close

Mais Presença

Redator freelancer: ficar rico ou morrer de fome (a escolha é sua!)

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 11 de dezembro de 2019
Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você é ou gostaria de ser um redator freelancer?

Essa tem sido a opção de carreira desejada por muitos.

Principalmente por quem sonha com a liberdade.

E os motivos são claros:

  • Você pode trabalhar de qualquer lugar do mundo.
  • Pode escolher seu horário de trabalho.
  • Tem a opção de definir quais trabalhos irá realizar.

No entanto, essa não é uma carreira de conto de fadas…

O mercado cresceu não só em demanda, mas também no número de profissionais ofertando seus serviços.

A grande concorrência, somada ao despreparo de muitos redatores freelancers, tem derrubado os valores pagos pelos serviços prestados.

De acordo com a pesquisa realizada pela 99jobs, Rock Content e WeDoLogos com 9.500 redatores, cada palavra escrita por esses profissionais vale apenas 5 centavos.

Alguns escritores iniciantes cobram 1 centavo por palavra escrita.

Esse mesmo estudo mostra que 76% dos redatores recebem menos de R$ 1.000 por mês.

Um tremendo balde de água fria para quem já está nessa carreira e está vivendo na pele a realidade que descrevi. Ou para quem está considerando trilhar a jornada na escrita no meio digital.

Essa é a triste realidade de muitos redatores, escritores e produtores de conteúdo.

Mas se você está aqui, ela não precisa ser a sua…

3 tipos de redatores freelancer: qual desses você é?

Ao analisar o mercado mais atentamente, é possível afirmar que existem apenas 3 categorias de redatores freelancers.

Redator Freelancer #1 – escreve até morrer e não ganha para sobreviver

Você encontra esse  redator em diversos grupos de Facebook oferecendo seus serviços a preços tão, mas tão baixos, que é realmente difícil dizer como essa pessoa paga as contas no fim do mês.

Eles pesquisam, planejam toda a estrutura do texto, se preocupam com ortografia, regras de escrita para web, otimização…

Ainda assim é o típico redator freelancer que ganha centavos por suas palavras.

Para ganhar mais, precisam escrever mais palavras, trabalhar mais e mais horas.

São como operários em uma linha de produção industrial.

Já que não são pagos por suas habilidades, mas sim por sua capacidade de apertar parafusos.

Ou melhor, de cuspir palavras no editor de textos.

O que gera textos de qualidade duvidosa e muitas vezes cópias de outras cópias, como muitas das publicações vazias que vemos aos montes na internet.

Ao final, nem o cliente fica satisfeito com os resultados, nem o redator consegue gerar uma renda decente ao fim do mês.

Não por falta de qualificação…

São muitas horas de pesquisa, estudo e até mesmo anos em uma graduação de jornalismo para, no final das contas, receberem o valor de um estagiário em início de carreira.

Redator Freelancer #2 – Os reis da zona de conforto

Quem está nesse grupo já consegue dizer que a carreira de redator freelancer paga suas contas.

Até conseguem guardar um dinheiro extra para lazer, viagens e investimentos.

Vivem uma vida bem melhor do que os redatores miseráveis.

O que eles não sabem é que estão, muito provavelmente, vivendo na sua zona de conforto.

Continuam com os mesmos clientes, a mesma remuneração, os mesmos problemas.

Eles pararam de evoluir e não enxergam que podem ir além da sua atual situação.

Não reconhecem a mina de ouro por trás de palavras poderosas, persuasivas e histórias cativantes que geram vendas e lucros para qualquer  negócio.

Eles não reconhecem que existe uma carreira além de ser um redator freelancer usando a habilidade da escrita…

Isso mesmo que você leu…

Existem oportunidades que estão na palma da mão, mas que são jogadas no lixo todos os dias.

Algo que só o terceiro tipo de redator freelancer sabe aproveitar…

Redator Freelancer #3 – Escritor Milionário

Sabe aquele sonho que atraiu você para a carreira de redator freelancer?

Ele só é conquistado nessa etapa.

Justamente quando você enxerga que precisa de deixar de ser um prestador de serviços somente.

Para virar um empreendedor.

O Escritor Milionário.

Infelizmente são poucos aqueles que chegam até esse estágio.

E é justamente isso que estou trabalhando para mudar.

Foi por essa razão que criei o Curso Escritor Milionário.

Para que boa parte dos redatores freelancers pudessem:

  • Escolher seus clientes..
  • Não fossem pagos pelo tamanho de seus textos, mas sim pela capacidade de gerar resultados. Seja um texto com 5.000 palavras ou até mesmo um título com 63 caracteres.
  • Ser um escritor bem pago para poder experimentar a liberdade verdadeira.

Um escritor milionário se torna uma autoridade no seu ramo de atuação e sempre é cobiçado com clientes na fila de espera.

Sem falar que ele escolhe os assuntos que deseja escrever, sem depender de esmolas para sobreviver (ou nem isso).

O curso fará de você um ex redator freelancer e mostrará todo o caminho que você precisa percorrer para chegar ao status de escritor milionário para ganhar dinheiro de verdade escrevendo.

Ainda assim, prometi que esse artigo já seria suficiente para tirar você do jogo dos redatores famintos, certo?

Então veja o que você pode fazer hoje mesmo para ser um redator freelancer bem remunerado.

O que você precisa para ser um redator freelancer de sucesso

Você é o culpado pelos clientes ruins que atrai.

A boa notícia é que, sendo sua culpa, cabe somente a você solucionar esse problema.

O que está acontecendo é que você está atraindo essas pessoas através da mensagem errada para você, mas certa para elas.

O que causa essa lei da atração às avessas?

  • A maneira como você se posiciona e faz seu branding.
  • Seus clientes anteriores.
  • Os lugares onde você frequenta e expõe seu trabalho.
  • E sua experiência profissional irão definir os perfis que terão mais afinidade com você.

Compare os clientes com quem você mais gostou de fazer parceria e aqueles que preferiria não trabalhar novamente. Preste atenção em:

  • Como esses clientes chegaram até você?
  • Que perguntas fizeram antes de contratá-lo?
  • Já sabiam o que desejavam ou pareciam confusos?

As respostas mostrarão claramente o que você precisa corrigir para atrair os clientes ideais.

Além disso, essas 4 dicas irão colocar você no caminho do escritor milionário:

1. Crie o perfil exato do seu cliente dos sonhos

Você sabe quem é seu cliente ideal de verdade?

Não estou falando somente de criar uma persona e atribuir características a ela que você acredita que seus clientes teriam.

Falo do cliente para o qual você sonha trabalhar.

Pode ser uma empresa multinacional com orçamentos milionários, uma celebridade ou influenciador, ou alguém que pague o valor que você deseja e exija um determinado investimento de energia da sua parte.

Seja qual for o perfil, anote tudo que você puder sobre ele. Ele será a sua meta, o lugar onde você quer chegar na sua carreira como redator freelancer.

Uma vez que você define metas e objetivos, você vai saber que direção seguir, qual plano traçar para chegar lá.

E quais clientes precisa conseguir no meio do caminho.

Isso mesmo, em qualquer nicho existe uma escala.

Vamos dizer que você queira prestar serviços para a Coca-Cola.

Quais clientes poderiam servir de “escada” até lá?

Que tipos de trabalho seriam interessantes ter no seu portfólio para fazer com que a Coca-Cola contratasse seus serviços?

Ou qual cliente poderia fazer a indicação do seu trabalho para esse seu cliente dos sonhos?

Todo nicho de mercado tem uma escalada de excelência, e se você quer trabalhar com os clientes do topo precisa subir degrau por degrau até chegar lá.

2. Seja um recurso valioso para o sucesso do seu cliente

Você sabe muito bem que clientes não costumam simplesmente aparecer na sua porta todos os dias sem que você tenha empregado um certo esforço prévio para atraí-los, usando todas as estratégias de marketing.

Elas funcionam e com certeza vão atrair interessados no trabalho que você tem a oferecer.

Porém, para conquistar uma certa “tranquilidade” financeira como redator freelancer, você precisa se preocupar em fidelizar bons clientes para manter seu negócio rodando.

Alguns profissionais conseguem ter 2 ou 3 clientes fixos que juntos correspondem àquilo que eles gostariam de ganhar e também o quanto sua capacidade de trabalho consegue atender.

É recomendável que você deixe um espaço na sua agenda de trabalho para novos profissionais e empresas, que, com o tempo, podem ou não vir a se tornarem fixos.

Mas não ache que só porque você conquistou uma certa estabilidade que deve parar de investir em marketing digital.

Não caia nessa armadilha.

Acredite, começar uma nova relação profissional é desgastante para ambas as partes e somente quando há alguém infeliz dentro desse relacionamento que existe a possibilidade de término.

Portanto, é sempre importante monitorar e receber feedbacks constantes de seus clientes fixos.

3. Não seja somente um prestador de serviço

O segredo do redator freelancer de sucesso está na construção de um relacionamento, em uma parceria duradoura e não somente na troca de serviços por dinheiro.

O prestador de serviço está preocupado em executar sua tarefa com perfeição, e, geralmente o faz.

Porém, a grande diferença entre uma parceria e uma simples prestação de serviços está na preocupação em entender e atender às necessidades do cliente.

Mesmo quando elas não são ditas.

Lembre-se: você é o especialista. Dê a seu cliente o que ele precisa, não o que ele quer.

Ao invés de olhar para você como um redator freelancer, seja um “solucionador de problemas”.

O super herói dos seus clientes!

Você pode inclusive entregar mais do que foi solicitado pelo cliente, mas faça questão de deixar claro que está fazendo um extra.

Não só gerar mais valor , mas também para não deixar o contratante acreditando que a entrega extra faz parte do contrato entre vocês.

Saiba usar esse recurso sem que ele caia na normalidade.

4.Mantenha a comunicação constante e clara

A vantagem de contratar um redator freelancer e não uma agência está justamente no fator pessoal por trás dessa relação.

Boa parte dos clientes vão esperar uma relação mais próxima e um canal de comunicação mais aberto e rápido desse tipo de prestação de serviço.

Alguns clientes esperam receber relatórios periódicos sobre o que está sendo feito e em que estágio do processo o trabalho se encontra, especialmente se for um serviço de longo prazo.

Vale antecipar essa expectativa e fornecer relatórios semanais ou mensais, de acordo com o projeto.

Nunca suma e reapareça somente no final do trabalho, seja presente e ativo durante toda a jornada, inclusive para ganhar ainda mais a confiança do cliente.

É possível transformar sua habilidade de escrita em um negócio de 6 dígitos mensais.

Porém…fazendo o que poucos fazem.

Mas que escritores milionários sabem realizar com maestria.

Recapitulando:

  • Defina seu cliente ideal e gere muito valor através de conteúdos para atraí-los.
  • Mantenha dos clientes conquistados sendo um profissional indispensável.
  • Não seja apenas um prestador de serviços
  • Foque na clareza e na constância da comunicação com seu cliente.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário aqui para a gente.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade