close

Mais Receitas

Como ganhar dinheiro escrevendo: do amadorismo ao sucesso

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 30 de outubro de 2019
Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Como ganhar dinheiro escrevendo? 

Não é porque você sabe gramática que seus leitores irão amar seus textos.

Não é porque você domina todos os tipos de pontuação que as pessoas irão bater palmas para você.

Não é porque você escreve perfeitamente toda palavra que seu texto gera rios de dinheiro ao vender uma ideia, produto ou serviço.

O que muitos escritores não entendem é que escrever bem é apenas um dos 5 pilares que um escritor precisa dominar para ter sucesso.

E, sinceramente, é o mais fácil de se aprender.

Um escritor milionário qualifica suas habilidades em:

Você não precisa saber TUDO sobre essas 5 categorias, mas isolar seu conhecimento escrevendo bem não é um diferencial hoje, é uma obrigação.

Isso só te levará alguns metros adiante nessa jornada.

Se você quer percorrer quilômetros nesse caminho, você precisa de um método simples e rápido que te ajude a dominar essas 5 habilidades e gerar renda com sua escrita.

Escritores Famintos x Escritores Milionários

O que diferencia escritores famintos de escritores milionários?

De bate-pronto: A hierarquia de valor gerada pela sua escrita.

Vou explicar.

Existem vários elementos no mundo da publicação, como:

  1. Recomendações
  2. Análises
  3. Ideias
  4. Opiniões
  5. Notícias
  6. Informações
  7. Dados

Se você publica apenas dados, está no chão da hierarquia de valor gerada à audiência.

Exemplo: a taxa de inflação esse mês foi de 1%.

Isso é apenas um dado solto, sem utilidade.

Nesse mesmo contexto, você pode escrever sobre “3 medidas que o Banco Central irá tomar para combater a alta inflação”.

Agora você está informando e noticiando, gerando mais valor do que mostrar somente um dado.

Subindo de elevador na hierarquia de valor gerada para audiência, imagine o seguinte:

Sabendo da inflação de 1% e das 3 medidas que o Banco Central usará para combater a alta dos preços, você decide escrever um relatório completo.

Nele, você analisa a inflação no Brasil desde 1970.

Você mostra como inflação e taxa de juros andam de mãos dadas na política econômica.

E como títulos públicos indexados à inflação ganham com uma subida rápida no preço de bens e serviços.

Por fim, dá uma recomendação de investimento detalhada para pessoas comuns ganharam dinheiro nesse contexto atual com baixo risco.

Nas mãos de um bom escritor, um dado vira informação, que se torna opinião dentro de uma análise. E, por fim, gera uma recomendação.

Estar acima na hierarquia de valor gerada é conseguir dobrar ou triplicar o valor percebido do que você escreve pela promessa de resultados.

Entender isso é ganhar clareza absoluta de que você tem um caminho a sua frente na transição de um “escritor faminto” para um “escritor milionário”.

Como um amador se torna profissional

É muito fácil olhar para pessoas de sucesso e acreditar que elas já nasceram prontas.

Mas todo profissional já foi amador um dia.

A pergunta que fica então é:

“Qual é o ponto de virada que transforma um amador em um profissional?”

Há mais de 10 anos no mercado digital, hoje consigo “cheirar” de longe a diferença entre um amador e um profissional.

O quanto cada um fatura não é o fator diferencial.

Nem mesmo o número de curtidas, comentários ou compartilhamentos.

Acredito a transformação de um amador em profissional é uma junção de três pilares:

1) Velocidade

Esse é um dos “segredos” que muitos amadores não entendem.

Eles estudam por dois anos antes de sequer tomar uma ação e são engolidos pela velocidade que o mercado digital opera.

Ser veloz significa tomar decisões rápidas e até mesmo riscos altos, jogando o chapéu do outro lado do muro.

Uma frase que li no meu livro favorito de marketing diz:

“O dinheiro ama velocidade”. Concordo 100%.

2) Clareza

Não adianta ser veloz se você não sabe para onde está indo.

Quando você não entende os fundamentos de um negócio digital, torna-se perigoso correr em um caminho sem um guia.

Ter clareza é separar ruídos de informação.

É distinguir modinhas de tendências.

3) Consistência

Esse é o teste de resistência máximo para saber se você está pronto.

Amadores se frustram quando os resultados não aparecem.

Profissionais crescem com suas derrotas.

Consistência é ir para o treino todos os dias.

É aparecer e entregar o melhor de si, apesar do resultado.

Dias ruins vão acontecer, não há como evitá-los.

Lembre-se: seu foco deve estar na jornada, não no destino.

Isso nos leva a um dos maiores erros que impedem que as pessoas realmente descubram como ganhar dinheiro escrevendo…

Não há como ganhar dinheiro escrevendo usando a inspiração como muleta

Dizer para si próprio que você escreve apenas quando a inspiração bate chama-se autossabotagem.

William Faulkner, escritor americano vencedor de um prêmio Nobel, brincava com a falsa ideia da inspiração constante:

“Eu apenas escrevo quando estou inspirado. Felizmente, a inspiração chega todo dia às 9 da manhã.”

O truque é não pensar demais. Escreva lixo, se precisar.

Um bom escritor sabe que é na revisão que o texto se transforma de lixo para luxo.

Ainda assim, iniciantes continuam ignorando o hábito de escrever.

Inclusive, já ouvi deles absurdos como esse:

“Eu sou uma pessoa criativa. Criar hábitos é ferir minha liberdade artística. E não quero limitar minha criatividade.”

Nesse momento, todos os escritores de sucesso rolam os olhos em desdém de tamanha futilidade.

Hábitos não restringem liberdade. Na realidade, eles a criam.

Pense comigo: as pessoas que não possuem hábitos são as que têm MENOS liberdade.

  • Sem bons hábitos financeiros, você sempre estará lutando pelo próximo centavo.
  • Sem bons hábitos de saúde, você nunca terá energia suficiente para fazer tudo o que gostaria.
  • Sem bons hábitos de escrita, você ficará à mercê da inspiração para iniciar qualquer texto.

Por esse motivo, desenvolver o hábito de escrever é o que tira você da teoria e te coloca direto na ação.

Toda vez que você realiza um hábito ruim, como procrastinar escrever, é um voto negativo para a sua identidade como escritor.

Portanto, não pense demais. Simplesmente escreva.

Troque suas lentes para enxergar o potencial de ganhar dinheiro escrevendo

Toda página de vendas, sequência de email e até vídeos de vendas começam na escrita.

Escrever bem gera clareza, comunicação assertiva e maior faturamento.

Infelizmente, a maioria dos escritores não conseguirá viver da sua própria escrita.

Uma estatística coloca uma pedra gigante no meio do caminho

76% dos redatores ganham menos de mil reais por mês.

Existe uma diferença enorme entre aqueles que sabem como ganhar dinheiro escrevendo e aqueles que mal conseguem ganhar um salário mínimo.

E a culpa não é deles.

Quando alguém possui somente uma lente, ela enxerga o mundo de uma única forma.

A maioria desses escritores acredita que basta gramática perfeita para ter resultados.

Porém, esses escritores nunca colocaram uma lente de marketing.

Eles não sabem vender seus serviços.

Cobram por quantidade de palavras escritas, como se fossem operários de uma fábrica.

E ainda acreditam que escritores milionários (e até bilionários) tiveram que vender sua alma para alcançar sucesso.

Enquanto essa lente não for trocada por uma nova, esse escritor continuará patinando no mesmo local.

Escrevendo textos que ninguém dá a mínima atenção e ele (secretamente) odeia seu trabalho por isso.

Que tal fazer parte dos 5% que podem dizer que vivem da sua própria escrita?

Como ser muito bem pago pelo que você AMA escrever.

Escritor Milionário

Torne-se um Escritor Milionário →
Escritor Milionário

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade