pontes, se possível. Quer começar sua empresa? Uma solução drástica pode ser pedir demissão. Você não terá escolhas.
  7. Se você quer fazer uma tarefa com frequência, como ir à academia toda segunda, quarta e sexta, coloque essa atividade no topo de sua lista.
  8. Use listas de tarefa com inteligência. Escolha no máximo 3 itens, de alta prioridade e que estejam alinhados com seu objetivo principal. Não coloque nenhum item novo enquanto não finalizar os três já estipulados.
  9. Utilize um Pomodoro Timer ou outro alarme para fazer o gerenciamento do seu tempo. O timer server para lembrar suas sessões de trabalho (de 60 a 90 min) e descansos pré-definidos (10-15 min).
  10. Comece logo! O que não significa que ao iniciar uma tarefa ela precise ficar pronta ao final do dia. Não se preocupe com isso agora.

Minha dica para montar uma lista de tarefas que funciona e que vai ajudar você na sua luta contra a procrastinação é utilizar uma ferramenta que usamos bastante aqui na Viver de Blog, o Trello. Até gravei um vídeo explicando como eu e a equipe VDB usamos. É só clicar aqui embaixo para assistir:

Não deixe de fazer sua inscrição no nosso canal no YouTube para ver mais vídeos

Frases e estatísticas para Tweetar

  1. (tweet): Toda procrastinação é um atraso, mas nem todo atraso pode ser definido como procrastinação.
  2. (tweet) Pessoas que tem o costume de adiar, apresentam mais dores de cabeça, de estômago e ficam doentes com mais frequência.
  3. (tweet) Nós somos aquilo que repetidamente fazemos – Aristóteles
  4. (tweet) Uma excelente ideia que não é colocada em prática, não passa de uma ideia.
9 dicas para acabar com a procrastinação de uma vez por todas
Comece a colocar seus planos em prática

9 dicas para acabar com a procrastinação de uma vez por todas

Concluindo: sua história é você quem escreve

procrastinar-12

Crie plena consciência que você é o único responsável por suas escolhas e o único que pode fazer algo para mudar sua vida.

Ninguém, em absoluto, gosta de procrastinar ou sente orgulho de agir dessa maneira.

Toda procrastinação vem acompanhada de um estado de ansiedade, pânico e culpa.

A boa notícia é que esse espiral negativa pode e deve ser evitada.

Viver reagindo à situações urgentes, apenas apagando incêndios, impede que você trabalhe em seu potencial pleno e também invista tempo em outros projetos extremamente importantes,mas que sem um deadline específico acabam sendo postergados.

Um hábito tão nocivo quanto o da procrastinação não muda da noite para o dia. É preciso ser realista e combatê-lo dia após dia.

Pelo menos comece a mudança.

Todos nós somos procrastinadores, uns mais outros menos, mas todos nós temos pelo menos alguma coisa que poderíamos estar fazendo, e que poderia fazer revoluções maginíficas em nossas vidas.

Mas não estamos.

O seu futuro está em suas mãos.

Você escolhe começar a alcançar seus sonhos hoje?

Ou vai deixar para amanhã?

Se ainda estiver com dificuldades para vencer a procrastinação e triplicar sua produtividade, aumentar sua concentração e alcançar resultados extraordinários com alguns minutos por dia, conheça a Universidade da Alta Performance do meu amigo e parceiro Bruno Picinini. Só clicar aqui para saber mais!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

19K Compart.
Compartilhar17K
Compartilhar1K
Twittar64
WhatsApp