close

Mais Blog

7 sinais que o seu Template Wordpress gratuito está sabotando o resultado do seu blog

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 3 de setembro de 2019
Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você já pensou que o template WordPress gratuito pudesse ser o grande vilão por trás dos resultados medianos do seu blog?

Pode ser que você tenha prometido investir em um template WordPress profissional somente quando começasse a receber um bom número de visitas.

No entanto, seu site não sai do lugar há meses.

Logo, seu blog continua com a mesma aparência de sempre.

E você, sem saber se foi o ovo ou a galinha que surgiu primeiro…

Claro, o WordPress oferece algumas boas opções de temas para quem está começando.

Porém, você não vai sair do “começando” se não decidir tratar seu blog como um negócio de verdade, investindo, por exemplo, em um template WordPress de qualidade.

Quanto mais você demora para mudar a sua mentalidade (e seu tema), mais você perde. 

Seja em audiência, seja em vendas.

Quer saber se o seu template WordPress pode ser a bola de ferro do seu sucesso na internet?

Continue lendo para ver se você identifica algum desses sinais…

1.  Seu blog parece exatamente igual a todos os outros 

A maioria dos blogueiros amadores usam templates WordPress gratuitos.

Se boa parte dos sites da internet são amadores, e todos eles usam as cerca de 5 opções existentes de temas gratuitos…o seu será apenas mais um na multidão.

Através de um tema pago, você conseguirá se destacar da grande maioria dos blogs. 

Não só porque muito menos sites terão o mesmo tema que você, mas também porque templates WordPress profissionais são customizáveis, permitindo um alto nível de personalização, incluindo mudanças de fontes, cores e até estilo.

Sem precisar ter conhecimento em códigos ou ter que recorrer a mil plugins para isso.

2. Você precisa de plugins para fazer qualquer personalização no seu blog

Não dá para negar que plugins são muito práticos para fazer melhorias em blogs e sites, especialmente para quem não entende nada de desenvolvimento web.

Basta um clique e aquela personalização que você tanto precisava passa a funcionar.

Mas como nem tudo é perfeito, é preciso tomar cuidado com os plugins que você instala no seu site.

Eles podem parecer inofensivos, mas um único deles pode:

  • Travar completamente seu painel do WordPress;
  • Tirar seu site do ar;
  • Ser incompatível com seu tema ou demais plugins já instalados.

Um template WordPress profissional, como o Athena, já traz algumas funcionalidades que só são possíveis com o uso de plugins:

  • Compartilhamento social
  • Página de contato pronta para envio de emails
  • Integração com o Google Analytics

3. Caixas de captura de email que não convertem

Você precisa construir ou aumentar sua lista de emails se quiser ter um negócio digital lucrativo.

Independente se você opta por fazer lançamentos ou modelos de vendas recorrentes, como fazemos através das Campanhas Semanais, você precisará de uma lista de emails ativa.

Os templates WordPress gratuitos até permitem que você coloque uma caixa de captura na lateral do seu blog.

Agora, inserir nos locais onde a conversão é realmente maior, como no topo da homepage?

template WordPress Athena

Aí já não é tão simples assim…

O Viver de Blog foi um dos primeiros blogs a utilizar esse modelo de captura na página inicial do blog.

Ela é responsável por 30% dos emails capturados dentro do blog, uma quantidade bastante significativa, e que nos possibilita ter uma lista de emails sempre crescendo (com qualidade).

Outro lugar muito bom para inserir tanto caixas de captura, como banners promocionais dos seus produtos, é o fim da página, perto do rodapé.

O usuário que leu todo seu conteúdo e chegou até aqui, está bastante engajado, e com mais chances de cadastrar seu email ou até mesmo fazer uma compra.

A barra lateral não é nem de longe o melhor lugar para colocar uma caixa de captura (como você deve ter percebido, nós sequer temos barra lateral).

Além de poluir o design e tirar atenção do leitor do conteúdo, as pessoas facilmente associam banners nas laterais de sites como propagandas, então acabam sofrendo do efeito da “cegueira de anúncios”.

Como você também deve ter percebido, a caixa de captura não fica apenas na homepage, mas no topo de todas as páginas do site.

E isso dificilmente poderá ser feito por um template WordPress gratuito ou por um plugin.

4. A taxa de rejeição do seu blog está acima de 85%

Quando um novo visitante chega no seu site, geralmente através de uma busca feita no Google, e dá de cara com um design sem graça ou um site tão recheado de elementos, pop-ups e banners, que a única reação que ele tem é sair correndo dali.

Vai dizer que você nunca fez isso?

Caso a sua taxa de rejeição esteja acima de 85%, sinto dizer, mas seus visitantes devem estar fazendo o mesmo com você.

Nem adianta justificar dizendo que o seu conteúdo é excelente, afinal, é isso que importa, certo?

Sim e não.

Sim, porque não existe um blog de sucesso sem um excelente conteúdo para dar sustentação.

E não, porque nesse caso o design é tão ruim, que o visitante nem sente vontade de ler uma linha do que você escreveu.

Tudo isso porque você tem pouquíssimos segundos para causar uma boa impressão e está falhando nessa tarefa.

Infelizmente, esse não é um caso isolado, já que 94% das pessoas diz não confiar em um site por causa do design.

Templates WordPress gratuitos não permitem muita personalização de design, e, como já vimos, acabam por deixar seu blog parecido com quase todos os outros na internet.

Dando a sensação ao usuário de que ele já leu aquele conteúdo em outro lugar, ainda que não tenha sido no seu site.

Seu blog precisa ser atraente, organizado e funcionar corretamente, oferecendo uma ótima experiência ao usuário.

5. Site extremamente lento para carregar

Ninguém mais tem paciência ao navegar pela internet. Tanto que 75% dos usuários abandonam um site se ele não carrega em menos de 4 segundos.

E a cada segundo, a satisfação do visitante só cai.

O Google também não perdoa um site lento, o que pode afetar diretamente o SEO do seu blog.

Você não quer ver isso acontecendo!

Se seu blog está demorando demais para carregar, um dos culpados pode ser o servidor.

Mas pode ser que o template WordPress que você usa esteja conflitando com algum plugin também. 

6. Conteúdos soterrados nas últimas páginas do Google

Além do tempo de carregamento afetar diretamente o ranqueamento do seu site, outros dois fatores são fundamentais para ter um blog otimizado para SEO:

  • Conteúdo de altíssima qualidade, escrito para responder buscas frequentes das pessoas na internet;
  • Template WordPress responsivo e com as tecnologias mais atuais de SEO disponíveis.

Porém, temas gratuitos não costumam ser otimizados para SEO.

Inclusive, esse pode ser o motivo pelo qual você praticamente não recebe visitas.

7. Não ter a quem pedir ajuda quando o tema dá problema

Serviços de suporte costumam ser uma exclusividade de templates WordPress pagos.

.Seja para uma ajuda no momento da instalação ou quando algo sai completamente errado.

Caso o tema seja atualizado, e algum bug aconteça no seu blog, sinto dizer, mas sem o conhecimento técnico, você estará por sua conta e risco.

Geralmente os templates WordPress gratuitos são atualizados com uma frequência bem menor do que os temas pagos. 

Se forem atualizados de maneira geral…

Como são gratuitos, você também não pode reclamar se ele parar de funcionar por algum motivo.

Como deu para perceber, não existe absolutamente nada gratuito de verdade.

Essa é apenas uma ilusão, já que o custo de não ter um blog ou site profissional pode ser muito alto para seu negócio.

  • Pode custar seu faturamento
  • Pode custar sua lucratividade
  • E pior, pode colocar em risco sua credibilidade.

Quem quer ter um negócio digital lucrativo, ou ganhar dinheiro através do próprio talento para escrita, precisa tratar seu blog de maneira profissional

O que inclui investir em ferramentas para melhorar a experiência do visitante e, possivelmente, futuro cliente.

Enquanto você não enxergar seu blog como um negócio, ele será sempre como tantos outros pela internet.

Amadores, sem graça e, principalmente, sem resultados

Esse preço, você está disposto a pagar?

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade