close

Mais Blog

7 erros de escrita que você comete sem saber ( e que são fáceis de corrigir)

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 27 de maio de 2021
Junte-se a mais de 250.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Quem não quer parar de cometer aqueles erros de escrita que parecem bobos, mas que causam efeitos colaterais graves, incluindo ter um texto completamente ignorado pelos leitores?

Sem mais delongas, vamos conhecer os 7 erros de escrita que a maioria das pessoas comete sem saber, mas que podem ser facilmente evitados após a leitura desse artigo.

Erro de escrita 1: Escrever sem ter uma estrutura de texto definida

Sabe aquele momento em que você abre o seu editor de textos, vê aquele cursor piscando e pensa, agora vou escrever 2 mil palavras em um único fôlego?

Então… isso raramente acontece. E sabe por quê? Pela falta de uma estrutura de texto prévia já definida.

Esse é o erro de escrita n.º1 dessa lista porque ele vai impedir que você faça o mais importante: escreva.

Falta de estrutura gera bloqueio criativo. Você trava por não saber o que escrever ou como dar segmento ao seu texto.

Além disso, gerará confusão, pois sem o planejamento prévio é muito mais difícil seguir uma única linha de raciocínio lógico ao longo de todo texto.

Ao invés de ter clareza, você terá um texto prolixo. E leitores detestam quando encontram esse tipo de erro de escrita, ainda que não saibam identificar o que causou toda essa confusão.

Como gerar estrutura para seu texto?

O que você precisa pensar:

  1. Tema
  2. Pesquisa de referências
  3. Possível título
  4. Conceito
  5. Possíveis tópicos
  6. Introdução
  7. Conclusão

 Erro de escrita 2: Texto sem um Conceito (Big IDEA)

Todo texto deve girar em torno de um único conceito, a Big Idea, que, para ser eficiente precisa ser:

  • Grandiosa e impactante
  • Fácil de compreender
  • Útil
  • Imediatamente convincente

O  conceito é como colocar uma lente nova para enxergar melhor, pegando uma ideia embaçada e transformando-a em uma ideia cristalina.

Conceitos são amplamente utilizados em filmes

Você deve conhecer o filme Duro de Matar, com Bruce Willis, ainda mais se passou sua adolescência assistindo à Sessão da Tarde.

Mesmo assim, vamos recapitular um pouco da história:

Jonh Mc Clane é um policial que faz uma viagem ao Japão para passar o Natal com sua família. Porém, a festa de fim de ano na sede japonesa onde trabalha sua esposa é interrompida por terroristas e Mc Clane percebe que eles terão que se salvar sozinhos, pois ninguém vira em seu socorro.

Assim nasce o conceito de Duro de Matar, um policial durão e pronto para enfrentar qualquer perigo para proteger os demais. Esse é um conceito de sucesso, que foi explorado por outros filmes ao longos dos anos:

  • Tempestade: Duro de matar num tornado.
  • Passageiro 57: Duro de matar num avião.

Comceitos estão tão presentes em histórias quanto produtos.

Conceito de produtos (travesseiro):

  • Travesseiro é genérico.
  • Travesseiro de viscoelástico é uma característica.
  • Travesseiro da Nasa é um conceito.
  • Travesseiro Pluma de Ganso é um conceito.
  • Travesseiro Pluma de Ganso Siberiano de 600 fios é um conceito.

Conceito é uma ideia central simples, profunda e memorável que direciona todo o filme, série, texto ou produto. Veja esses exemplos bastante conhecidos:

  • Calcanhar de Aquiles: guerreio invencível tem um ponto fraco.
  • Um diamante é para sempre: De Beers’
  • Invisalign: Alinhador Transparente (“aparelho”)

Ignorar o conceito é dos erros de escrita presentes em textos sem graça, sem personalidade e bastante confusos. Outro bastante comum, envolve títulos.

 Erro de escrita 3: Título fraco, sem magnetismo

Títulos estão por toda parte:

O título é o primeiro contato do seu leitor com seu texto. Falhe em atrair sua atenção logo nos 3 primeiros segundos e você já o perdeu.

Títulos são como paraquedas: ao falhar em abrir, tudo estará perdido.

Logo, você precisa pensar bem mais no seu título que imagina. Vamos ver como podemos transformar um título fraco em uma headline poderosa.

Fraco: Emagrecimento dentro de sua casa

4Us:

  1. Útil: Promessa sobre como fazer algo.
  2. Urgência: Desejo do AGORA.
  3. Ultra-específico: Usar a precisão dos números para causar interesse.
  4. Único: Gera curiosidade: não há nada parecido no mercado.

Forte: “Como secar sua barriga já no próximo mês fazendo exercícios físicos de apenas 9 minutos em sua casa com o método E.A.S.Y.”

  1. Útil: como secar sua barriga | fazendo exercícios físicos
  2. Urgência: já no próximo mês
  3. Ultra-específico: de apenas 9 minutos em sua casa
  4. Único: com o método E.A.S.Y.

Palavras poderosas para usar em títulos:

  • Segredo: 
    • O segredo que ninguém contou a você sobre como ganhar dinheiro na internet.
  • Maneiras Pouco Conhecidas: 
    • 3 maneiras pouco conhecidas de perder peso
  • Todo mundo deveria saber: 
    • O que todo mundo deveria saber sobre planos de saúde.
  • Sinais:
    • 3 sinais de que sua estratégia de marketing digital está afundando.
  • Surpreendente Verdade:
    • A surpreendente verdade que nunca contaram a você sobre dietas.
  • Guia completo:
    • Como viver da sua habilidade de escrever – o guia completo.
  • Erros:
    • 7 erros bobos que você comete sem saber ao escrever.

 Erro de escrita 4: Introdução sem sal

Se o título serve para chamar atenção, a introdução serve para confirmar o interesse em continuar lendo.

Não comece direto no conteúdo. Prepare seu leitor. Deixe ele curioso.

Introduções de livros/filmes:

The Great Gatsby (O Grande Gatsby)

“Em meus anos mais jovens e vulneráveis, meu pai me deu alguns conselhos que venho revirando em minha mente desde então.”

Goodfellas (Os Bons Companheiros)

“Desde que me lembro, sempre quis ser um gangster.”

The Social Network (A Rede Social)

“Você sabia que há mais pessoas com QI de gênio morando na China que pessoas de qualquer tipo nos Estados Unidos?”

3 maneiras de prender atenção do leitor logo na introdução:

1. Faça uma pergunta abrindo uma curiosidade.

  • Você sabia que há mais pessoas com QI de gênio morando na China que pessoas de qualquer tipo nos Estados Unidos?”
  • Você sabia que 76% dos redatores ganham menos de um salário mínimo por mês? E que existe um pequeno grupo de escritores que tira (constantemente) mais de 10 mil reais por mês?
  • Você já sentiu isso? Aquele frio na barriga e o coração batendo mais forte?

2. Conte uma história

Meu professor de Química disse na frente de todos meus amigos:

“Você vai fracassar no vestibular porque não entende nada de Química”.

Era meu último ano na escola. O último ano antes do vestibular.

E eu estava de recuperação em 3 matérias: Biologia, Física e, claro, Química.

3.Revele uma vulnerabilidade, um segredo, uma confissão

Vou te confessar algo que chego até a sentir vergonha de contar.

Um erro grave que cometi quando dei meus primeiros passos na jornada para viver exclusivamente da minha escrita.

 Erro de escrita 5: Vários objetivos em um único texto

Um texto sem objetivo único é como um carro sem GPS perdido no meio da estrada.

Ele pode ir para várias direções, mas nunca chega no seu destino.

Um texto com várias ideias são como miragens no deserto. Iludem você com uma falsa promessa.

Manter uma linha de raciocínio lógica do início ao fim de um texto não é o padrão que vemos por aí, mas deveria ser uma regra.

A tentação que temos em falar sobre tudo o que sabemos é grande, mas ela mais atrapalha que ajuda.

Se você irá escrever sobre investir dinheiro, não fale sobre produtividade, criatividade e esportes.

Se você irá escrever sobre emagrecimento, evite falar também sobre exercícios físicos, sono e suplementação.

Se você irá escrever sobre relacionamento, esqueça por um momento a espiritualidade, o dinheiro e carreira.

Mesmo você que acredite numa visão holística e generalista para tudo, sua audiência ficará mais confusa do que alimentada de conhecimento.

Profissionais da área da saúde são quem mais sofrem dessa síndrome.

Atiram para todos os lados, mas esquecem que a memória humana é limitada e que as pessoas colocam profissionais em uma caixinha.

Você contrataria um advogado para fazer uma consulta para avaliação de uma doença?

Você contrataria um médico para fazer um contrato de sociedade em empresa?

Um texto precisa ser uma linha reta, uma rodovia de alta velocidade com início e fim claros. Sem curvas, sem desvios, sem tangentes.

Por isso a melhor maneira de manter esse GPS da escrita ligado é estruturar seu texto antes de escrevê-lo. Ou seja, rascunhe seus tópicos antes para não se perder durante a escrita.

 Erro de escrita 6: Conclusão esperada ou inexistente

A parte mais difícil de escrever, seja o roteiro de um filme, um livro ou até mesmo em um artigo é a conclusão.

Um final ruim pode arruinar toda a experiência que você teve com uma história, ainda que ela tenha sido excelente até então.

Ou no mínimo vai deixar um gosto amargo na boca de quem acompanhou com as expectativas nas alturas, somente para se decepcionar no fim.

É na conclusão que as pontas soltas são amarradas.

Se essa ligação é feita de forma preguiçosa, sem responder à provocação inicial e à expectativa que você gerou no começo, não há conteúdo de qualidade que se sustente.

A conclusão chega para fechar com chave de ouro e bater o martelo na impressão que o seu post, livro ou artigo vai deixar na mente de quem leu.

Todo texto precisa de um final. É óbvio, mas vários terminam do nada ou possuem uma conclusão esperada, sem graça.

Pense nas séries, livros e filmes que mais te marcaram: eles possuem finais incríveis. Uma sensação de que não poderia terminar melhor, como:

  • As primeiras temporadas de GOT.
  • A série inteira de Breaking Bad.
  • O filme “A Origem”.
  • Livros como Harry Potter.

Em um post em rede social, você possui diversas chamadas para ação:

  • curtir
  • salvar
  • comentar
  • marcar pessoas
  • compartilhar
  • seguir / se inscrever

Mas você deve escolher apenas UMA chamada para ação.

De preferência, envolva sua audiência, perguntando sua opinião, afinal, um texto não é uma relação um a um, mas nós, escritores, precisamos criar o efeito de uma comunidade.

 Erro de escrita 7: Revisão rápida

Corrigir apenas erros de português é apenas 10% do trabalho de revisão. E o mais fácil.

Uma boa revisão é feita em 3 estágios:

  1. Ideia: conceito do texto.
  2. Estrutura: título, introdução, tópicos, conclusão, ordem de parágrafos.
  3. Palavras: cirurgia com bisturi. Procurar palavras melhores e menores.

Idealmente, revise o texto em voz alta e, de preferência, no dia seguinte.

Depois dessa lista de erros de escrita, que você nem sabia que estava cometendo, seus textos nunca mais serão os mesmos.

E se você quer continuar evoluindo na arte da escrita, participe das aulas ao vivo que faço toda terça-feira, às 19 horas, no YouTube.

Espero você por lá!

Junte-se a mais de 250.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

>