close

Mais Blog

Os 7 mandamentos do conteúdo digital: o passo a passo para todo empreendedor que quer transformar sua audiência em clientes apaixonados

Henrique Carvalho Escrito por Henrique Carvalho em 21 de novembro de 2017
Você não pode ignorar se deseja ter resultados online

Os 7 mandamentos (e duas leis) dos conteúdos digitais de qualidade

clear

Download

Baixe gratuitamente seu material.

O conteúdo digital vem ganhando na luta pela atenção das pessoas.

De acordo com dados da Global Web Index os brasileiros passam, em média, 3.9 horas do seu dia navegando pela internet, e, obviamente, consumindo conteúdos digitais de todos os tipos, como textos, áudios e vídeos.

Só os adolescentes, o futuro do mercado consumidor, passam 27 horas por semana, conectados.

Sem falar que, quando os conteúdos digitais estão alinhados com uma estratégia de Inbound Marketing podem chegar a custar 62% menos e trazer até 3 vezes mais leads.

Todos esses dados deixam bastante claro que os conteúdos digitais são o futuro da comunicação e da estratégia de marketing.

Porém, não é só o tempo online das pessoas que aumenta, mas também a oferta de conteúdo disponível, e como você já deve ter percebido, a batalha pela atenção das pessoas fica cada vez mais acirrada.

Será que você sabe realmente produzir conteúdos digitais de qualidade ou está perdendo espaço na internet e gastando seu tempo e dinheiro?

Quer saber o que conteúdos digitais precisam apresentar para engajar o público e vender? Continue lendo para descobrir porque nesse artigo nós vamos falar sobre as 7 mandamentos dos conteúdos digitais de qualidade.

Os 3 principais objetivos dos conteúdos digitais

Os 3 principais objetivos de um conteúdo são:

1.Divertir: precisa apelar para as emoções das pessoas para gerar um desejo de compartilhar.

2.Educar: voltado principalmente para a parcela do público que não conhece bem seus produtos e serviços ainda. Também precisa ser interessante para gerar um alto número de compartilhamentos.

3.Converter: técnicas de persuasão e copywriting são bem-vindas nesse tipo de conteúdo que tem como foco principal convencer o consumidor aos poucos e usando as emoções, matando as objeções e relacionando os produtos e serviços aos maiores desejos dos possíveis clientes.

Ao produzir um conteúdo digital tenham em mente, muito antes de começar, qual desses 3 será o objetivo do que você vai oferecer à sua audiência.

Como falei neste artigo aqui, todo conteúdo precisa de um desses objetivos e de uma call to action que reforce a intenção.

Sem um objetivo, por que você deveria sequer produzir conteúdo?

Com o objetivo em mente, você pode escolher uma ou várias opções de conteúdos digitais para produzir, como:

  • Infográficos
  • Vídeos
  • Artigos
  • Imagens
  • Postagens em redes sociais
  • Lives em redes sociais
  • Podcasts
  • Ebooks
  • Webinários
  • Guest Post
  • Estudo de Caso
  • Perguntas e Respostas
  • Newsletters
  • Sequência de emails (Autoresponder)
  • Revista Digital
  • Entrevistas
  • Eventos Online
  • Apresentação de slides (Slideshare)

Essas são apenas algumas opções. Para conhecer mais formatos de conteúdos digitais, acesse o infográfico “48 Formatos de Criação de Conteúdo Para Um Calendário Editorial Mais Criativo”.

Independente do formato que você escolher, você precisa focar em fazer o melhor conteúdo sobre o assunto.

E talvez você esteja pensando: mas eu não faço ideia por onde começar…afinal de contas já existem tantos conteúdos digitais por aí e muitos mais sendo publicados diariamente, como eu vou conseguir me destacar no meio de tudo isso?

Esse é um dos medos mais frequentes de quem produz conteúdo, não descobrir como se destacar na multidão.

Se isso está acontecendo com você ou se você deseja melhorar ainda mais o desempenho de qualquer tipo de conteúdo digital, fique de olho nos 7 mandamentos dos conteúdos digitais.

Os 7 mandamentos (e duas leis) dos conteúdos digitais de qualidade
Você não pode ignorar se deseja ter resultados online

Os 7 mandamentos (e duas leis) dos conteúdos digitais de qualidade

1.Conteúdo digital deve responder perguntas relevantes

Mesmo aquelas que o seu público nunca perguntou diretamente para você, mas sim para o Google.

Os mecanismos de busca existem porque as pessoas procuram por respostas na internet. Simples assim.

Se alguém precisa descobrir como plantar manjericão ou trocar o pneu do carro e não sabem para quem perguntar, recorrem a quem? Ao Google!

Sempre terá alguém buscando uma resposta, logo seus conteúdos digitais precisam ser aqueles que respondem as maiores dúvidas da sua audiência, seja em qual for o formato de conteúdo escolhido.

Só não esqueça de uma única coisa: as pessoas querem respostas rápidas.

Portanto, se o seu excelente conteúdo com toda a informação está lá na décima página dos resultados do Google, esqueça.

E mesmo que os seus conteúdos digitais estejam na primeira página ou até mesmo no top 3, as respostas precisam ser fáceis de serem encontradas dentro do seu conteúdo.

Caso você produza textos, use índices de conteúdo e subtítulos que respondam às dúvidas mais comuns sobre o assunto para que o leitor vá direto ao ponto que interessa.

E sempre, sempre mesmo, faça a otimização de SEO para seus conteúdos digitais.

2.Conteúdo digital precisa de SEO

Se você não pode ser facilmente encontrado na internet, você não existe online.

Como eu disse, de nada adianta você estar na décima página do Google. Nem na terceira ou segunda, na verdade.

O seu foco é sempre produzir um conteúdo digital que mereça o primeiro lugar no ranking do Google.

E otimizar o SEO faz parte de um conteúdo de qualidade, desde que você sempre leve em consideração a experiência do usuário, é claro, e não somente os mecanismos de busca.

Também leve em consideração a otimização de SEO para vídeos, especialmente se você usa o YouTube para divulgá-los.

Como transformar um conteúdo digital em uma máquina de geração de tráfego orgânico? Produzindo o conteúdo em cima de uma palavra-chave com um número relevante de buscas.

3. Conteúdo digital deve ser fácil de encontrar

Além do SEO, o seu site possui um mecanismo de busca interno para que a pessoas possam acessar conteúdos antigos e buscar por publicações específicas?

Pois você deveria, já que muitos usuários utilizam essa função para encontrar outros conteúdos seus com potencial para responder mais profundamente suas dúvidas sobre um determinado assunto.

Você já deve ter percebido que o nosso tema para WordPress da Viver de Blog possui uma pequena lupa no canto para os visitantes pesquisarem dentro do site.

Uma solução simples mas que pode gerar ainda mais tráfego para você.

Já otimiza os conteúdos para SEO e também já possui um site com um campo de buscas? Ótimo, mas você pode fazer mais para divulgar seus conteúdos digitais.

Não esqueça de montar uma lista de emails e toda vez que publicar algo novo seja no seu blog ou nas redes sociais, envie um email para a sua audiência, de preferência antes de fazer a divulgação geral.

Se possível, recomendo também que você turbine a divulgação do seu conteúdo investindo em tráfego pago, como a tática de remarketing para ampliar o alcance.

Os 7 mandamentos (e duas leis) dos conteúdos digitais de qualidade
Você não pode ignorar se deseja ter resultados online

Os 7 mandamentos (e duas leis) dos conteúdos digitais de qualidade

4.Conteúdo digital deve ter “uma personalidade única”

Todos os conteúdos digitais precisam ter algo único que os diferencie dos demais.

Isso não quer dizer que você precise escolher somente assuntos esquecidos por seus concorrentes, mas sim que você precisa trazer algo de novo e único para aquele vídeo ou artigo que você está produzindo, caso contrário você será mais do mesmo.

Não seja um Minion!

Os Minions, aqueles personagens amarelos e bonitinhos do desenho animado “Meu Malvado Favorito” e eles são legais, todo mundo gosta dos Minions, certo?

Porém, se eu pedisse a você para escolher o seu predileto, você certamente responderia: qualquer um, são todos iguais.

Por isso não produza conteúdos com o estilo dos Minion, mas sim crie uma personalidade única, algo que não será encontrado em lugar algum na internet.

Você pode falar sobre aquilo que está todo mundo falando, mas tenha uma opinião diferente para dar, trate sobre o tema de uma outra perspectiva, mas não seja a cópia de uma cópia.

Alguns elementos funcionam muito para atrair e reter a atenção das pessoas em conteúdos digitai, como:

5.Conteúdo digital precisa ser irresistível de ser compartilhado

Conteúdos digitais que tem uma personalidade única certamente serão compartilhados com maior facilidade.

Você precisa produzir algo tão bom, mas tão bom, que mesmo se for um vídeo de vendas as pessoas vão querer compartilhar com seus amigos.

A marca de sabonetes Dove faz isso muito bem ao produzir campanhas de marketing como a desse vídeo aqui abaixo:

O vídeo “Real Beauty Sketched” teve 114 milhões de visualizações somente no primeiro mês e 3.8 milhões de compartilhamentos.

Não existe uma receita de bolo para o Marketing Viral, mas certamente existem algumas coisas que você pode fazer para viralizar conteúdos e que eu conto nesse infográfico aqui.

No entanto, a mais simples maneira de incentivar o compartilhamento é facilitando a vida do usuário com botões visíveis e sem complicações para que sua audiência compartilhe o conteúdo.

Especialmente para conteúdos digitais específicos de redes sociais, o número de comentários na postagem influencia e muito na visibilidade alcançada, já que os algoritmos do Facebook e Instagram que entendem que ali há algo diferente.

Mais visualizações, mais compartilhamento e mais compartilhamento, mais visualizações.

O círculo vicioso dos conteúdos digitais que você deve perseguir.

6.Conteúdo digital de qualidade foca na usabilidade e no design

Usabilidade é um termo usado para definir a facilidade com que as pessoas podem empregar uma ferramenta ou objeto a fim de realizar uma tarefa específica e importante.

Usabilidade em conteúdos digitais não é algo adicional, mas sim uma necessidade.

Se você já investe no design e na usabilidade do seu site, certamente todo o conteúdo publicado por lá estará obedecendo a alguns critérios fundamentais, mas isso não significa que você não precise pensar na usabilidade individual de cada conteúdo.

Um conteúdo sem problemas de usabilidade é aquele que é agradável aos olhos, como um conteúdo organizado e dividido em tópicos e subtópicos, o que facilita muito a leitura.

Fica mais fácil visualizar rapidamente as partes do conteúdo que mais interessam para uma leitura aprofundada.

Usualmente dividimos os artigos em hierarquias, sendo H1 a mais importante, o título, H2 seria o subtítulo e H3 os subtítulos dentro da categoria H2.

Esta pesquisa realizada pela Nilsen Norman Group atestou que o comportamento usual de 79% dos usuários é escanear a página à procura de palavras ou sentenças.

E para chamar a atenção desse leitor, alguns recursos podem ser utilizados:

  • Subtítulos chamativos e principalmente com significado relevante
  • Palavras em destaque, usando negrito
  • Parágrafos curtos, com apenas uma ideia em cada um deles
  • Uso de listas (bullets) aumentam as chances de leitura em até 300%
  • Escrever números como “quarenta e sete” não funciona tão bem quando usar sua versão de numeral “47“para textos web.
  • Texto e cor de fundo contrastantes para facilitar a leitura, assim como maior espaçamento entre linhas e fonte de tamanho adequado são bons elementos de usabilidade de design.

Para conhecer os maiores problemas de usabilidade que podem afastar de vez os visitantes do seu site, não deixe de conferir esse artigo aqui.

7.Conteúdo digital precisa ser metrificado e analisado

O objetivo principal de todo negócio é a geração de lucro, afinal é o que possibilita que as operações continuem acontecendo. E se você está investindo em estratégias de Marketing de Conteúdo, deseja que traga algum retorno para o seu negócio, certo?

Mas você sabe qual retorno deseja obter?

Se sim, e você precisa realmente ter clareza sobre isso, você deve metrificar seus conteúdos para ter uma ideia se seu esforço está de fato sendo recompensado.

Descobrir o ROI, retorno sobre investimentos de conteúdo não é tarefa das mais simples, especialmente se no seu negócio a maior parte das vendas não acontece no online.

No entanto, nem todo conteúdo precisa ter o objetivo de vender, mas sim de gerar conversões que de maneira direta ou indireta irão impactar os resultados da sua empresa.

O que eu quero dizer com isso?

Você pode produzir conteúdos digitais para:

  • Gerar mais tráfego
  • Gerar autoridade no seu nicho de mercado
  • Engajar a audiência
  • Aumentar o número de conversões

Cada objetivo será avaliado de acordo com uma ou várias KPIs relevantes e que irão mostrar se você deve ou não continuar fazendo o que está fazendo.

Mas não basta escolher qualquer dado ou focar nas métricas da vaidade.

Se a intenção do conteúdo digital que você está avaliando é gerar mais visitas para seu site, faz sentido usar essas KPIs como número de visitas e tempo de permanência na página, por exemplo.

Algumas coisas são sempre importantes de avaliar:

  • O conteúdo está trazendo clientes?
  • Quantos novos visitantes, que chegaram através daquele conteúdo digital específico, fecharam uma venda ou converteram de alguma outra forma, assinando sua lista de emails, por exemplo?

Lembre-se, o resultado deve estar alinhado ao objetivo.

Se seu conteúdo está captando mil novas leads todos os dias, mas gerando absolutamente nenhuma venda, e seu objetivo é gerar mais receita para seu negócio, você não está de fato produzindo conteúdos digitais de sucesso.

Por isso, escolha as métricas certas e encontre maneiras de medir e acompanhar esses resultados.

Seu conteúdo digital tem tudo que precisa?

Esses foram os 7 mandamentos dos conteúdos digitais de alta qualidade e com alto potencial de viralização.

Vamos recapitular os princípios básicos que você precisa cumprir para realmente não ser mais um na multidão:

1.Conteúdos digitais devem responder perguntas relevantes

2.Conteúdos digitais precisam de SEO

3.Conteúdos digitais devem ser fáceis de encontrar

4.Conteúdos digitais devem ter “uma personalidade única”

5.Conteúdos digitais precisam ser irresistíveis de serem compartilhados

6.Conteúdos digitais de qualidade focam na usabilidade e no design

7.Conteúdos digitais precisam ser metrificados e analisados

Claro que quanto mais experiência na produção de conteúdos você adquire, mais sofisticada será a sua entrega para a sua audiência. Portanto, saiba que esse é só o começo de um longa jornada.

Se você tem interesse em produzir conteúdos melhores e conhecer mais a fundo os segredos de quem já está nessa estrada há mais de 8 anos, não deixe de clicar aqui embaixo para conhecer um de nossos cursos:

Viralize seus conteúdos e aumente suas vendas

Produção de Conteúdos Memoráveis

Quero saber mais
Produção de Conteúdos Memoráveis

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Compartilhar
Compartilhar
Twittar