close

Mais Presença

Processo passo a passo para escolher e organizar as melhores ideias para escrever

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 23 de janeiro de 2020
Junte-se a mais de 250.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Todos os escritores, sejam iniciantes ou mais experientes, enfrentam 3 grandes obstáculos:

  • Ter ideias para escrever um conteúdo interessante;
  • A procrastinação para começar seu texto;
  • Dúvidas na hora de desenvolver a escrita e fechar com chave de ouro.

Esses três obstáculos são sintomas do mesmo problema doloroso, que se resume a não compreender com clareza o que você está tentando realizar com sua escrita.

Ou seja, a falta de um processo para escolher e organizar ideias para escrever.

Pode parecer estranho usar processos para uma atividade criativa e artística como escrever, porém, organizar desde o momento da escolha das ideias para escrever até o rascunho final irá melhorar não só a sua velocidade de escrita como a qualidade do texto final.

1. Incentive seu cérebro a criar mais ideias para escrever

Ideias para escrever podem surgir de todos os lugares.

Dos mais comuns aos menos prováveis.

Seja durante o banho, uma caminhada ou durante uma conversa, elas aparecem quando estamos menos preparados para a sua chegada.

Escritores em geral tendem a passar muitas horas do seu dia olhando para a tela do computador à espera de incríveis ideias para escrever.

No entanto, elas só dão o ar da graça quando desejam, em momentos onde a nossa mente está mais calma e relaxada, permitindo que tudo aquilo que pesquisamos, estudamos e lemos venha à tona.

Por mais que você acredite que suas ideias são 100% originais, elas vem de algum lugar ou de alguém.

Roube ideias para escrever de seus autores favoritos

Onde termina a inspiração e começa a cópia?

Antes de responder essa pergunta, quero dizer uma coisa.

Somente os iniciantes acreditam que precisam de ideias 100% originais, seja para começar a escrever, pintar ou desenvolver qualquer trabalho criativo.

Se você estiver começando sua jornada no mundo da escrita, não hesite em pegar emprestados alguns elementos do seu escritor favorito.

Não o copie completamente, mas tome como base alguém que já percorreu esse caminho.

Combine sucessos familiares

Ao desejar criar do absoluto nada, sabe o que acontece?

Nada!

Todas as boas ideias são mixes e remixes de ideias que já fizeram sucesso em algum ponto.

Mas que foram transformadas o suficiente para trazer o fator da novidade, sem perder o ar de familiaridade.

Porque uma ideia inovadora demais pode causar o efeito oposto ao desejado.

As pessoas não querem sentir tédio com aquilo que já virou “modinha”, mas também não querem ser as únicas a adotarem uma mudança.

Se você criar um texto com base em outros 10 textos que leu e acrescentando a sua visão particular de mundo sobre os pontos que julgou mais interessantes, você consideraria uma cópia ou inspiração?

E se você escolhesse apenas um desses textos e mudasse apenas algumas palavras, isso seria cópia ou inspiração?

Parece óbvia a diferença entre os dois, certo?

Um exemplo bem claro de como ideias existentes ganham nova roupagem acontece na indústria cinematográfica.

Os produtores têm de avaliar centenas de projetos por ano, mas só podem aceitar uma minúscula porcentagem deles.

Para chamar sua atenção, os roteiristas frequentemente emolduram ideias originais como uma nova combinação de dois sucessos familiares, como:

“É Romeu e Julieta em um navio que está afundando!” (Titanic)

“É Toy Story com animais falantes!” (Pets — A vida secreta dos bichos).

O truque é aprender a emoldurar novas ideias como se fossem ajustes a ideias antigas, para que as pessoas vejam a familiaridade atrás da novidade.

Anote insights e dados sobre seu público-alvo

Assim como eu, meu público ama escrever.

E por ser um escritor, eu conheço muito bem as dores, os desejos e as dúvidas daqueles que querem dominar essa arte, seja para potencializar seu negócio online, seja para ganhar mais dinheiro com sua habilidade.

Ou ainda para realizar o sonho de escrever e publicar um livro.

Aqui na Viver de Blog fazemos pesquisas frequentes com nossa audiência e nossos clientes para encontrar formas de melhorar nossos produtos e conteúdos gratuitos.

As respostas sempre  trazem ótimas ideias para escrever, sejam conteúdos para o blog ou novas sequências de emails para vender o curso Escritor Milionário.

O que não quer dizer que toda ideia mereça virar um artigo, ebook ou até mesmo um produto.

Como diferenciar as boas ideias para escrever das perdedoras

Mas já se perguntou por que algumas ideias funcionam tão bem e outras falham de forma terrível?

O livro “Ideias que colam” foca em responder essa pergunta tão importante.

E organiza essa explicação em torno de 6 princípios fundamentais para uma ideia funcionar, apresentados através do acrônimo SUCCESS.

  • SIMPLICITY – Simplicidade
  • UNEXPECTEDNESS – Inesperado
  • CONCRETENESS – Concreto
  • CREDIBILITY – Credibilidade
  • EMOTIONS – Emoções
  • STORIES – Histórias

Isso significa que uma ideia que gruda em nossa mente e é facilmente lembrada precisa fazer com que as pessoas:

1. Entendam facilmente ela: simples.

2. Prestem atenção nela: inesperado.

3. Lembrem com visuais e sentimentos: tangível.

4. Acreditem nela: credibilidade.

5. Se preocupem com ela: emocional.

6. Tomem ação sobre ela: história.

Como saber se a ideia para escrever seu próximo texto será um sucesso retumbante ou um fracasso completo?

Analise e veja se esses 6 elementos estão presentes, esse já será um ótimo termômetro de como seu público irá receber sua criação.

2.Organize suas ideias para escrever

Imagine, toda vez que você chega naquele momento do seu dia que separou somente para escrever, olha para tela em branco e pensa: e agora?

Perde um tempo precioso da sua escrita tentando ter uma ideia genial, que, por razões óbvias, nunca chega, e termina cansado, frustrado e sem nenhuma palavra no papel.

Todo escritor precisa da sua fonte luminosa, vinda do seu banco de ideias prontas para virarem textos memoráveis.

As ideias para escrever que surgiram de pesquisas, leituras, estudos e conversas.

E que podem, algum dia, servirem como fonte de inspiração.

Sua experiência de vida, as histórias que você viveu, os lugares que conheceu, tudo que aprendeu ao longo dos anos, todas essas memórias são também fontes do seu banco de ideias.

Juntando conhecimentos de áreas diversas, você enriquece e diferencia sua criação e traz o toque de originalidade tão importante para a escrita.

Aplicativos para organizar suas ideias

O que você escreve é muito mais importante do que onde você escreve.

Assim como a melhor máquina fotográfica do mundo não faz de ninguém um fotógrafo premiado, o melhor editor de textos, seja ele o Pages, o Ulysses, o Markdown Pad ou o Word, não vão garantir uma escrita mais impactante.

Ainda assim, bons aplicativos são excelentes para organizar ideias antes de escrever, tornando o processo de escrita muito mais produtivo.

Por muito tempo usei o Evernote para captar e organizar ideias, separando tudo em pastas.

Hoje em dia eu uso um aplicativo chamado Bear, muito parecido com o Evernote, e lá eu vou salvando conteúdos interessantes que encontro na internet ou ideias que surgem naqueles momentos que não estou na frente do meu computador.

Até mesmo o próprio post-it é ótimo para não perder ideias que podem virar ótimos artigos, postagens para o Instagram ou emails para as campanhas semanais da Viver de Blog.

3. Um assunto – diversos enfoques = conteúdos infinitos

Um único assunto pode render muitas ideias para escrever.

Vou usar como exemplo um caso real da Viver de Blog para que você veja como é simples criar muitas ideias para escrever de um único assunto.

Uma das maiores dores da minha audiência é a falta de foco na hora de escrever.

Com esse assunto central em mente, eu posso gerar diversas ideias para escrever, como esses exemplos:

  • “3 técnicas famosas para ter mais foco que estão silenciosamente destruindo sua concentração”.
  • “5 vilões na palma da sua mão que atrapalham sua concentração para escrever”.

São várias perspectivas sobre o mesmo tema. E todas essas informações ficam armazenadas em um único lugar: no meu editor de textos favorito: o Ulysses.

4. Coloque a mente no modo escrita

Não importa qual aplicativo ou editor de texto você decide usar, mas na hora de partir para a escrita propriamente dita, recomendo que você use sempre o mesmo app para colocar sua mente 100% concentrada no “modo escrita”.

Assim, você trocará o modo pesquisa e captação de ideias pelo modo escrita, onde seu único objetivo é derramar palavras na folha em branco à sua frente e nada mais.

Quanto mais o aplicativo for livre de distrações, melhor para seu foco, por isso opto pelo Ulysses. Para quem usa Windows, Stack Edit é uma boa opção gratuita.

O Ulysses permite que eu organize meus textos em pastas.  Se eu preciso acessar um texto, rapidamente consigo fazer isso por causa dessa organização.

Se você quiser saber mais sobre essa ferramenta, assista ao vídeo de resenha sobre ela aqui.

Além de um editor livre de distrações, uso uma técnica bastante conhecida para fazer sprints de escrita ultra-focados: a Técnica Pomodoro.

Técnica Pomodoro

Sua produtividade pode dar um salto quântico quando você começar a trabalhar em blocos.

Quando você está focado em um tipo de tarefa, como escrever, por exemplo, você tem menos distrações ou perda de contexto entre uma tarefa e outra.

Logo, se você pular de escrever para gravar um vídeo para responder mensagens no WhatsApp e ligar para o Banco, sua perda de contexto quando voltar a escrever será enorme. Você precisará lembra onde parou e isso toma tempo e parte do seu reservatório mental.

Após o ritual matinal, a minha primeira hora de trabalho mesmo é geralmente reservada para escrever.

Esse é meu melhor momento de clareza mental durante o dia e por isso dedico esse tempo para uma tarefa ultra importante.

Uso um aplicativo chamado Due para monitorar esses blocos de tempo, que consistem em 1 hora de trabalho com uns 10 minutos de descanso.

A vantagem desse aplicativo em relação a outros timers é a possibilidade de lembrete recorrente. Posso pedir para ele me lembrar, ao final de 1 hora de trabalho, de 1 em 1 minuto para dar uma pausa.

Assim fica difícil ignorar essa pausa. E acredite, sem esse lembrete recorrente, nossa mente tende a ignorar o aviso de que o tempo de trabalho acabou e continuar escrevendo.

5.Estruture o texto antes de escrever

Sempre começo organizando o corpo do texto com os principais tópicos e subtópicos dentro do tema que escolhi escrever.

Não só consigo gerar mais clareza sobre o assunto, como o famigerado medo da página em branco desaparece no dia da escrita, afinal, ela já não está mais vazia. Exatamente como esse artigo que você está lendo agora.

Como você deve ter percebido, o texto está divido em tópicos e subtópicos, que não só melhoram a experiência do leitor, mas me ajudam a escrever esse texto mais rápido e seguindo uma linha lógica de raciocínio.

O conceito desse texto é mostrar que só ficam sem ideia para escrever aqueles que não tem um processo claro e organizado. Com base nesse tema, eu listei cada um dos passos do meu método de organização:

  • Introdução
  • Apresentação dos passos do meu processo de escrita.
  • Descrição de cada um deles.
  • Exemplos e histórias para ilustrar as dicas.
  • Conclusão

E assim eu vou formando uma ideia na minha cabeça.

Pense nas respostas para as seguintes perguntas:

  • Qual promessa você está fazendo ao seu público com este texto?
  • O que você vai ensinar a eles?
  • E por que eles deveriam se importar?

Cada uma dessas respostas será um tópico e/ou subtópico. Esse é o esboço do seu texto, que pode, inclusive, ser criado em formato de mapa mental.

Com o seu objetivo em mente e as perguntas que você deve responder identificadas, agora você começa a colocar as coisas no papel ou no seu editor de textos.

Preencha os espaços em branco com escrita de qualidade

O esboço começa a ser desenhado quando você coloca sua ideia central em frases e parágrafos.

Aqui você se concentra em explicar, apoiar e conectar suas ideias para escrever.

Independentemente de quanto você pense e planeje, na hora da escrita as ideias vão começar a criar vida própria. Deixe sua criatividade fluir sem julgamento e deixe a revisão do seu texto para outro momento.

3 soluções para nunca mais ficar sem ideias para escrever

A criatividade é vista quase como um dom divino.

Um talento de poucos, desejado por muitos, quando, na verdade, outros problemas mais simples de resolver são os verdadeiros “culpados” da escassez de ideias para escrever textos memoráveis, tais como:

1.Falta informação de qualidade.

Somente pessoas talentosas e especiais são naturalmente criativas, certo?

Errado!

Para ser criativo em determinada área, é preciso adquirir conhecimento.

Escritores só escrevem bem porque leem com muita frequência.

Cantores só aprendem a cantar vendo outros fazerem o mesmo.

Lembre-se: criatividade depende de boas referências.

2.Falta de clareza mental

Se o estresse ainda faz parte da sua rotina, o nível de atenção e energia, já muito dividido entre todos esses afazeres, despenca. Não há criatividade que floresça nesse cenário.

Separe um momento do seu dia ou da sua semana, para dedicar 100% a essa atividade.

Sem interrupções, sem internet e sem celular.

Coloque essa atividade como prioridade dentro do seu planejamento e proteja esse tempo, custe o que custar.

Não atenda telefonemas e peça para as pessoas próximas respeitarem esse momento, nem que seja 10, 20 minutos do seu dia.

Seu cérebro acostumará com a ideia de que aquela hora é perfeita para deixar as ideias fluírem, e acredite, elas vão aparecer de forma cada vez mais rápida e fácil.

3.Excesso de distrações

Além de ocupados, estamos completamente distraídos.

Os grandes vilões do nosso tempo são a internet, o celular e as redes sociais.

Notificações que pipocam a todo momento. O vício em responder imediatamente uma mensagem que chega. A tentação de olhar fotos no Instagram…

Todas elas na palma da nossa mão.

Dificilmente você conseguirá entrar em flow, aquele estado onde as ideias fluem como água descendo pela montanha, se for constantemente interrompido com as notificações do seu celular.

Não existe melhor ferramenta para um escritor do que a sua própria mente, repleta de capacidade criativa, imaginação e paixão pela escrita.

Cuide dela e nunca mais fique sem ideias para qualquer coisa que você queira imaginar e transformar em realidade.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

  • Muito obrigada por compartilhar todo seu conhecimento de maneira tão acessível. Está me ajudando demais a despertar!

  • Pra mim é um desafio escrever com uma certa frequência, exige muita disciplina. Mas estou conseguindo superar isso aos poucos.

  • Junte-se a mais de 250.000 pessoas

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

    >