close

Mais Blog

Como digitar rápido: 10 dicas exclusivas para acelerar sua escrita

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 4 de agosto de 2021
Junte-se a mais de 250.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Tem dias que a inspiração parece a sua melhor amiga.

É só sentar na frente do computador e a mágica é produzida com o toque dos dedos no teclado.

Porém, até os mais experientes encontram dificuldades de digitar na mesma velocidade em que seus pensamentos surgem.

Será que aprender como digitar rápido pode ajudar você a ser mais produtivo, capturar as melhores ideias e escrever cada vez melhor?

Claro que sim!

Veja as 10 dicas exclusivas para digitar rápido, produzir mais palavras por minuto sem perder a qualidade de vista.

1. Mesmo hábito, mesmo horário

Você precisa escrever todos os dias e, de preferência, no mesmo horário, no mesmo local e até mesmo escutando as mesmas músicas.

Isso fará com que seu cérebro entenda que é hora de escrever e facilite o processo.

Importante também que o local esteja organizado e limpo, assim facilitará a sua concentração.

Você pode marcar um tempo para ser seu “sprint” e este tempo você usará exclusivamente para escrever. Sem distrações. Apenas escrever.

Pode ser 5 minutos, 10 minutos, 15 minutos, 1 hora… Você quem decide. O importante é criar a consistência e o hábito.

Se tudo que você tem são 15 minutos, esteja presente no mesmo dia e no mesmo local para escrever. A cada vez que você fizer isso, sua mente entrará mais rápido no flow da escrita e melhor seu tempo será aproveitado.

Agora, se você juntar o hábito de escrever sempre no mesmo horário, com um planejamento prévio, sua velocidade de digitação irá triplicar.

2. Crie seu calendário pessoal de escrita

Separe um dia na semana, de preferência o domingo, para planejar os temas que você irá escrever ao longo da semana.

Lembrando sempre que é melhor escrever 30 minutos, todos os dias, do que 3 horas em um sábado.

Se você elimina as distrações, faz sua pesquisa, mantém um banco de ideias e sempre sabe sobre o que irá escrever, esses mesmos 30 minutos podem ser muito mais produtivos.

Escrever por 1 hora com a mente clara e limpa como um lindo dia de sol vale o mesmo que 5 horas com uma mente nebulosa.

Desde que você mantenha a disciplina diária, ou quase isso, é impossível não aprender como digitar rápido. Portanto, evite ao máximo perder 2 dias seguidos de escrita. Isso quebra a corrente. E como você bem sabe, dá azar quebrar uma corrente.

3. Pesquisa Preventiva

Quando você trabalha em um alto ritmo de escrita, como é o caso de produtores de conteúdo, copywriters e redatores, precisa encontrar formas de evitar o bloqueio criativo.

Estar sempre pesquisando referências novas e outros especialistas nos assuntos do seu nicho, e fora dele,  é uma ótima forma de manter a mente afiada para fazer novas conexões de ideias.

Por mais que você entenda sobre o assunto que vai escrever, sempre é essencial que você pesquise o que outras pessoas estão falando sobre o tema, quais são as informações atualizadas, e o que o público está buscando sobre aquilo.

Não só você será capaz de criar textos de maior qualidade, como também entrará mais facilmente no estado de flow, onde suas ideias vão fluir tão ou mais rápido que seus dedos.

4. Desenhe antes de escrever

Pensar no que você vai escrever pode ser uma atividade demorada, por exigir pesquisa e todo o processo de tomada de decisão.

No entanto, quando você já sabe o tema, ou seja, a Ideia Central do seu texto, tudo flui com muito mais facilidade, já que essa é uma decisão a menos para tomar no momento da criação.

Além da Big Idea, estruture seu texto em blocos, os tópicos e subtópicos, que vão dar sustentação à sua escrita, acelerando o processo, exatamente como ensino nesse artigo aqui.

Se você for uma pessoa visual, criar um mapa mental com toda a estrutura do seu texto pode ser útil no processo inicial de criação.

5. Domine seu teclado

Você já reparou que as letras J e F do seu teclado possuem linhas em alto-relevo? E que elas não estão ali presentes apenas por funções estéticas?

Elas servem para que você posicione o dedo indicador da sua mão esquerda na letra F e o da mão direita na letra J.

Consequentemente, seus outros dedos ficarão na seguinte posição:

  • Mão esquerda: ASDF
  • Mão direita: JKL

Digitar rápido exige controle sobre essa ferramenta mais presente do que lápis e caneta na vida dos escritores modernos.

Para dominar seu teclado, além de posicionar o mesmo dedo para teclas específicas, é importante não olhar para o teclado ao digitar.

Se você ainda não consegue, saiba que tudo que você precisa é de um pouco de treino. Para isso, indico o aplicativo online Key Hero.

6. Meça o quanto escreve

Todo esportista treina com métodos. Como escritor de elite, e não apenas um amador, você precisa de um método para medir seu progresso na escrita e saber se está conseguindo digitar rápido.

Para acompanhar sua evolução, anote, diariamente:

  • Quanto tempo passou escrevendo.
  • Total de palavras que escreveu durante esse tempo.

A cada dia compare com os resultados anteriores.

Você vai perceber que você vai digitar cada vez mais palavras na mesma quantidade de tempo.

Sua evolução na velocidade de digitação deve ser comparada apenas com seu desempenho anterior. Mas se você quiser saber se seus números são bons ou precisam de uma melhoria, use como base esses dados:

Velocidade de digitação (palavras por minuto).

  • Baixa: 0-30
  • Média: 30-50
  • Alta: 50-80
  • Profissional: 80-120
  • Gênio: 120+

7. Aposte nos jogos para digitar mais rápido

Aprender a digitar rápido é muito mais divertido se você faz desse treino enfadonho, um desafio estimulante.

Pensando nisso que muitos sites passaram a oferecer jogos de digitação rápida e alguns testes para  você afiar seu machado, ou melhor, sua habilidade de transformar ideias em palavras em menos tempo.

Portanto, se você quer divertir-se enquanto aprende como digitar rápido, pode recorrer a alguns desses aplicativos e jogos:

8. Digitar x Ditar

O ser humano digita, em média, cerca de 50 palavras por minuto.

No entanto, conseguimos ditar cerca de 140 palavras por minuto. Ou seja, falamos 2.8 vezes mais rápido do que escrevemos.

Uma forma de digitar rápido, ou melhor, de acelerar sua escrita, é ditando seu texto. Porém, preciso dizer que essa dica serve apenas em alguns casos específicos:

  • Quando você quer capturar uma ideia rápida para um trecho do seu texto.
  • Quando você não puder usar as mãos (você pode lavar a louça e escrever ditando enquanto isso).
  • Quando você desenvolve melhor seus pensamentos falando do que escrevendo.
  • Para criar o primeiro rascunho do seu texto, apenas para tirar ideias da cabeça.

A ferramenta mais acessível para ditar ao invés de digitar está no próprio Google Docs.

9. Escolha o editor certo para a sua necessidade

Nem o melhor equipamento do mundo transforma um artista medíocre em gênio.

Mas não dá para negar que as ferramentas certas ajudam, e muito, a tornar o processo de escrita mais fácil e a digitação mais rápida.

A menos que você seja um monge tibetano com cinquenta anos de experiência, garanto distrações na hora de escrever são normais.

Elas são como vilões em sua história.

Tiram o herói (você) do caminho certo para te jogar no meio da floresta escura recheada de monstros perigosos.

Mesmo assim, editores de texto insistem em te mostrar 139 funções na hora de escrever.

Caramba! Você só precisa de uma tela cheia sem distrações. Você deseja ver seu texto nascer, não um monte de opções inúteis de formatação.

Logo, recomendo descartar editores que já vem instalados nos computadores, como o Word (Windows) e Pages (Mac).

Procure um editor de texto que seja livre de distração. Por aqui uso o Ulysses (Mac), mas o Google Docs (Web) em tela cheia também dá conta do recado.

E para quem quer escrever livros ou roteiros, o Scrivener é uma boa opção sem distrações.

10. Seja um minimalista da escrita

No livro “Essencialismo, o autor fala da importância de saber fazer escolhas para definir onde aplicar tempo e energia, ambos recursos escassos e finitos.

Por isso, é muito importante investir tempo para descobrir no que focar e no que devemos deixar de lado.

O caminho para uma vida mais feliz é fazer “menos, porém melhor”.

Não se trata de fazer mais e sim de fazer as coisas certas.

Só quando nos permitimos parar de tentar fazer tudo e deixar de dizer sim a todos, é que conseguimos oferecer nossa contribuição máxima àquilo que realmente importa.

Algumas tarefas do seu dia, sem extrema relevância, mas que roubam sua energia, devem ser deixadas de lado para que sua escrita floresça.

Como Evoluir 6 Anos em Apenas 6 Meses: A Ciência dos Negócios de Alto Crescimento...

Mentoria Evolution

Clique, Assista o Vídeo e Leia o Relatório ➜
Mentoria Evolution

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

  • Junte-se a mais de 250.000 pessoas

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

    >